As festas juninas estão entre as mais populares festividades brasileiras. E também entre as mais antigas. Seus principais elementos têm suas origens nas celebrações aos santos católicos (Santo Antonio, São João e São Pedro), realizadas nos países da Europa ocidental, sobretudo em Portugal.

Segundo historiadores, essas celebrações chegaram ao Brasil com imigrantes europeus, por volta do século XVII. No entanto, por ser um país de altíssima miscigenação, as festas juninas logo incorporaram também elementos das culturas africanas e indígenas.

Só para se ter uma noção da pluralidade cultural da festa, a devoção aos santos juninos tem suas origens em Portugal, a quadrilha surgiu de uma dança de salão francesa, enquanto a maioria dos pratos típicos (à base de milho e tapioca) tem forte influência indígena.

Essa combinação cultural resultou numa das mais típicas festas brasileiras, popularizada, sobretudo, no nordeste do país, mas também em outras regiões, como no interior de São Paulo.

A importância das tradições

As tradições culturais são importantes para contar a história de um povo. A festa junina é um exemplo disso. O Brasil é um país cuja história sofreu influências de povos tão distintos, que o resultado foi uma festa que combina elementos dessas diferentes origens.

Preservar essas tradições e transmiti-las às gerações futuras é uma forma de contar a nossa história, enquanto sociedade e nação. Mais do que isso, é uma lição de tolerância, já que demonstra que tradições tão diferentes entre si são capazes de se combinar e produzir uma festa tão antiga, popular e feliz, como é o caso das festas juninas.

Uma festa rica em cultura

As danças juninas, as comidas típicas, a decoração com bandeiras e balões, e até mesmo um vestuário tradicional caipira são fortes elementos culturais que valorizam a riqueza de nossas tradições.

PSC Renascimento

As festas juninas enaltecem os costumes do interior do Brasil, a fé, a gastronomia local, a música sertaneja e, acima de tudo, a alegria do povo brasileiro. Um povo com origens tão diversas se espalhou por um país de dimensões continentais para enraizar sua história.

É claro que a festa junina pode ser vivenciada de maneiras diferentes ao longo do país. Tomando a música como exemplo, o forró é mais popular no nordeste do país, a música sertaneja é mais comum nos estados do sudeste e centro-oeste brasileiros, enquanto o norte tem suas tradições típicas, como o carimbó e o bumba-meu-boi.

Na pluralidade de suas expressões e na diversidade de suas origens, as festas juninas demonstram a riqueza da cultura brasileira. Entre as mais populares festividades do país, a festa junina é completa, com danças, vestimentas, culinária, música, rituais e decorações próprias. É um resgate de nossas origens, perpetuado pelo interior do Brasil. Cabe a nós manter essa riqueza cultural viva entre as próximas gerações.

NUM GOSTO DE FESTA JUNINA… É MENTIRAAAA!

O #TBT de hoje é antigo, direto do túnel do tempo. Essa foto é de 30 anos atrás, quando fui o noivo da quadrilha da escola em que eu era professor. Sempre gostei das festas juninas, das roupas, das danças, das comidas típicas…

Uma festa originada na Europa, em devoção aos santos juninos, chegou ao Brasil há séculos, incorporou elementos das culturas africanas e indígenas e tornou-se a incrível expressão cultural que é hoje. É uma festa popular, que une as diferentes regiões do país, em clima de alegria.

Olho para essa foto com saudade, e lamento que neste ano as comemorações sejam apenas virtuais, em decorrência do momento delicado de pandemia que estamos vivendo.

No entanto, acho sim que é importante valorizar as festas nacionais, afinal de contas, elas são um registro de nossas tradições, de nossa cultura, de nossas origens plurais e, acima de tudo, da alegria de nosso povo!

E você, tá com saudade das festas juninas também? Tem recordações como essa aí da minha foto? Compartilha aqui com a gente! Deixa aqui nos comentários:

Eita trem bão!

 

#atitude #autoconhecimento #carreira #coach #coaching #coachingcomalma #coachingcomalmaibc #coachingibc #desenvolvimento #desenvolvimentopessoal #desperteseupoder #empreendedor #empreendedorismo #empreender #foco #ibccoaching #inovação #joserobertomarques #lideranca #liderança #lifecoach #lifecoaching #metas #mindset #motivacao #negocios #negócios #pnl #sucesso #festajunina #TBT