Quando, na empresa, nos deparamos com colegas egocêntricos, temos que ter bastante jogo de cintura para saber como lidar com pessoas arrogantes — sem sair do sério e sem perder a linha, de modo que os seus comportamentos contestáveis não prejudiquem o seu dia e a sua produtividade.

Lidar com colegas ou com chefes arrogantes e prepotentes é bastante difícil, pois são pessoas que sentem a necessidade de afirmar superioridade em relação aos outros, fazendo isso com alguma frequência. Neste artigo, você vai conferir algumas dicas para lidar com esse tipo de pessoa tão desagradável. Continue a leitura e descubra!

A arrogância no meio profissional

Os profissionais com perfil arrogante são aqueles que se acham sempre melhores do que todos, que centralizam as atenções, que consideram que as suas ideias são sempre as melhores e que também são os mais bem preparados da empresa. Agem sempre com um ar de superioridade, se comunicam de forma impositiva e, muitas vezes, podem ser até mesmo deseducados e desrespeitosos com seus colegas.

Com alguma frequência, gabam-se dos seus estudos, dos idiomas que dominam, das empresas em que trabalharam previamente, dos cargos que ocupam, das pessoas que conhecem, dos países em que já estiveram, e por aí vai. Sentem uma espécie de necessidade de impressionar os outros.

Além disso, as pessoas arrogantes são autoritárias e convencidas, enaltecendo a todo o tempo os seus resultados. Mesmo trabalhando em equipe, sempre querem destacar apenas a sua atuação na realização das demandas. Sentem-se praticamente ofendidas quando outros profissionais são reconhecidos e elogiados pelas competências deles.

Por tudo isso e mais um pouco, no dia a dia de trabalho, pode ser um tanto complicado ter que conviver com um colega ou com um líder com esse traço de personalidade. A sua forma de pensar, de agir e de se referir às pessoas à sua volta transforma o ambiente em um local pouco amistoso e nada produtivo, no que tange à construção de boas relações entre os colegas de empresa.

Preparamos um teste para VOCÊ descobrir o quanto
é FELIZ! Clique aqui e conheça nosso
“Termômetro da Felicidade” !

Dicas de como lidar com pessoas arrogantes no trabalho

PSC

Para evitar que o comportamento de pessoas arrogantes acabe afetando você e causando conflitos pessoais, vamos ver algumas dicas de como lidar de maneira eficaz com esse tipo de profissional e com as situações que ele cria.

1. Mantenha a calma e seja inteligente

Isso quer dizer que você não deve “cair na pilha” da pessoa e estourar com os seus comportamentos ou comentários. Busque ter inteligência emocional e agir de maneira educada, buscando fazer uma blindagem emocional. Para isso, sempre que a pessoa arrogante fizer algo que você desaprova, em vez de bater de frente e confrontá-la toda vez, não dê atenção. Como elas gostam muito de ser o centro do universo, se não tiverem plateia, terão menos o que falar.

Respire fundo e simplesmente evite o contato com essa pessoa — o quanto for possível, é claro. Pode ser que, sofrendo algum tipo de isolamento, esse indivíduo arrogante perceba que a conduta dele não está agradando.

2. Faça a sua parte e mantenha o profissionalismo

Sabemos que trabalhar, especialmente em equipe, com um colega arrogante pode ser um desafio. Entretanto, não se sabote por conta da presença dele ou fique reclamando aos quatro ventos, pois isso vai trazer uma atenção ruim a você. Nesse caso, a dica é: faça a sua parte, colabore com as suas ideias, ofereça os seus conhecimentos e não se deixe diminuir pela postura do arrogante. Mantenha o seu profissionalismo e não deixe que, de forma alguma, isso prejudique sua carreira.

Continue fazendo a sua parte e dando o melhor de si em tudo aquilo que fizer. Lembre-se de que a melhor maneira de responder a qualquer provocação é com atitudes e resultados, mais do que com milhares de palavras.

3. Utilize o feedback como ferramenta de mudança

Se o colega arrogante está passando dos limites, e os comportamentos dele estão comprometendo as relações do grupo e o trabalho em equipe, dê um toque. Caso seja próximo dele, considere a possibilidade de conversar e dar-lhe feedbacks de melhoria, de modo que, assim, ele esteja ciente dos problemas que as suas atitudes arrogantes estão causando.

Caso não sinta que você seja a pessoa certa para fazer isso, comunique o que está ocorrendo ao seu líder, de modo que ele possa tomar as providências. O diálogo educado e construtivo é uma ótima ferramenta para superar as adversidades.

4. Não queira dar o troco na mesma moeda

Por fim, se alguém começar a contar vantagens ao seu lado, não caia na tentação de agir da mesma forma. Se você começar a gabar-se dos seus resultados e da sua competência, isso vai dar “audiência” ao discurso do colega arrogante — e isso é exatamente o que ele quer. Além disso, essa postura pode dar início a um “embate” entre os dois, aumentando ainda mais a arrogância do colega.

Não haja dessa forma, pois cometer o mesmo erro daqueles que você critica não é uma maneira inteligente de resolver as questões. Aliás, isso fará com que você entre em contradição com os seus próprios valores. Portanto, mantenha-se humilde e discreto, ignorando a pessoa arrogante e dando a ela respostas por meio de atitudes e resultados, conforme citamos acima.

Como podemos perceber, com algumas estratégias, é possível conviver com pessoas egoístas e arrogantes no trabalho, sem sair do sério e agindo de maneira inteligente e eficaz. Aproveite estas dicas e, sempre que tiver que lidar com um colega com esse perfil, relembre as orientações acima e mantenha a sua postura. Isso vai garantir que você continue produtivo e focado, além de proteger as suas emoções e o seu desempenho! Dê o seu melhor e encontre imenso sucesso na sua jornada!

E você, ser de luz, já teve que lidar com algum colega ou chefe arrogante? Como foi a sua experiência? Há mais alguma dica que você gostaria de acrescentar à nossa lista? Então, deixe o seu comentário no espaço a seguir. Além do mais, que tal levar estas informações a todos os seus amigos, colegas de trabalho, familiares e a quem mais possa se beneficiar delas? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais!