Querida pessoa, começamos este artigo com uma pergunta instigante: onde você deseja estar, pessoal e profissionalmente, daqui a 5, 10 ou 20 anos? Em algum momento da sua existência, você já parou para pensar em como será o seu futuro? Quais realizações você deseja conquistar como ser humano? É importante pensar nisso para que você possa parar um pouco e refletir não só sobre a sua vida, como também sobre os resultados que deseja obter em um futuro próximo.

Neste artigo, você vai conferir:

  • O que são objetivos;
  • Por que devemos defini-los, tanto na vida pessoal quanto na vida profissional;
  • Quais são as 5 características de um objetivo eficaz;
  • Exemplos de objetivos pessoais e profissionais.

Demais, não é mesmo? Então, continue a leitura a seguir e saiba tudo sobre o tema!

O que são objetivos?

Objetivos são resultados ou realizações específicas que uma pessoa ou organização deseja alcançar. Eles podem ser considerados como um destino a ser alcançado e são importantes para orientar a tomada de decisões, definir prioridades e avaliar o progresso.

Os objetivos podem ser de curto, médio ou longo prazo e podem ser divididos em várias categorias, como financeiros, pessoais, profissionais, educacionais, entre outros. Eles devem ser claros, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e com prazo determinado, a fim de que possam ser gerenciados e alcançados de forma eficaz.

Definir objetivos é uma etapa importante no planejamento e gestão de uma pessoa ou organização, pois ajuda a definir a direção e o propósito a serem seguidos. Além disso, ter objetivos claros e bem definidos pode aumentar a motivação e o engajamento das pessoas em alcançá-los.

PSC Renascimento

Por que precisamos de objetivos pessoais?

Definir objetivos na vida pessoal é importante porque ajuda a dar uma direção clara e um propósito para a nossa vida, permitindo-nos focar os nossos esforços e a nossa energia em áreas específicas que são importantes para nós. 

Além disso, ao definir objetivos, somos levados a refletir sobre os nossos valores, interesses e habilidades, o que nos ajuda a nos conhecer melhor e a entender o que realmente queremos alcançar na vida. Isso eleva a nossa motivação e nos auxilia a superar os desafios e dificuldades, além de nos proporcionar uma sensação de realização e satisfação pessoal quando alcançamos os nossos objetivos. 

Em resumo, definir objetivos na vida pessoal é importante porque nos ajuda a ter clareza, direcionamento, motivação e uma sensação de propósito e realização. Nessa área da vida, isso nos orienta em assuntos como: saúde física, saúde mental, hobbies, relacionamentos, família, amizades, estilos de vida, finanças etc.

Por que precisamos de objetivos profissionais?

Definir objetivos para a vida profissional, por sua vez, é importante porque nos ajuda a direcionar a nossa carreira, permitindo-nos concentrar as nossas energias em determinados fatores, como estudos e escolhas vocacionais, definindo prioridades. 

Seguir uma carreira, fazer uma faculdade, prosseguir em uma pós-graduação, entrar em uma empresa específica, abrir um negócio próprio, tornar-se um consultor freelancer — são vários os caminhos profissionais que podem ser seguidos. Por isso, conhecer a si mesmo é o ponto de partida para definir objetivos eficazes. Eles evitam que nos acomodemos ou que acabemos seguindo caminhos incompatíveis com os nossos propósitos e habilidades.

Em resumo, definir objetivos na vida profissional é importante porque nos ajuda a ter clareza, direcionamento, motivação e uma sensação de propósito e realização na nossa carreira.

Como definir objetivos eficazes?

Definir objetivos nem sempre é algo fácil de ser feito. São desafios constantes no dia a dia das pessoas do mundo todo.  Para ajudá-lo a definir com maior exatidão e segurança os seus objetivos pessoais e profissionais, separamos algumas dicas que o ajudarão a traçar os seus caminhos em curto, médio e longo prazo.

Um bom objetivo segue 5 características essenciais, que formam a sigla em inglês SMART (inteligente). Confira essas características a seguir.

  • S — specific (específico)

Um bom objetivo é específico, ou seja, ele descreve em detalhes o estado desejado pelo indivíduo. Portanto, evite dizer, por exemplo, “quero ganhar mais”. Escreva como meta, em vez disso, “quero ganhar 5 mil reais, trabalhando como analista de marketing em uma empresa X”. Quanto mais específico tornamos o nosso futuro desejado, mais conseguimos visualizá-lo com clareza e agir para que ele se concretize.

  • M — measurable (mensurável)

É importante que o seu objetivo possa ser mensurável, ou seja, que você possa acompanhar e avaliar o seu progresso nessa trajetória: do estado atual ao estado desejado. Assim, se você ganha atualmente 2500 reais e tem como meta 5 mil, pode ir acompanhando a sua evolução salarial ao longo do tempo, bem como as suas avaliações de desempenho e o grau de complexidade das suas tarefas profissionais.

  • A — achievable (alcançável)

Alcançável, nesse contexto, significa realista. Um objetivo eficaz deve ser estimulante, mas não pode estar fora da sua realidade. Definir metas muito audaciosas pode ser contraproducente, pois isso dá ao indivíduo a ideia de que ele é incompetente, mas a verdade é que a meta está muito acima das possibilidades reais. Portanto, não queira ganhar 50 mil reais em 4 meses, por exemplo. Mantenha os pés no chão para não desanimar e desistir, OK?

  • R — relevant (relevante)

Muita gente desiste ou fracassa no alcance das suas metas porque elas não são relevantes. São objetivos aleatórios, sem um propósito por trás deles. Aliás, muitas vezes, a pessoa está agindo daquela forma apenas para fazer as vontades de outras pessoas, e não as dela mesma. Jamais cometa esse erro. O seu objetivo precisa ser relevante para você, ou seja, ter um porquê, um propósito forte. Por exemplo: “Eu quero ganhar 5 mil reais para ter mais qualidade de vida, para mim e para a minha família”.

  • T — time-bound (com um prazo de tempo definido)

Quando definimos um objetivo, precisamos também estabelecer ao menos uma estimativa do tempo em que pretendemos alcançá-lo. A ideia não é criar uma pressão a mais, mas apenas evitar que a pessoa se acomode, procrastine ou até mesmo que se esqueça da meta que havia estabelecido. Ter uma data aproximada (daqui a 1, 5 ou 10 anos, por exemplo) nos ajuda a seguir os planos estratégicos que definimos.

5 exemplos de objetivos pessoais

  • Emagrecer

Perder peso e adotar hábitos saudáveis estão entre os principais objetivos da maioria das pessoas. Muitas vezes, por conta da falta de foco, de uma metodologia compatível com o estilo de cada um e até mesmo de dedicação, muitos desistem logo no início e não alcançam o objetivo traçado. 

Para que isso não ocorra, a dica é buscar orientação profissional com um nutricionista e um educador físico. Busque conciliar uma boa alimentação com exercícios frequentes. Defina metas e prazos realistas. É importante também que você trabalhe progressivamente, com paciência e comprometimento.

  • Fazer uma viagem internacional

Viajar e conhecer os principais países do mundo é o sonho de muitas pessoas. Se conhecer outros países é também um dos seus objetivos pessoais, deixamos aqui a seguinte dica: faça um planejamento financeiro eficaz! Pesquise preços, analise as melhores datas e adéque o local desejado à sua capacidade financeira — e não o contrário! O bom da viagem é ir e voltar apenas com boas lembranças. Assim, faça um roteiro diário e planeje-se com os seus companheiros de viagem.

  • Comprar um carro

Ter seu próprio carro é o desejo de muitos brasileiros. Para muitas pessoas, a aquisição de um carro representa o ganho de conforto e independência do ineficiente transporte público. Se você deseja comprar o seu próprio carro, a dica é pesquisar e organizar as suas finanças. 

Mesmo que demore um pouco, é importante que você pesquise valores, o modelo desejado, as formas de pagamento e os gastos com a manutenção dos carros que você deseja adquirir. É fundamental pesquisar também as melhores condições de financiamento disponíveis no mercado automobilístico. Quanto mais informações você puder obter, melhor e mais eficaz será a sua decisão de compra. Portanto, a palavra de ordem aqui é: pesquise!

  • Fazer a sua festa de casamento

Reunir a família e os amigos para celebrar o amor e a união do casal é mais um exemplo de objetivo pessoal. Para muitos, esse objetivo é de muita importância por tudo o que ele representa, não só para si como também para a família. Se um dos seus objetivos é ter uma bela festa de casamento, fica a dica: noivos, definam e planejem o tamanho da sua festa. 

