As dinâmicas são uma ótima maneira de promover a interação e a aproximação entre pessoas em eventos, salas de aula, empresas, igrejas e diversas outras situações. Além disso, também são ótimas atividades para processos seletivos, pois o recrutador tem a chance de conhecer os candidatos sob outros aspectos, além das competências básicas exigidas pela vaga.

No artigo de hoje, vou compartilhar algumas ideias de dinâmica sobre sonhos e metas, de modo que se possa conhecer melhor esse lado de cada um dos participantes. As sugestões dadas podem ser utilizadas em todos os contextos citados. Continue acompanhando e confira!

Como funciona a dinâmica do sonho e metas?

A dinâmica do sonho e metas não é única. Existem várias atividades que podem ser executadas nesse sentido. De maneira geral, elas estimulam os participantes a refletirem sobre os seus sonhos, ou seja, sobre aquilo que desejam alcançar para serem mais felizes nas diferentes áreas das suas vidas: pessoal, profissional, familiar, financeira, espiritual etc.

O conceito de sonho é muito importante para que as pessoas se mantenham motivadas e possam superar as adversidades da vida com ânimo e coragem. No entanto, é importante transformar os sonhos, que parecem tão distantes, em metas mais realistas e alcançáveis. Esse processo é fundamental para que os indivíduos consigam planejar e agir em busca desse estado desejado, em vez de apenas pensarem em como seria maravilhoso se esses sonhos de fato acontecessem.

5 sugestões de dinâmica sobre sonhos e metas para empresas e outras situações

Pensar nos sonhos e metas que você tem é sempre muito importante para manter-se motivado a buscá-los, e é exatamente esse o objetivo das dinâmicas a seguir. Você poderá usá-las em reuniões entre amigos, equipes de trabalho, cursos e onde mais quiser. Tenho a certeza de que essas atividades poderão promover o entrosamento entre as pessoas e, também, o autoconhecimento de cada participante.

  • Dinâmica do mural de sonhos

Materiais: cartolina, tesoura, cola e revistas que possam ser recortadas.

Em primeiro lugar, é necessário considerar o número de participantes. Se forem muitas pessoas, o ideal é dividi-las em equipes. Cada participante ou equipe deve receber uma cartolina para criar o mural de sonhos utilizando os recortes de revistas. Por isso, é interessante oferecer um material bem diversificado, com diversos tipos de figuras.

PSC

Deixe claro que é para ser criativo, de modo que a atividade seja verdadeiramente enriquecedora e produtiva. Se for uma equipe, é importante dizer que cada um poderá expressar os seus desejos individualmente. O tempo para a realização da dinâmica pode ser de 10 a 15 minutos.

Após todos concluírem, chega o momento de cada participante ou equipe irem até a frente de todos para apresentar o mural e falar a respeito das figuras escolhidas e do que elas representam. 

Moral

A atividade é um convite para que as pessoas reflitam sobre os seus sonhos nas diferentes áreas da vida. Ela promove uma reflexão interessante sobre a importância de ter sonhos e metas, independentemente da idade de cada um. Além disso, por meio da apresentação final, os participantes podem conhecer melhor os colegas e a si mesmos. O processo todo é bastante lúdico, demandando criatividade para encontrar imagens e fazer colagens que expressem a visão de futuro de cada um.

  • Dinâmica “defendendo o seu sonho”

Materiais: palitos de dente, canetas, pedaços de papel e um balão para cada participante.

Forme um círculo com cadeiras, considerando o número de pessoas que vão participar. Peça para que cada participante escreva o seu sonho em um pedaço de papel, dobre-o, coloque-o dentro do balão e o encha. Distribua um palito de dente para cada um e peça para que continuem segurando o balão. Explique que todos terão o espaço dentro do círculo de cadeiras para se movimentarem durante a realização da atividade.

Então, chega o momento de dizer: “defendam os seus sonhos”, de modo a evitar que alguém fure o balão com o palito. A única regra é que não pode escondê-lo sob a roupa. Ao final, é muito provável que todos estejam sem balão, já que alguém o terá estourado, e é a hora de fazer o seguinte questionamento: quem disse que vocês deveriam furar os balões uns dos outros? E, assim, dar início à reflexão: quem disse que para defender o seu próprio sonho é preciso acabar com o sonho do outro?

Moral

A moral da atividade é a compreensão de que todos nós temos sonhos e de que todos nós temos a obrigação de respeitá-los. Ninguém precisa prejudicar outras pessoas para alcançar os seus próprios objetivos. A grande “competição” de um indivíduo para conquistar o que deseja é consigo mesmo, e não com o outro. Promova essa reflexão e pergunte a todos como eles se sentiram ao furar o balão de alguém e ao ter o seu balão furado.

  • Dinâmica dos sonhos roubados

Materiais: papel e caneta para cada participante.

