Você já ouviu falar em PNL? Trata-se de uma sigla para “Programação Neurolinguística”, uma área do conhecimento que tem o objetivo de auxiliar as pessoas na sua forma de pensar, falar e agir para alcançar os seus objetivos e para serem mais felizes, por meio da linguagem que adotam.

A PNL pode oferecer diversos benefícios à vida pessoal e também à carreira. Neste artigo, vamos compreender o que exatamente é a programação neurolinguística e como ela pode ser vantajosa para a vida profissional das pessoas. Continue a leitura e saiba mais sobre o tema!

O que é a Programação Neurolinguística?

Para compreender o conceito de programação neurolinguística, uma dica muito eficaz é desmembrar o conceito e entender individualmente o significado de cada uma das suas partes. Confira:

  • Programação: trata-se de um conjunto de ferramentas que ajudam o indivíduo a substituir pensamentos, falas e comportamentos nocivos por outros, que sejam mais benéficos e construtivos à sua felicidade. No entanto, a PNL não muda a personalidade ou a essência das pessoas.
  • Neuro: o prefixo “neuro” se refere ao cérebro e às demais estruturas do sistema neurológico. Assim, a PNL atua sobre esse poderoso órgão, compreendendo e propondo modificações na maneira como você entende e interpreta o mundo, por meio dos seus pensamentos e sentimentos.
  • Linguística: a PNL envolve também a linguagem, ou seja, a forma como você recebe e processa as informações, bem como a maneira como você se comunica com as outras pessoas. Aqui, incluímos não apenas as palavras, mas também a linguagem corporal, os instintos intuitivos e os meios não verbais de comunicação.

Como a PNL surgiu?

A programação neurolinguística tem a sua origem nos estudos de Richard Bandler e John Grinder, no início dos anos 1970. Psicólogo, Bandler se aprofundou em diferentes métodos da psicologia para compreender a mente humana. Ao mesmo tempo, Grinder, especialista em linguística, passou a auxiliar Bandler na compreensão das formas como a comunicação pode impactar os pensamentos, os sentimentos e as atitudes das pessoas.

A junção das duas áreas do conhecimento culminou no surgimento da programação neurolinguística, que se utiliza de diversas técnicas de comunicação e comportamento para ajudar as pessoas a criarem uma conexão mais profunda com os seus interlocutores e a expressarem melhor as suas ideias. Além disso, desenvolver a persuasão e, consequentemente, alcançar as suas metas pessoais e profissionais com mais facilidade são consequências das técnicas de PNL.

O método chegou ao Brasil nos anos 1980, quando começou a se popularizar. Infelizmente, a PNL tem sido, em alguns contextos, associada equivocadamente à hipnose ou a técnicas de vendas sem comprovações de serem bem-sucedidas. O seu objetivo, porém, é oferecer ferramentas para que o indivíduo consiga obter melhorias na sua própria vida e também nas vidas das pessoas que estejam ao seu redor.

5 benefícios da PNL para a sua carreira

PSC Renascimento

Confira, na sequência, 5 poderosas vantagens que a programação neurolinguística pode oferecer à sua vida profissional e ao seu desempenho dentro das empresas.

1. Administrar as emoções negativas

No trabalho, qualquer pessoa está sujeita ao aparecimento de emoções negativas, como a tristeza, a frustração, a raiva, o medo, a crise de autoestima, a impaciência, a ansiedade e a desmotivação. A PNL ajuda o indivíduo a compreender que essas emoções, por mais que sejam desagradáveis, têm algo a nos ensinar. Por isso, é importante compreender as causas desses sentimentos para que possamos promover as modificações necessárias, administrando a sua intensidade enquanto isso.

2. Aprimorar o relacionamento interpessoal e a resolução de conflitos

Um dos aspectos que a PNL mais desenvolve é a empatia, isto é, a capacidade de colocar-se mentalmente no lugar do outro e de criar vínculos com ele. Quando isso ocorre, as pessoas conseguem entrar em sintonia e expressar ideias opostas, mas sem criar discórdias. Os indivíduos aprendem a hora de acatar a ideia alheia ou de lutar pelas suas ideias, discernindo uma situação da outra. Esse processo, somado à administração das emoções citada anteriormente, aprimora os relacionamentos.

3. Auxiliar no planejamento e no alcance de metas de performance

A PNL ajuda a pessoa a identificar as suas forças e os seus pontos menos fortes. Esse conhecimento a leva a definir para si metas de desempenho específicas e estimulantes, porém, realistas. Além disso, a técnica; por estimular os bons relacionamentos, a inteligência emocional e a clareza de comunicação; facilita que o indivíduo alcance essas metas. Os recursos da PNL promovem a organização e o planejamento, melhorando a performance nas pessoas, nas equipes e nas empresas.

4. Desenvolver habilidades de liderança

Clareza de comunicação, persuasão, empatia, planejamento, resolução de conflitos, inteligência emocional e capacidade de motivar outras pessoas: o que tudo isso tem em comum? É a receita básica para criar um líder de sucesso! Por isso, a PNL é muito procurada por quem ocupa ou deseja ocupar cargos de liderança com competência. As técnicas ajudam no desenvolvimento de todos os aspectos citados, além de auxiliar na identificação da forma mais apropriada de aprendizado para cada pessoa.

5. Melhorar a comunicação e o desempenho em apresentações

Por fim, mesmo que você não ocupe um cargo de liderança, é fato que precisamos conduzir reuniões, fechar vendas, negociar, conversar com colegas ou simplesmente expor as nossas ideias aos chefes e aos clientes. A PNL oferece técnicas que tornam o seu desempenho mais eficaz em apresentações e discursos, tornando a sua comunicação mais clara, empática, objetiva e, se necessário, persuasiva. Algumas técnicas conhecidas nesse sentido são o rapport, o espelhamento e as metáforas.

Como você pode notar, a PNL consiste em um conjunto de técnicas derivadas da linguística e da psicologia, que auxiliam as pessoas a administrar as emoções, compreender pensamentos e comunicar-se com clareza. Isso melhora o desempenho no trabalho, os relacionamentos interpessoais e até mesmo a resolução de conflitos. Assim, tantos os colaboradores, individualmente, como as empresas como um todo podem ser beneficiar da programação neurolinguística voltada à carreira.

Gostou deste conteúdo? Então, contribua deixando o seu comentário no espaço a seguir. Além do mais, que tal levar estas informações a todos os seus amigos, colegas de trabalho, familiares e a quem mais possa se beneficiar delas? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais!