Uma empresa é formada por pessoas, que são os ativos mais valiosos de um negócio. Ainda que tenhamos fábricas automatizadas, com máquinas multifuncionais, são os humanos os responsáveis por cuidar da manutenção e, por vezes, da operação desses supercomputadores. 

Nesse sentido, manter a equipe unida, trabalhando de forma coesa e pensando sempre no sucesso é uma das tarefas mais importantes do time de gestão. Equipes fortes e integradas fazem com que os objetivos sejam atingidos mais rapidamente.

Mas como aproximar as pessoas e, eventualmente, eliminar alguns ruídos? As dinâmicas de grupo podem promover a integração, a clareza de comunicação e o bom relacionamento interpessoal no ambiente corporativo. Neste artigo, você entenderá melhor a importância dessas atividades e conhecerá 5 exemplos para aplicar na sua empresa. Confira!

Por que as dinâmicas de integração são tão importantes? 

As dinâmicas de integração entram em cena como importantes ferramentas para integrar e unir colaboradores e equipes. Isso se deve ao fato de que elas têm como finalidade desenvolver e estimular o trabalho em conjunto, característica fundamental para a realização de muitas tarefas do meio organizacional. 

Com elas, os colaboradores podem se conhecer melhor, desenvolvendo uma visão diferenciada tanto do trabalho que exercem quanto das atividades dos seus colegas. Além disso, conseguem estreitar os laços, estimulando o respeito mútuo.

Além de mirar para a integração, a união buscando o sucesso da empresa, as dinâmicas de integração ajudam na “quebra do gelo” entre os departamentos. Isso faz com que muitos empreendimentos cresçam de forma surpreendente, em pouco tempo, fazendo com que as contratações surjam em larga escala. 

PSC Renascimento

5 exemplos de dinâmicas de integração

Existem dinâmicas voltadas exclusivamente para descontrair, desinibir algumas pessoas e deixar uma equipe mais solta e comunicativa entre si. Os objetivos são variados, bem como os modelos de dinâmicas de integração de grupo. 

Pensando em você, que atua no meio da gestão ou dos recursos humanos, separamos alguns exemplos de atividades bem conhecidas e eficientes para que toda empresa seja envolvida. Veja como fazer e confira os materiais necessários para cada dinâmica.

  • Dinâmica para reconhecimento do grupo

Esta dinâmica de grupo tem como objetivo fazer com que os participantes se conheçam, interajam e criem laços que poderão contribuir com as atividades diárias do ambiente de trabalho. Esse é um momento fundamental para as empresas, pois colaboradores que se conhecem e se aproximam tendem a trabalhar com mais tranquilidade e coesão. Faça-a sempre que uma área for criada ou que muitos colaboradores entrem de uma vez para o grupo.

  • Material

Folhas de papel e canetas.

  • Como é feita?

O condutor da dinâmica deve distribuir uma folha de papel e uma caneta para cada um dos participantes, pedindo que escrevam coisas sobre a sua vida pessoal e personalidade. Esse processo deve demorar, no máximo, 10 minutos.

Em seguida, o condutor deve recolher as folhas, misturá-las e redistribuí-las. Cada participante deve, então, ler as informações escritas e tentar descobrir a pessoa a quem se refere o conteúdo, justificando a sua escolha.

  • Bandeira pessoal

O objetivo desta dinâmica é permitir que os participantes conheçam as suas habilidades e pontos que podem ser melhorados. Os colaboradores também saberão quais são as habilidades e pontos de melhoria de cada colega, podendo, assim, verificar quais são os pontos fortes que a equipe apresenta como um todo. Essa dinâmica é importante para o autoconhecimento e a reflexão de cada envolvido.

  • Material

Folhas em branco e lápis de cor. Poderão ser usados outros itens simples de papelaria, como cola, tesoura, revistas velhas para cortar, etc.

  • Como é feita?

O condutor da dinâmica deve distribuir folhas e lápis de cor (e os demais itens, se forem usados), explicando que, assim como cada país tem a sua bandeira, cada participante deverá criar a sua própria bandeira pessoal, a partir de 6 perguntas:

  1. Qual é o seu maior sucesso individual?
  2. O que gostaria de mudar em si mesmo?
  3. Quem é a pessoa que você mais admira?
  4. Qual é o seu maior talento?
  5. O que você mais aprecia na vida?
  6. Quais são as maiores facilidades e dificuldades de trabalhar em equipe?