Distribua uma folha de papel e uma caneta para cada participante e peça para que eles escrevam um sonho que desejam realizar. O tempo para essa etapa pode ser de 5 a 10 minutos. Após todos terminarem de escrever, peça que levantem o papel e fechem os olhos. Nesse momento, outra pessoa deve entrar na sala e tirar os papéis de suas mãos. Então, ao abrirem os olhos, os participantes verão que os seus sonhos não estão mais lá, pois foram roubados.

Moral

Essa é uma dinâmica bastante simples de ser realizada e é ótima para começar um bate-papo a respeito de manter-se sempre atento em relação aos próprios sonhos, a fim de não permitir que nada faça com que desistam deles. Terceiros, circunstâncias diversas e o próprio comodismo podem ser “ladrões de sonhos”. Pergunte aos participantes se eles já tiveram algum sonho “roubado” e por que isso aconteceu. Conversem sobre o que pode ser feito para evitar que isso ocorra novamente.

  • Dinâmica “chave dos sonhos”

Materiais: chaves diferentes, um cadeado com chave e uma folha de papel.

A folha de papel deve conter as seguintes perguntas:

1 – Qual é o seu sonho?

2 – O que você precisa fazer para alcançá-lo?

3 – Quais são os obstáculos que você acredita que vai enfrentar para isso?

Peça para que os participantes formem um círculo e chame-os um a um para ir até o centro responder às três perguntas. Após a resposta, cada um deverá tentar abrir o cadeado, utilizando para isso todas as chaves, até encontrar a certa. 

O foco da atividade está em perceber que realizar sonhos é desafiador e que acontece de diferentes maneiras para cada pessoa. Assim, após todos realizarem as etapas, é interessante que se comece um diálogo a respeito do assunto, para incentivá-los a nunca desistirem daquilo que desejam.

Moral

O propósito da atividade é entender a dificuldade para abrir o cadeado como uma metáfora para a dificuldade encontrada para realizar os nossos sonhos. Alguns têm mais sorte e conseguem abri-lo mais rápido, enquanto leva mais tempo para outros. O importante é compreender que, por mais que tenhamos ritmos e oportunidades diferentes, desistir nunca deve ser uma opção. Pode ser que a próxima chave seja justamente aquela de que precisamos. Mantenhamos a motivação em alta.

  • Dinâmica de metas para integração

Material: não é necessário nenhum material, pois se trata de uma roda de conversa.

Esta é uma dinâmica bastante interessante para fazer com novos funcionários de uma empresa ou com uma turma no início de um curso, por exemplo, para que todos possam se conhecer melhor. 

Peça para que os participantes se posicionem em forma de círculo. Se houver cadeiras, será melhor, pois os participantes se sentirão mais à vontade sentados. Fale um pouco a respeito da instituição, que pode ser uma empresa, instituição de ensino, igreja, entre outras.

Depois dessa apresentação, peça para que cada indivíduo se apresente, fale um pouco sobre si, sobre o que o levou até aquele local e sobre as suas expectativas e metas. É importante incentivar todos a ouvirem os colegas na essência, a fim de que possam se conhecer e aprender por meio das experiências alheias. Após todos se manifestarem, pode-se dar início a uma discussão, considerando as coisas que foram mais citadas.

Moral

A ideia da atividade é conhecer melhor os participantes por meio das experiências compartilhadas e dos seus objetivos. É um meio de criar conexões mais profundas e de entender os caminhos que as pessoas percorreram para chegar até ali, bem como os sonhos que elas pretendem realizar daqui para frente. Talvez seja possível identificar pontos em comum entre os participantes, o que pode ser interessante para construir ou intensificar bons relacionamentos interpessoais.

Conclusão

As dinâmicas são ferramentas fantásticas para empresas e outras instituições que desejam promover a interação entre as pessoas e, até mesmo, conhecê-las melhor. Além disso, são uma maneira de mostrar que há um real interesse em ouvi-las e saber quais são os seus objetivos, o que pensam, enfim, de demonstrar que elas são mais do que números.

A dinâmica do sonho e metas, por meio das 5 sugestões acima, configura uma atividade fundamental para que as pessoas possam refletir sobre o seu estado atual e sobre o seu estado desejado. São pontos de partida para discussões mais profundas, sobre como transformar sonhos em metas, como planejar a realização desses sonhos e como executar esse planejamento.

Esse tipo de atividade é também uma ótima forma de introduzir o assunto coaching entre os participantes, já que o método é justamente um conjunto de estratégias para conduzir as pessoas do estado atual ao estado desejado.

Espero que tenha gostado e que essas sugestões de atividades resultem em bons momentos de integração e desenvolvimento!

Quer entender mais sobre o comportamento humano? Clique aqui e saiba mais!