Como você definiria o conceito de gestão? Muitas pessoas responderiam que se trata da atividade administrativa focada em realizar as metas da empresa. Embora esteja correto, é importante dizer que o conceito de gestão é muito mais amplo.

No artigo a seguir, iremos explicar o conceito com mais detalhes além de apresentar ferramentas para colocá-lo em prática. Saiba como maximizar o sucesso do seu empreendimento com o melhor da gestão!

Gestão e administração são a mesma coisa?

Gestão e administração são dois conceitos diferentes que muitas vezes são tratados como sinônimos. Entender as distinções entre eles é fundamental para ser mais bem-sucedido em ambos.

A atividade de administrar diz respeito ao planejamento e controle de algo. O administrador dirige os recursos materiais, humanos e financeiros de uma organização. Resumidamente, o termo administração está mais relacionado ao aspecto técnico focado no processo administrativo.

O papel do administrador é o de conduzir a empresa, considerando os seus objetivos. Então administrar é uma atividade que visa concretizar metas e realizar os propósitos organizacionais. 

O que é gestão?

Por sua vez, a gestão é uma atividade cujo foco está em incentivar a participação e responsabilidade dos colaboradores. O gestor tem como seu foco a questão gerencial, isto é, o lado político-administrativo. O trabalho de gestão possui mais componentes humanos envolvidos. 

PSC Renascimento

Comparativamente, o trabalho de gestão se mostra mais intuitivo do que o trabalho de administração. A função do gestor é alinhar as metas corporativas com a prática em equipe. Ele avalia o trabalho dos colaboradores oferecendo feedbacks para que eles possam direcionar suas ações positivamente. 

Breve linha do tempo da história da gestão

  • A gestão acompanha a humanidade desde tempos primórdios, antes da definição do termo.
  • Inicialmente, a ideia de gestão tinha relação com a capacidade de liderança.
  • Lideranças fortes e gestoras foram essenciais para a construção de cidades e impérios.
  • No século XVIII, economistas e teóricos como Adam Smith (1723-1790) iniciaram os estudos sobre aumento da produção através da divisão do trabalho.
  • A partir de então, a gestão passa a ter um papel mais parecido com o atual. 
  • Conceitos como planejamento estratégico, definição de custos de produção, controle de qualidade, padronização entre outros já existiam antes do século XX.
  • Na metade do século XX, ocorreu uma divisão entre os conceitos de gestão científica e gestão administrativa.
  • O engenheiro norte-americano Frederick Taylor (1856-1915) defendia a gestão científica com foco na medição e especificidade de atividades e resultados. 
  • O economista alemão Max Weber (1864-1920) defendia a gestão administrativa focada na empresa e não no desempenho laboral. 
  • Na metade do século XX, a ideia de que todos os colaboradores poderiam contribuir para o sucesso corporativo ganhou força. 
  • A gestão passou a trabalhar aplicando os princípios da ciência comportamental. 
  • A gestão do capital humano adquiriu grande importância porque se percebeu seu grande potencial. 

A gestão no contexto atual

No decorrer do tempo, o conceito e aplicação da gestão nas empresas passou por diversas mudanças. Essas transformações foram decisivas para chegar ao modelo atual. Hoje, percebemos o equilíbrio pela busca por mais produtividade com a preocupação com o bem-estar dos colaboradores. 

Os gestores devem se atentar para as mudanças tecnológicas ocorridas no setor de atuação da companhia. Elas precisam ser adicionadas à rotina de trabalho de forma orgânica. No entanto, o papel do gestor atual não está focado apenas na observação e adoção da transformação digital.

O líder deve fortalecer a busca de um propósito corporativo para a equipe. Assim mantém a coerência da marca corporativa e retêm talentos. Os colaboradores se sentem motivados e desejam trabalhar em uma companhia que compartilha da sua visão de mundo. 

Conheça alguns tipos de gestão

A seguir você poderá conhecer e entender mais sobre alguns tipos de gestão. 

1. Gestão de pessoas

A gestão de pessoas abrange tudo o que diz respeito aos recursos humanos da companhia. A busca pelo entendimento do comportamento dos colaboradores e da potencialização de suas habilidades faz parte do escopo dessa gestão. 

Essa gestão tem início com o processo de recrutamento e passa pela seleção, treinamento, recompensas e avaliação. A tecnologia é uma grande aliada do gestor de pessoas porque permite reunir dados para conhecer mais sobre o capital humano

2. Gestão de processos 

O gestor de processos tem como objetivo identificar o caminho que uma atividade percorre dentro da companhia. Essa observação deve ultrapassar as barreiras departamentais, pois precisa acompanhar a atividade do início ao seu fim. 

Para uma boa gestão de processos é essencial realizar um mapeamento completo das atividades. O trabalho deve ser pensado para ser sempre menos burocrático e mais produtivo. As equipes devem ter suas necessidades compreendidas e atendidas. 

3. Gestão do trabalho

Nesse tipo de gestão, cabe ao gestor gerenciar a sua própria rotina e a rotina da sua equipe. O objetivo é estabelecer um modelo de trabalho mais produtivo e com mais potencial de sucesso. 

4. Gestão do tempo

O gerenciamento do tempo é essencial para empresas de diferentes segmentos de atuação. Esse controle é fundamental para se manter produtivo e num ritmo saudável para todos os envolvidos. É uma forma de avaliar se os recursos humanos e materiais da empresa estão sendo bem utilizados. 

5. Gestão de produtividade

Essa gestão tem como seu foco a identificação e alinhamento de comportamentos que levem a um melhor fluxo de trabalho. A gestão de tempo é uma atividade inserida dentro desse campo da gestão. Basicamente se trata de um conjunto de métodos para administrar tudo o que influencia a produtividade. 

6. Gestão de equipes

Para a gestão de equipes é essencial ter a inteligência emocional bem desenvolvida. O gestor precisa ser empático para compreender os membros da equipe, de forma a fortalecer suas ligações. 

7. Gestão por resultados

Esse campo busca uma forma de administrar o empreendimento priorizando os resultados em todas as ações. A organização pode fortalecer a cultura de dados para tomar decisões alinhadas com o cenário atual. 

8. Gestão de projetos 

A gestão de projetos refere-se a tudo o que diz respeito ao desenvolvimento das atividades corporativas. Com uma gestão eficiente de projetos é possível estabelecer uma forma mais prática e eficiente de trabalhar. 

Gostou de saber mais sobre gestão? Aproveite para compartilhar este conteúdo em suas redes sociais para passar o conhecimento adiante!