Com base nessa decisão, o próximo passo é definir o valor que será investido e, em seguida, buscar os fornecedores que podem executar os serviços para tornar o sonho de vocês realidade. Busque referências, visite exposições e feiras de casamentos e converse com os profissionais da área. Pode ser cansativo, mas tenha a certeza de que cada momento na festa valerá a pena!

  • Conduzir melhor a sua vida financeira

Poupar dinheiro para o futuro, ter um fundo de reserva e um montante guardado para realizações e investimentos futuros: melhorar a vida financeira é um objetivo que serve para todas as pessoas. Isso ocorre porque, em algum momento da vida, pode ser necessário arcar com despesas inesperadas, de modo que ter uma quantia reservada faz toda a diferença nessa situação. 

Esses recursos podem servir tanto para momentos de crise como para realizar sonhos e projetos. Podem ser úteis também para ajudar amigos e familiares. Portanto, faça uma análise no seu orçamento e nas suas despesas mensais, verificando quanto poderá ser poupado. Estude também sobre as principais modalidades de investimento disponíveis.

5 exemplos de objetivos profissionais

  • Melhorar a sua capacitação profissional

Investir em autodesenvolvimento, estudos, cursos e palestras ilustra bem esse primeiro exemplo de objetivo profissional. Essa meta, além de importante, é essencial ao crescimento na carreira. Portanto, busque formas seguras de investir na capacitação profissional. Confira cursos, online e presenciais, que contribuirão com a sua carreira. Um profissional capacitado é mais produtivo e eficaz no dia a dia, o que aumenta as suas chances de promoção.

  • Ser promovido

Conquistar uma promoção no trabalho, ocupar um novo cargo e desempenhar uma nova função, com novos desafios e possibilidades, é outro processo que se torna um objetivo de carreira. Para isso, o colaborador deve buscar evolução contínua e manter-se sempre produtivo, engajado, criativo e resolutivo. Tenha comprometimento e foco, ficando atento aos feedbacks recebidos e procurando melhorar o seu desempenho dia após dia.

  • Alcançar uma posição de liderança

Diferentemente dos profissionais que apenas querem ser promovidos, existem aqueles que objetivam ser líderes. Liderar significa ser um colaborador que tem habilidades que podem contribuir com o crescimento da empresa, como conduzir equipes e gerenciar ou melhorar os processos da organização. 

Assim como no item anterior, aqui também é importante ter foco e comprometimento. Isso é importante para que você identifique as oportunidades para mostrar as suas habilidades enquanto líder, como comunicação clara, motivação, planejamento estratégico, responsabilidade e delegação.

  • Abrir o próprio negócio

Empreender o próprio negócio e ser um empresário de sucesso é mais do que um mero objetivo, é o sonho de boa parte dos profissionais de diversas áreas profissionais. Para isso, é necessário planejar bem o negócio e adquirir e dominar conhecimentos relativos a: gestão de pessoas, processos, finanças e logística. Invista em conhecimento sobre gestão, inovação e empreendedorismo. Contudo, a dica principal é: acredite no seu sonho! Sem isso, não tem como o negócio prosperar.

  • Ter uma carreira de sucesso

Por fim, ser reconhecido na carreira como um profissional de alto desempenho, com sucesso financeiro, que produz resultados extraordinários e que contribui poderosamente com a empresa e com o mundo é um objetivo louvável. São muitos os profissionais que têm esse intuito. Ser feliz na carreira não significa apenas ter um salário grandioso, mas, para muita gente, envolve também sentir-se útil e deixar um legado, fazendo a diferença na vida de outras pessoas.

Estes são apenas alguns exemplos de objetivos pessoais e profissionais que as pessoas têm e que buscam realizar. Defini-los é o primeiro passo para planejar a vida pessoal e a carreira, bem como para obter as ferramentas e o apoio necessário para tomar as atitudes certas em prol dessas realizações. Que você encontre imenso sucesso nesse processo, tanto na carreira como na vida pessoal!

E você, querida pessoa, tem alguma dica para compartilhar nesse sentido? Ou quer contar alguma experiência sobre objetivos pessoais ou profissionais? Então, utilize o espaço abaixo e deixe o seu comentário. Além do mais, que tal levar estas informações a todos os seus amigos, colegas de trabalho, familiares e a quem mais possa se beneficiar delas? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais!