Os bons resultados de uma empresa são, em sua maioria, consequências dos resultados de pessoas. Não à toa é extremamente necessário que para uma empresa funcionar bem, é preciso que as pessoas estejam bem. Sentindo-se alegres, confiantes e satisfeitas. Apesar de essa não ser uma responsabilidade exclusiva de um líder, é sobre ele que recai a maior parte dessa tarefa.

Por isso é importante que sempre busquem promover o bem-estar no trabalho em todos os níveis. Digo isso porque gerenciar a qualidade do ambiente e clima organizacional é fundamental para que os colaboradores encontrem ali uma atmosfera favorável para o desempenho de suas tarefas, metas e resultados.

A grande questão é que nem todos os empresários valorizam isso, pois acreditam que simplesmente é obrigação dos seus profissionais executar suas tarefas e ponto final. Na realidade não deve ser bem assim, pois se o ambiente não favorece a performance da equipe, se o clima é ruim e as condições de trabalho também, seus anseios de crescimento e lucro não serão alcançados também.

A seguir, compartilho com você os motivos que fazem com que seja tão importante desenvolver, constantemente, o bem-estar no trabalho. Continue a leitura e confira:

Por que promover o bem-estar no trabalho é importante?

Antes de falar sobre as razões que fazem com que promover o bem-estar seja tão importante, é essencial dizer também que este processo deve ser desenvolvido por todos os que fazem parte da empresa, ou seja, desde os empresários e empreendedores, passando pelos líderes, até os profissionais que compõem o quadro de colaboradores da organização.

Somente através desta consciência é que é possível transformar o ambiente de trabalho em um lugar de paz, harmonia e tranquilidade para que todos realizem suas atividades com a excelência que se espera de cada um.

Quer descobrir como você pode desenvolver suas habilidades?
Clique aqui e Mergulhe no maravilhoso
“Mundo do Coaching”!

PSC

Agora saiba por que promover o bem-estar profissional no trabalho é tão primordial.  

1 – Melhora o engajamento dos colaboradores

Promover o bem-estar no trabalho é importante para que se construa um ambiente harmônico na empresa, onde os funcionários sintam-se pertencentes, mais engajados em prol das metas, valorizados, enxerguem oportunidades reais de crescimento, sejam reconhecidos por seus resultados, fazendo com que eles desejem permanecer por muito tempo na organização. Ótimos motivos, não é mesmo?

2 – Faz com que a empresa se destaque no mercado

Quando as empresas valorizam a promoção do bem-estar elas saem à frente das demais na relação com seu capital humano. Na prática, isso representa cuidar melhor das pessoas e oferecer-lhes condições de trabalho cada vez melhores, onde seus direitos são respeitados e sua dedicação é valorizada, o que tem como consequência profissionais trabalhando mais felizes e contribuindo para que a empresa alcance os resultados extraordinários que tanto almeja.

3 – Faz com que os funcionários se sintam valorizados

Você já reparou que, nos últimos anos, boa parte das empresas que estão começando e de muitas que estão se renovando, prezam as relações humanas? São ambientes que, com sua política humanizada, pararam de ver os funcionários como meros robozinhos que estão ali para desenvolver uma função específica. O tratamento humanizado faz com que as pessoas que ali trabalham se sintam valorizadas. Um excelente exemplo é a gigante de buscas Google.

Claro, existem várias questões a serem ressaltadas, como a própria área de trabalho. Por se tratar de uma empresa tecnológica pode parecer mais simples manter as pessoas engajadas e felizes. Mas não é bem assim. Existem diversas regras e políticas que os funcionários precisam seguir. A questão é que, a partir do momento que possuem determinada liberdade, já se sentem melhores.

A sensação de poder, de autonomia, faz com que o ser humano se sinta importante. Sabemos bem que, no mundo corporativa ninguém é insubstituível. Mas nem por isso as pessoas precisam se sentir assim. A próprio exemplo da Google, o complexo físico é gigante. As pessoas podem ir trabalhar vestidas à vontade. Elas têm liberdade para saírem de suas mesas e salas, para trabalhar na cafeteria, no jardim, nos mais diversos ambientes…

Você deve estar se perguntando se essa é uma prática que funcionaria em um escritório de advocacia, por exemplo. Ou em uma indústria metalúrgica. A resposta é: provavelmente não. Mas isso não quer dizer que outros métodos não possam ser aplicados para fazer com que os liderados se sintam melhores e capazes em empresas destes segmentos.

4 – Melhora as relações interpessoais

O simples fato de não haver mais uma comunicação tão formal, como há 20 anos, já faz uma imensa diferença. Conseguir chegar até seus funcionários de forma humanizada, ou seja, abordá-los com um linguajar que faz parte da realidade deles fará com que se sintam vistos, compreendidos e ouvidos.

Mesmo que em pequenas ações, como melhorar as condições de trabalho, ser compreensivo, lembrar e deixar claro que você entende os problemas daquela pessoa que está ali trabalhando para você, enquanto indivíduo e não como uma simples parte de um grupo de pessoas, irá fazer com que ela se sinta bem e especial.

Valorizar o bem-estar com a aplicação de programas de saúde no trabalho, investir em treinamento e desenvolvimento do profissional, são excelentes exemplos de ações que qualquer empresa pode oferecer a seus funcionários, para formar uma equipe mais equalizada em relação ao nível de conhecimento.

5 – Os resultados positivos começam de dentro para fora

Observe que, de nada adianta ter uma estrutura gigantesca, excelente, com os mais diferentes tipos de oportunidades se as pessoas não conseguem alcançá-las. O que estou querendo dizer com isso é que não fará qualquer diferença você mostrar para o mundo que a sua empresa é excelente, se lá dentro, na hora do “vamos ver” as coisas funcionam de outra maneira.

A organização interna de uma empresa, a qualidade de vida dentro do trabalho, o bem-estar das pessoas que ali trabalham são tão importantes quanto qualquer outro número que a administração da empresa busca superar.

Pense que a sua empresa é como um organismo único, que necessita de todos os setores funcionando adequadamente para que ela possa caminhar na direção correta. Se um ponto está desequilibrado, é muito provável que outros pontos também irão perder a sua estabilidade.

Uma instituição que não leva a sério seus colaboradores, que destrata e desrespeita as pessoas não será bem vista nem pelos próprios funcionários nem por quem deseja contratar um serviço ou comprar um produto. Lembre-se, é como disse mais acima, o mundo está em constante mutação. A sociedade de uma forma geral, hoje, prioriza a humanização.

6 – Os funcionários crescem, a empresa cresce

É como aquela velha história, nós precisamos cuidar daquilo que é nosso. Caso contrário, ninguém mais irá fazê-lo. Partir da premissa de que você deve tratar o seu próximo como gostaria de ser tratado fará com que as pessoas não tenham medo de você, mas sim te respeitem e admirem.

Imagine só fazer parte da construção do crescimento, tanto profissional quanto pessoal, de uma pessoa que começou trabalhando com você como motoboy e, por respeito, carinho, dedicação e admiração, hoje é gerente ou, até mesmo, diretor de um dos setores da sua empresa.

A confiança é uma das características mais sensíveis entre líderes e funcionários. Por isso, promover o bem-estar é, então, uma soma de fatores que devem ser observados em diversos pontos e sempre atendidos em sua essência.

Termino deixando uma reflexão importante – De 0 a 10 qual é o nível, hoje, do bem-estar dos colaboradores de sua empresa? Pense bem e reflita sobre isso! E se fizer sentido para você, deixe o seu comentário falando sobre este tema e compartilhe este conteúdo com seus amigos, em suas redes sociais, para que eles também aprimorem seus conhecimentos sobre a importância do bem-estar nas organizações.

 

Copyright: Wakebreakmedia/Shutterstock