Quando alguma pessoa apresenta uma desenvoltura quase perfeita ao desempenhar determinada atividade, dizem que ela tem um dom ou talento para aquilo. Apesar de serem empregadas de formas semelhantes, as palavras “dom” e “talento” apresentam significados diferentes e, portanto, representam características distintas.

Diante disso, é importante compreender as diferenças existentes entre os dois conceitos e entender de que forma eles podem ser aplicados nos mais diversos contextos do dia a dia. Tudo isso e muito mais, você vai conferir no artigo a seguir. Preparado? Então, siga em frente e boa leitura!

O que é dom?

A palavra “dom” vem do latim, donus, que significa dádiva, presente. Nessa perspectiva, trata-se de uma capacidade inata para desempenhar com destreza e maestria determinada tarefa, até mesmo em aspectos em que parecem mais complexos para a maioria das pessoas. Como exemplo, podemos citar uma criança que mostra desde cedo uma afinidade muito grande para tocar determinado instrumento musical.

Quando falamos em facilidade para executar ou aprender determinada atividade, vale lembrar que o significado da palavra dom não tem como sinônimo a genialidade, já que essa condição ocorre somente com alguns indivíduos, devido a questões cerebrais que ainda estão sendo desvendadas pela ciência. Já o dom pode ser observado em todo e qualquer tipo de pessoa, como uma aptidão natural para determinadas tarefas.

O que é talento?

Apesar de ser muito parecido com o dom em definição, o talento se distingue por ser justamente uma habilidade que pode ser desenvolvida e aperfeiçoada. Trata-se de um gosto especial, uma aptidão, uma predisposição espontânea a algo, que atinge a sua plenitude por meio de muito treino, disciplina e perseverança.

Nesse sentido, ser muito bom em determinada atividade depende somente de você. Já diz o ditado que “todo talento é 1% inspiração e 99% transpiração”.

O exemplo mais claro disso são os atletas. Para que sejam considerados realmente bons no que fazem, bem como campeões em suas áreas, é preciso muito mais do que apenas gostar de praticar um determinado esporte. Além da paixão pelo que fazem, é necessário que eles sejam totalmente comprometidos, disciplinados com as suas atividades e horários e, principalmente, que estejam em constante treinamento.

PSC

Assim, aquele dom natural, que surgiu na infância, pode ser lapidado e potencializado no talento de um adulto bem-sucedido.

Você sabe quais são os seus dons e talentos?

Saber quais são os seus dons e talentos é tão determinante para a sua existência que ambos os termos são empregados como missão de vida. Além da espiritualidade, outras áreas também são beneficiadas quando você conhece melhor as suas capacidades e aperfeiçoa as suas habilidades.

Apesar do significado da palavra “dom” estar diretamente relacionado a alguma característica com a qual já nascemos, ele somente poderá tornar-se visível se o praticarmos. Não adianta nada nascer com algo especial se não formos devidamente lapidados.

No caso do talento, a necessidade de desenvolver aquilo que você faz com paixão é ainda mais evidente. Não adianta somente saber qual é a atividade que o deixa satisfeito se você não se esforça para aperfeiçoar o seu conhecimento e executá-lo bem. Nesse caso, os seus sentimentos, pensamentos e comportamentos devem ser devidamente bem conduzidos para serem empregados de forma produtiva.

Qual é a importância do autoconhecimento nessa equação?

autoconhecimento é fundamental para descobrir qual é o seu dom e qual é o seu talento, os quais permitirão identificar a carreira que você deseja trilhar e os seus objetivos. Dessa forma, você se sentirá mais confiante, realizará todas as tarefas com maestria e superará todos os desafios.

Além disso, quando fazemos dos nossos dons e talentos a nossa profissão, fica muito mais fácil sentir prazer com o trabalho. Além de nós mesmos nos sentirmos mais felizes, toda a sociedade ganha, já que ela terá pessoas inspiradas e talentosas oferecendo os seus serviços — e quem trabalha feliz trabalha melhor, não é mesmo?

Todos nós crescemos com características próprias e específicas, sejam hereditárias, sejam aprendidas ao longo do tempo. É exatamente a junção dessas aptidões que forma a nossa personalidade e nos abre caminhos para compreendermos a nossa própria vocação — aquilo que podemos fazer com qualidade e que nos traz resultados extraordinários, seja no contexto pessoal, seja na vida profissional.

Quais são os 4 passos para desenvolver os seus dons e talentos?

A partir do momento em que você identifica os seus talentos, por meio do seu processo de autoconhecimento, é preciso colocar a mão na massa e começar a desenvolvê-los, para que, dessa forma, você consiga alcançar as metas e objetivos que estabeleceu pessoal e profissionalmente na sua vida.

