Em certos momentos, seja de nossa vida pessoal ou profissional, é comum nos sentirmos meio perdidos, sem saber o que fazer ou quais rumos tomar, para alcançar o sucesso que tanto almejamos. Nós até temos noção do que desejamos conquistar, no entanto, o que realmente nos falta é uma orientação, relacionada ao passo a passo que precisamos dar, para sair do estado em que nos encontramos e nos direcionarmos ao estado que queremos estar em curto, médio e longo prazos. 

Para tornar este processo um pouco mais organizado, algo que podemos fazer é contar com a ajuda e a orientação de pessoas e profissionais mais experientes que nós. Isso porque estes indivíduos já passaram por situações semelhantes às que enfrentamos e também já tiveram praticamente as mesmas dúvidas que nós. Sendo assim, são conselheiros ideais nessa jornada de autodescoberta e de desenvolvimento pessoal e profissional. 

A estas pessoas damos o nome de mentores, que são profissionais capazes de nos orientar, contribuindo para que tiremos nossos projetos do papel e nos tornemos indivíduos cada vez mais realizados e felizes em nossa jornada evolutiva. 

Para entender melhor o papel da mentoria no desenvolvimento de nossos projetos pessoais e profissionais, convido você a continuar nos acompanhando nesta leitura e conferir. 

Quer descobrir como você pode desenvolver suas habilidades?
Clique aqui e Mergulhe no maravilhoso “Mundo do Coaching”!

O que é mentoria?

Basicamente, quando falamos em mentoria, estamos falando sobre um processo, que tem como um de seus principais objetivos, contribuir para que um indivíduo ou profissional tirem seus projetos do papel e alcancem o tão almejado crescimento, nos âmbitos que desejar dar foco em sua vida. 

PSC Renascimento

O que o mentor faz é ajudar pessoas, profissionais e empresários a desenvolverem e aumentarem a sua confiança, para realizarem as ações necessárias, que farão com que eles melhorem a sua performance e alcancem resultados extraordinários em suas vidas e carreiras. 

Neste contexto, é importante esclarecer quem é quem dentro de todo o desenvolvimento deste processo: 

  • Mentor: trata-se da pessoa que vai orientar o processo. É um profissional especializado em determinada área de atuação, que tem bastante experiência e é referência no assunto e no âmbito que o mentorado deseja desenvolver;
  • Mentorado: aqui temos a pessoa que receberá a mentoria. Sua demanda pode ser tanto de âmbito pessoal, quanto profissional. Independentemente da área, ela terá, por parte do mentor, a orientação e a ajuda necessária, para facilitar a sua caminhada e conquistar seus objetivos.

O papel da Mentoria para desenvolver projetos pessoais e profissionais

Como pudemos perceber, a mentoria tem o grande poder de contribuir para que um número cada vez maior de pessoas tenha a oportunidade de alcançar seus sonhos e objetivos, sejam eles pessoais, profissionais ou empresariais. 

Para entender de que forma isso acontece, continue a leitura e confira: 

Reuniões

Falando de forma prática, a mentoria ocorre por meio de reuniões, onde mentor e mentorado se encontram, para definir quais passos serão dados, no que diz respeito ao objetivo que se deseja conquistar. 

Objetivos

Dentro destas reuniões, o mentor conversa com o mentorado, justamente para conhecê-lo melhor e ajudá-lo a ter maior clareza sobre o que almeja alcançar, seja na vida pessoal ou na vida profissional. 

Conhecimentos

Nestes encontros, o mentor tem como principal função transmitir tudo aquilo que sabe, ou seja, seus conhecimentos técnicos, suas experiências, entre diversos outros pontos, que vão preparar e ensinar o mentorado a entender o que ele deve fazer para tirar seus projetos do papel. 

Prática

É importante enfatizar, que estas reuniões ocorrem com frequência e com temas definidos previamente entre as duas partes. A cada semana o mentorado coloca em prática algumas atividades propostas pelo mentor, tendo este a responsabilidade de analisar o progresso, as dificuldades, desafios e aprendizados obtidos ao longo de todo o processo, por parte de seu mentorado. 

Resultados

Ao final do processo, o mentor faz toda uma avaliação sobre a performance e evolução de seu mentorado. Ele analisa os resultados alcançados, verificando se este último conseguiu adquirir o conhecimento e a confiança necessária para colocar em prática tudo o que aprendeu e, por fim, conquistar o sucesso em seus projetos pessoais e profissionais. 

Como escolher um bom mentor?

Se você se interessou por este processo e deseja saber o que é necessário para escolher um bom mentor, capaz de contribuir para o seu crescimento e para a sua jornada evolutiva, aqui vão alguns dos principais quesitos que devem ser analisados. 

Expertise

O primeiro ponto a se analisar é o conhecimento técnico que o mentor possui. É essencial que ele saiba do que está falando e o que está fazendo, pois isso será fundamental para que você supere seus principais desafios. 

Experiência 

Além de expertise, o mentor precisa de experiência comprovada, não só na área em que o mentorado deseja atuar, mas também de vida. Isso porque isso o ajudará a elaborar estratégias verdadeiramente eficientes, que serão totalmente capazes de ajudá-lo a conquistar o que você almeja em sua jornada. 

Estes dois pontos fazem toda a diferença na hora da escolha do melhor mentor para te orientar. Além deles também, opte por alguém que você tenha admiração e com quem você seja compatível, já que estes são fatores totalmente facilitadores de todo este processo. 

Agora conte-nos: você já conhecia o processo de mentoria? Já participou de algo assim? Compartilhe conosco suas experiências e impressões sobre este tema e lembre-se de continuar acompanhando nossos conteúdos diários. 

Imagem: Por Zoomik