Embora haja grande ênfase nos bons resultados de trabalhar com segmentação de mercado, não se pode negar que a estratégia de marketing de massa também pode ser bem-sucedida. Basicamente, essa estratégia consiste em impactar um grande número de pessoas sem focar em um público específico.

Empresas que seguem por esse caminho não desejam ocupar apenas um nicho de mercado. A base do sucesso dessa estratégia está em vender o máximo possível, ou seja, trabalhar com grandes volumes, pois a marca deseja estar em todos os lugares e ser consumida por todos os perfis. Continue lendo para entender melhor o que é marketing de massa e como ele funciona.

O que é Estratégia de Marketing de Massa?

De forma resumida, marketing de massa é a estratégia direcionada para produzir e distribuir um grande volume de produtos. Ao adotar esse modelo de atuação, a marca se propõe a atender o maior número possível de consumidores. Não existe ênfase em um ou outro perfil de consumidores, todo mundo é público-alvo. É essencial fidelizar os consumidores para criar uma base de clientes.

São oferecidos incentivos para que lojistas comprem e renovem seus estoques, mantendo a circulação de um grande volume de produtos. Esse modelo de vendas surgiu no período da Revolução Industrial, antes disso, diversos produtos eram comercializados em frações. O método massivo de produção e distribuição somente se tornou possível com a adição de máquinas ao processo produtivo.

As marcas nasceram nesse período também, pois era necessário ter algum diferencial que indicasse quem produzia cada item. Na década de 1920, esse conceito se consolidou em decorrência do uso do rádio como difusor de mensagens publicitárias de massa. Os anúncios não estavam mais restritos aos locais de atuação das marcas.

Para quem está se perguntando sobre a eficácia desse marketing, atualmente podemos citar o exemplo da Coca-Cola. A marca de refrigerantes trabalha de forma muito bem-sucedida com marketing de massa e é uma das mais conhecidas e consumidas do planeta. É o volume de vendas que importa.

Marketing de Massa

PSC

Fotoatelie/Shutterstock A Coca-Cola é um exemplo de marketing de massa que deu certo!

Como funciona o marketing de massa nos dias atuais?

Atualmente, há ênfase na busca de uma maior individualização, ou seja, grande parte das marcas está trabalhando com nichos de mercado. Contudo, o marketing de massa é uma estratégia que pode ser aplicada com excelentes resultados.

Empresas como Mary Kay e Avon também são exemplos de marcas que trabalham com esse marketing mais abrangente. Contando com uma rede de revendedores, essas empresas vendem seus cosméticos para clientes finais variados. Não há uma segmentação na metodologia de distribuição, qualquer um pode comprar e ser alvo do marketing.

Os ganhos de empresas que escolhem essa estratégia estão em vender um volume significativo de produtos. Quanto maior o número de pessoas convertidas, mais sucesso o marketing conquistou. Uma estratégia segmentada se baseia em eleger nichos específicos nos quais investir, tendo seus ganhos relacionados com uma maior fidelização.

Estratégia para conquistar novos clientes

O marketing de massa vem se mostrando uma boa aliada de marcas que desejam conquistar novos clientes. A divulgação massiva no momento em que se está prospectando ajuda a formar uma base de leads.

Nesse caso, a mensagem é feita para chegar a um grande público e dá como resultado a seleção daqueles que estão realmente interessados. Dentro de uma grande audiência, sem distinção, encontram-se pessoas que realmente desejam comprar os produtos ou serviços da anunciante.

Quais são as vantagens do Marketing de Massa?

Um único anúncio impacta milhares de pessoas, com certeza essa é a grande vantagem de adotar essa estratégia. Trata-se de um tipo de marketing com custo elevado, pois demanda utilizar canais massivos, mas que traz retornos. A questão é se atentar para o fato de que, provavelmente, não serão milhares de convertidos e sim uma parcela dessa massa.

Observando do ponto de vista de alcance de um número significativo de pessoas com apenas uma ação, não sai tão caro. Na ponderação da relação custo e benefício, é possível tirar grande proveito da massificação.

Esse tipo de exposição contribui, ainda, para o fortalecimento da marca. O público passa a vê-la como uma grande marca por utilizar essa estratégia de divulgação. Dependendo de como a empresa utiliza essa estratégia, pode conseguir retornos mais interessantes do que se investisse em um marketing personalizado.

Quais são as desvantagens do Marketing de Massa?

Como já citado, vivemos um momento em que há um direcionamento para a busca de individualização. A massificação gerada pela internet criou um fenômeno em que as pessoas querem ser reconhecidas por sua individualidade. Isso se reflete nos produtos que elas consomem, as marcas precisam atender aos seus desejos mais específicos.

Cada dia que passa, os consumidores estão ficando mais exigentes, querem ser ouvidos, encantados e ter suas necessidades específicas e individuais plenamente atendidas. Isso quer dizer que nem sempre um produto que é oferecido a todos, serve para todos. Aliás, na maioria dos casos não atende mesmo, afinal, tanto eu como você, por exemplo, temos gostos diferentes, portanto, como clientes, nossos objetos e desejos de compra são diferentes também.

Obviamente, uma marca que trabalha com um marketing aberto e massificado não conseguirá dialogar individualmente com todo mundo. Essa é a principal desvantagem da adoção desse método atualmente. Sendo assim, é válido ponderar o quanto o seu produto/serviço precisa ou não ser pensado para atender um público em particular. Será que o seu produto é necessário de tal forma que não precisa se adequar a um nicho?

Esse é um dos pontos que torna o Marketing de Massa uma estratégia arriscada, difícil de aplicar e que progressivamente está perdendo espaço nas empresas. Hoje, a ideia é estudar, fazer pesquisa de mercado, conhecer muito bem o consumidor, saber onde ele está, entender o que ele quer e não quer, e desenvolver uma comunicação/divulgação assertiva que possa realmente atingi-lo em cheio.

As marcas que trabalham com sucesso com esse tipo de marketing, em sua maioria, oferecem soluções práticas. A Coca-Cola não vende para um nicho específico e nem precisa ter essa preocupação. Diferentes perfis de pessoas consomem refrigerante, logo, para vender essa bebida não é necessário um grande esforço de marketing segmentado.

O Coaching é uma poderosa ferramenta de desenvolvimento humano!
Conheça mais sobre essa metodologia, acesse “Tudo Sobre Coaching”!

O Marketing de Massa funciona para o seu negócio?

Se você tem um negócio ou pensa em abrir uma empresa, antes de lançar seu produto, pense muito bem na estratégia de distribuição e divulgação dos seus artigos. Além de uma boa gestão e planejamento, o sucesso de um empreendimento está diretamente ligado à receptividade do público ao que você vende.

Essa é a questão que todo empresário deve responder antes de investir todas as suas fichas nessa estratégia. Antes de dar início às atividades empresariais, é essencial compreender exatamente qual é a sua posição no mercado. Seu produto tem características de atendimento de necessidades em geral? É uma solução específica para um público específico?

Sua base de produção sustenta trabalhar com grandes volumes? Há uma rede sólida de distribuidores para os seus produtos? Essas questões te ajudarão a direcionar as respostas para chegar ao entendimento de qual estratégia adotar. O marketing de massa, enquanto estratégia, não consiste em apenas produzir grandes quantidades para injetar no mercado.

Pense, então, se vale a pena investir no marketing de massa, tentando vender para todo mundo ou se o melhor caminho é mesmo definir nichos e mercados específicos e trabalhar focado apenas neles. Com o conhecimento a respeito da estratégia fica mais fácil tomar uma boa decisão. Reflita e boas vendas!

Você já conhecia a estratégia de marketing de massa? Acha que funcionaria para o seu negócio? Deixe sua opinião no espaço para comentários abaixo e compartilhe o conteúdo em suas redes sociais para levar o conhecimento adiante! 

Imagem: Por pathdoc