Veja de que forma você pode fazer isso, a seguir:

1. Dê aos seus dons e talentos o devido valor

Muitas pessoas, após identificarem os seus dons e talentos, têm a tendência de não valorizá-los. Isso quer dizer que elas basicamente não acreditam que cozinhar bem, escrever, se comunicar, entre diversas outras habilidades, seja algo valioso, que pode levá-las a um futuro feliz. Muita gente também abre mão dos seus talentos por acreditarem que “não dão dinheiro”, como se apenas médicos e engenheiros pudessem ter sucesso.

Nesse sentido, antes de qualquer coisa que você vá fazer para desenvolver os seus dons e talentos, é essencial que você os valorize, como algo que faz parte de você, como algo que é único e que somente você tem, mais ninguém. A partir do momento em que alguém desenvolve essa consciência, fica ainda mais fácil dar os próximos passos em direção  ao sucesso.

2. Liste os seus dons e talentos e planeje

Depois de identificar e dar valor aos dons e talentos que você descobriu que tem, é chegado o momento de listá-los e planejar o que você deseja construir a partir deles, ou seja, quais metas, sonhos e objetivos você quer alcançar. Você acredita que tais habilidades vão contribuir verdadeiramente para que você obtenha essas conquistas?

Após esclarecer isso na sua mente, faça um planejamento, acompanhado de um plano de ação, contendo tudo o que você precisa fazer — não só no sentido de alcançar o que almeja, mas também de aprimorar esses dons e talentos que descobriu que tem. Com o tempo, você vai perceber que, ao realizar tais ações, você estará evoluindo consideravelmente, da forma como sempre quis.

3. Aprimore os seus conhecimentos

Outra ação que contribui para o desenvolvimento de dons e talentos é aprimorar constantemente os conhecimentos que você já tem.

Por meio de livros, revistas, artigos, cursos, treinamentos, palestras, workshops, enfim, é importante manter-se sempre em processo de atualização. Isso vai contribuir de forma significativa para que você saia do estado atual em que você se encontra e se direcione ao estado desejado, ou seja, aquele em que sempre quis estar.

É estudando e adquirindo conhecimentos que você desenvolverá todos os potenciais que já existem dentro de você. A prática permite que você identifique falhas e as corrija, tornando o seu desempenho cada vez melhor. Além disso, é fato que, com o passar do tempo, surgem novas técnicas e tecnologias para executar as atividades, de modo que é sempre necessário acompanhar essas atualizações.

4. Coloque os seus conhecimentos em prática

Depois de listar os seus dons, dar-lhes o devido valor e ampliar o seu horizonte de conhecimentos, é hora de deixar a teoria rumo à prática. De nada adianta estudar horas de teoria musical se você não pegar o instrumento e dar vida aos seus talentos, não é mesmo?

O estudo é importante, mas é a prática quem realmente leva à perfeição. Quanto mais um escritor escreve, por exemplo, mais conseguirá acumular vocabulário, desenvolver o seu estilo pessoal de escrita, das asas à criatividade e exercitar/reforçar os seus conhecimentos gramaticais.

Assim é em qualquer área: identificamos os nossos potenciais, estudamos o seu embasamento teórico e aperfeiçoamos a prática com exercícios constantes.

Dica bônus: coaching!

Para potencializar e desenvolver os seus dons e talentos, quem sabe descobrindo uma grande carreira, você pode investir em um dos cursos e formações oferecidos pelo Instituto Brasileiro de Coaching — IBC.

São formações voltadas para todos os tipos de necessidades, que vão ajudá-lo nas mais diversas etapas da vida em que você estiver, principalmente naquelas relacionadas às descobertas de dons e talentos e no seu desenvolvimento.

Para saber mais sobre o que é mais adequado à sua realidade e à sua necessidade, acesse: https://www.ibcshop.com.br/cursosonline e faça agora mesmo, de forma facilitada, a sua inscrição!

Conquiste o sucesso que você tanto deseja e merece!

Antes de finalizar, queremos deixar apenas mais uma reflexão que pode levá-lo a conhecer e estimular ainda mais esse processo de desenvolvimento do seu potencial infinito: o que você tem feito para multiplicar os seus dons e talentos?

É essencial que você reflita bastante sobre isso, pois será esse pensamento que vai te auxiliá-lo a sair da zona de conforto, fazendo com que você, real e verdadeiramente, cresça em todos os âmbitos da sua vida.

Organize os seus pensamentos e ações nessa direção e torne-se a pessoa bem-sucedida que você sempre quis ser!

Agora, conte-nos:

  • Esse conteúdo fez sentido para você?
  • Você já conseguiu identificar quais dons e talentos você tem?
  • O que você tem feito para colocar os seus dons e talentos em prática?

Deixe a sua opinião sobre o artigo nos comentários, lembrando-se sempre de se lembrar de nunca se esquecer de compartilhar com os seus amigos, nas suas redes sociais!