Cada pergunta deverá ser respondida com um pequeno desenho, símbolo, palavra ou frases curtas. Depois de finalizadas as bandeiras, o condutor deve pedir que cada um apresente e compartilhe o resultado com os demais, ressaltando o que achou mais interessante na bandeira de cada um e o que descobriu sobre si e sobre o grupo.

Essa dinâmica ainda tem um ponto favorável para o gestor ou para o departamento que está aplicando a atividade com um determinado setor. É possível identificar os colaboradores com um melhor perfil de liderança ou aqueles que têm habilidades importantes para assumir posições-chave em um futuro próximo dentro da empresa.

  • Toca do coelho

O objetivo desta dinâmica é quebrar o gelo entre os participantes e promover a integração entre a equipe. Esse tipo de atividade é fundamental para trazer um pouco de descontração na empresa e amenizar o ritmo intenso da rotina, sobretudo das atividades que estão elevando os níveis de estresse dos colaboradores. 

Além disso, essa dinâmica é importante para criar laços mais fortes entre as equipes, desenvolvendo amizades que podem se tornar verdadeiras parcerias de trabalho, beneficiando o ambiente e o sucesso da empresa.

  • Como é feita?

O condutor deve dividir a equipe em grupos de 3 pessoas, sendo que 2 devem estar de mãos dadas — simbolizando uma toca — e a terceira no meio, simulando o coelho.

Em seguida, o condutor deve dar um sinal para que os coelhos troquem de toca e, em seguida, para que as tocas também troquem de lugar. Assim, todos acabam se conhecendo e entrando em contato entre si.

Você sabe qual é o impacto do comportamento organizacional? Confira no vídeo abaixo!

  • Dois círculos

O objetivo desta dinâmica é permitir que os participantes se conheçam e funciona principalmente em empresas com um grande número de integrantes. Antes de iniciar um novo projeto, ou uma atividade que envolva mais de uma área de uma grande empresa, é importante um conhecimento prévio entre os colaboradores. 

Nesse sentido, essa dinâmica de grupo cuidará, pelo menos, que cada participante saia da atividade sabendo o nome de cada pessoa com quem vai trabalhar dali em diante. Depois, fica tudo mais fácil!

  • Material utilizado

Música a escolher.

  • Como é feita?

O condutor deve pedir para que as pessoas se dividam e façam dois círculos, sendo um dentro do outro, ambos com a mesma quantidade de pessoas.

Quando a música começar a tocar, cada círculo deverá girar para um lado. Quando a música parar, cada pessoa deve se apresentar a quem estiver parado à sua frente. Essa dinâmica deverá ser repetida até que todos, ou boa parte dos participantes, tenham se apresentado.

  • Máquina humana

Uma dinâmica de grupo eficaz para promover a integração entre colaboradores de uma empresa é a “Máquina Humana”. Nesta atividade, os participantes são divididos em grupos de 4 a 8 pessoas e precisam trabalhar juntos para criar uma máquina composta por partes do corpo humano.

  • Como é feita?

Para começar, o facilitador explica o objetivo da atividade e as regras. Cada grupo deve escolher um líder, que será responsável por coordenar o processo de construção da máquina. Cada participante deve escolher uma parte do corpo humano que representará na máquina, como braços, pernas, cabeça, tronco, etc.

O objetivo da atividade é criar uma sequência de movimentos que simulem o funcionamento de uma máquina. Por exemplo, o grupo pode decidir que quando o líder aperta a mão de um dos participantes, o próximo deve levantar o braço, e assim por diante, até que a sequência esteja completa.

A atividade requer comunicação, colaboração e criatividade para que os participantes possam trabalhar juntos e criar uma máquina funcional. Após a construção da máquina, os grupos devem apresentar a sua criação para os outros participantes, explicando como a máquina funciona e quais foram os desafios enfrentados durante o processo.

Entendeu como as dinâmicas são importantes e que existem diversas formas de você impactar positivamente os seus colaboradores, transformando a sua empresa com atividades simples? Então, não perca tempo e coloque essas ideias em prática!

E você, querida pessoa, conhece alguma outra dinâmica de grupo que promova a integração dentro das empresas? Qual? Deixe um comentário no espaço a seguir e divida conosco as suas experiências nesse sentido. Além do mais, que tal levar estas informações a todos os seus amigos, colegas de trabalho, familiares e a quem mais possa se beneficiar delas? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais!