No cenário corporativo gerente e gestor têm papéis imprescindíveis para o bom andamento das empresas. No entanto, muito se engana quem pensa que os dois termos são sinônimos de uma mesma função. Com papéis bem distintos, tanto o gerente quanto o gestor têm potencialidades específicas para oferecer à companhia.

Pensando em eliminar as dúvidas sobre as características e papéis desses dois profissionais, resolvi mostrar os atributos de cada um para esclarecer de vez onde eles atuam e como influenciam na conquista dos resultados da empresa. Continue lendo e descubra o que é ser um gestor e ser um gerente, além de dicas de como oferecer o melhor do seu potencial nas duas funções.

Conheça a metodologia capaz de potencializar seus resultados!
Clique aqui e acesse meu ebook “Leader Coach”, é um presente!

Qual a diferença entre gerente e gestor?

A diferença entre gerente e gestor está nas atribuições que cada profissional tem em seu dia a dia de trabalho. O gerente tem foco de atuação mais administrativa e estratégica, gerenciando determinadas áreas da companhia para garantir seu bom andamento. Um gerente competente direciona o trabalho dos setores sob seu comando para um andamento mais sustentável e equilibrado.

Já o gestor tem uma atuação mais próxima da equipe com o objetivo de fomentar o seu bom desempenho, criando, dessa forma, um cenário mais positivo. Quando o gestor cumpre bem o seu papel tem uma equipe mais produtiva com um relacionamento saudável entre si.

Gerente e gestor: funções que se complementam

É importante ressaltar que gerente e gestor têm papéis complementares no contexto corporativo para alcançar bons resultados. Cabe a ambos supervisionar e garantir que o planejamento da empresa seja cumprido da melhor e mais econômica maneira possível.

Uma definição correta quanto à atuação de gerentes e gestores no dia a dia corporativo é que os primeiros olham para cima, para atender as expectativas da alta administração, enquanto os últimos olham para as equipes internas, buscando lhes oferecer tudo que é necessário para alcançar os resultados estipulados pelas metas.

PSC

Quando atuam em conjunto, gerentes e gestores alcançam resultados muito mais positivos para as empresas através da coordenação de esforços para delinear uma visão estratégica alinhada com os planos da alta administração e os resultados que a equipe de colaboradores pode entregar. Somente esse trabalho em conjunto pode fomentar o crescimento da organização de maneira sustentável e equilibrada.

Dicas para ser um bom gerente

O gerente excelente é aquele que realiza um trabalho estratégico e focado em metodologias de sucesso para alcançar os melhores resultados das áreas sob sua responsabilidade. Abaixo você pode conferir dicas para ser um gerente mais eficiente.

1 – Tenha um método de trabalho

Gerenciar assertivamente depende de ter um método sólido de trabalho, ou seja, planejar com detalhes as atividades que serão realizadas pela equipe e como elas serão realizadas. O gerente precisa ter um plano de ação para um cenário em que tudo acontece conforme o previsto e um plano de ação para um cenário em que nada sai como o planejado.

2 – Esteja apoiado em dados

Estabelecer indicadores confiáveis para mensurar o bom andamento do trabalho é essencial para que os gerentes possam fazer uma avaliação mais precisa dos projetos que estão em andamento. Saber definir quais são os melhores indicadores é crucial para ter um trabalho de gerenciamento com excelência.

3 – Mensure resultados

O gerente saberá que os departamentos gerenciados por ele estão cumprindo as metas estabelecidas através da mensuração dos resultados. Use os dados colhidos ao longo do processo de realização dos projetos (dica acima) para entender quais são as ações mais ou menos assertivas.

4 – Olhe para as necessidades dos colaboradores

Embora o trabalho do gerente esteja voltado para o atendimento das expectativas da alta administração, é fundamental olhar e atender também as necessidades da equipe. Aqui se dá o cruzamento das atividades dos gerentes e gestores.

O gerente pode e deve manter um contato próximo com os gestores da companhia para conseguir estabelecer planejamentos viáveis com os recursos humanos que a companhia possui.

5 – Mantenha-se atualizado

O gerente deve estar sempre a par das novidades do seu setor de atuação, encontrando formas mais práticas e efetivas de ser bem-sucedido. Dedique parte do seu tempo para se atualizar em relação às novas metodologias que o mercado oferece, garantindo que os setores sob sua responsabilidade prossigam em pleno crescimento.

Dicas para ser um bom gestor

O gestor eficiente é aquele que contribui para a formação de um ambiente organizacional mais saudável e que corrobora para que a equipe se torne mais produtiva. Confira, a seguir, dicas de como ser um bom gestor.

1 – Diálogo aberto com a equipe

Para ser um bom gestor é essencial estabelecer um diálogo aberto e franco com a sua equipe. Ouvir o que os colaboradores têm a dizer a respeito das metodologias de trabalho e das metas traçadas é fundamental para não focar na busca de resultados impossíveis de alcançar.

2 – Acompanhamento

O gestor deve se manter sempre acompanhando a sua equipe durante a realização das tarefas para ajudar a direcionar os colaboradores que estejam se sentindo perdidos e, também, para identificar potenciais obstáculos, sabendo como ultrapassá-los. O gestor é um guia que leva a equipe aos resultados esperados com efetividade. Quando a equipe não tem uma figura forte de gestão para guiá-la, acaba perdendo o foco e o caminho.

3 – Conheça muito bem sua área

Para ser um gestor devidamente qualificado, é essencial conhecer profundamente a sua área de atuação para se tornar uma referência para a sua equipe diante de eventuais dificuldades. Manter-se atualizado sobre a sua área é essencial para não se sentir incapacitado de orientar quem precisa.

4 – Faça a mediação de conflitos

Mesmo em empresas que possuem um excelente clima organizacional, é possível que surjam conflitos. O gestor deve desenvolver seu lado conciliador para fazer a mediação entre as partes discordantes, evitando, assim, que se estabeleça e se mantenha o desacordo.

5 – Seja o exemplo

Por ter um papel de gerir pessoas, é essencial que o gestor se preocupe em ser um bom exemplo para a sua equipe. Cumprir prazos, chegar no horário, respeitar todos os colegas independentemente da hierarquia, ser dedicado, entre outras atitudes, devem ser priorizadas para que se reflitam no comportamento da equipe.

Observe, então, como é o trabalho dos gestores e gerentes em sua empresa. Tenho a certeza de que eles trabalham em conjunto e que sempre buscam o melhor para todos, pois essa deve ser a missão maior desses profissionais: juntar suas expertises, no sentido de colocar seus conhecimentos e competências em prática e fomentar continuamente o sucesso da organização.

Quer maximizar seus resultados como gerente ou gestor? Invista em seu desenvolvimento contínuo por meio do Coaching para lideranças. Conheça a formação Leader Coach Training e ouse potencializar seus resultados!