A Inteligência Social consiste na capacidade de avaliar corretamente os seus próprios sentimentos e os sentimentos dos outros. Viver basicamente diz respeito a interagir e quem faz interações eficientes tende a ser mais bem-sucedido nos mais diferentes aspectos. Se você tem dúvidas acerca desse tema, continue a leitura para entender o conceito e seu funcionamento na prática.

Entenda o que é Inteligência Social

Em linhas gerais, a Inteligência Social pode ser definida como a capacidade de processar corretamente informações emocionais internas e externas. O indivíduo socialmente inteligente consegue compreender e administrar suas próprias emoções. Então, a partir de uma análise criteriosa dos sentimentos próprios e alheios toma decisões sábias.

Também está no escopo do conceito de Inteligência Social saber agir corretamente em relacionamentos. Viver em conflito constante com as pessoas à sua volta, seja em casa ou no trabalho, não é bom para seu crescimento. Sabendo interpretar as mensagens que as outras pessoas passam através de suas emoções é possível construir um caminho sólido e mais positivo.

A facilitação das interações geradas pela correta interpretação das emoções próprias e alheias é uma parte importante da Inteligência Social. Geralmente, pessoas bem-sucedidas profissionalmente têm essa capacidade amplamente desenvolvida. Sua aplicação no dia a dia é essencial para construir redes de relacionamento.

Conquiste resultados extraordinários através do Coaching!
Clique aqui e conheça mais sobre essa poderosa metodologia!

Inteligência Social: conheça seus benefícios

Confira abaixo alguns dos benefícios de ter a capacidade de Inteligência Social plenamente desenvolvida.

1 – Compreensão profunda do outro

PSC

O desenvolvimento da Inteligência Social permite ao indivíduo ler as emoções dos outros, entendendo as suas necessidades. Mais do que permitir uma convivência mais pacífica, contribui para fortalecer laços positivos para seu crescimento.

2 – Gestão de conflitos

Ser um bom gestor de conflitos é essencial para assumir postos de liderança. Uma pessoa com Inteligência Social acurada sabe avaliar os sentimentos dos envolvidos e chegar a uma solução adequada para ambos. Em situações conflituosas, as pessoas geralmente não dizem exatamente o que desejam, sendo assim, saber interpretar é crucial.

3 – Contribuição para o desenvolvimento alheio

A correta avaliação dos sentimentos e intenções alheios contribui para impulsionar o desenvolvimento das pessoas em seu entorno. O indivíduo socialmente inteligente costuma ser o centro de um grande movimento de transformação. Dentro das empresas essas pessoas são capazes de gerar o aumento da produtividade de diversos setores.

4 – Rede de contatos

A Inteligência Social abre portas a partir da consolidação de relacionamentos com pessoas e grupos de destaque em seu setor, aquilo que chamamos de network. Ter boa comunicação e a capacidade de compreender as emoções alheias torna a convivência sempre mais agradável e produtiva.

5 – Reconhecem boas ideias

No ambiente corporativo, é fundamental estar aberto para ouvir e reconhecer boas ideias vindas de outras pessoas. A Inteligência Social faz com que os indivíduos que a desenvolvem se mostrem mais receptivos. Há o entendimento de que não se perde nada ao ganhar com uma ideia alheia.

Inteligência Social: como funciona?

O indivíduo que possui Inteligência Social acredita que pode contribuir positivamente para o ambiente em que está inserido. Em geral, uma pessoa socialmente inteligente tem facilidade de interagir com diferentes grupos e tipos de pessoas. É alguém que agrega valor à equipe da qual faz parte e contribui para sua maior união.

Na prática, a Inteligência Social se baseia em duas habilidades: compreensão dos sentimentos próprios e alheios e uso correto dessas informações. Um indivíduo que possui essa capacidade plenamente desenvolvida compreende com facilidade as informações emocionais de que dispõe. Ele sabe o que a outra pessoa está sentindo pela forma como ela se expressa e consegue entender bem como se sente em relação a isso.

No entanto, apenas compreender as emoções não é o suficiente para alcançar o sucesso. Nesse ponto entra a segunda habilidade do indivíduo socialmente inteligente, o uso correto das informações de emoções alheias. A Inteligência Social contribui para que o indivíduo saiba como agir de maneira a atender as necessidades das pessoas em seu entorno de forma mais produtiva para todos.

Essa capacidade contribui para desenvolver interações mais saudáveis e produtivas com as outras pessoas e atitudes mais inteligentes de maneira geral. Quando se trata de agir em relação às emoções, é bastante importante ter equilíbrio interno. Observe como pessoas que agem de forma mais comedida e menos passional conquistam seus objetivos com mais facilidade.

A felicidade é imprescindível para um bom relacionamento empresarial!
Clique aqui, faça nosso “TESTE” e descubra como anda sua felicidade!

Dicas de como desenvolver Inteligência Social

A Inteligência Social é uma capacidade que pode ser desenvolvida a partir das características que o indivíduo já possui. A seguir confira algumas dicas de como desenvolver essa habilidade trabalhando com aquilo que você já possui dentro de si.

1 – Utilize sua Inteligência Social diariamente

A Inteligência Social é como um músculo do corpo que precisa de exercício para se desenvolver. Procure estar mais aberto e interessado pelas emoções alheias, seja mais empático com as pessoas com o cercam. Ao identificar que alguém enfrenta um problema, considere se você tem alguma boa sugestão de solução.

2 – Olhe para os seus problemas

Lembra que mencionei que a Inteligência Social se refere a aprender a entender suas próprias emoções? Para isso, liste os seus problemas e potenciais soluções para eles. Você perceberá quais são os seus sentimentos em relação a essas situações e terá um entendimento mais profundo do que se passa em seu interior.

3 – Amplie sua rede de contatos

Desenvolva sua Inteligência Social constantemente, se propondo a sempre fazer contato com novas pessoas. Use sua habilidade de comunicação para se aproximar de pessoas que possam te ajudar a prosperar profissionalmente.

4 – Dedique-se ao autoconhecimento

Tire algum tempo de sua rotina atribulada para refletir sobre seus sentimentos e como age em relação a eles. O autoconhecimento é a chave para ser uma pessoa socialmente mais inteligente. A partir do autoconhecimento é possível se tornar alguém mais equilibrado nas mais diversas áreas da vida.

5 – Analise quando deve ou não interferir

Por fim, recomendo que você se torne mais crítico em relação às situações em que deve ou não interferir. A Inteligência Social está em saber quando se colocar diante de uma situação conflituosa e quando se resguardar. Se não há nenhuma contribuição válida que você possa fazer é melhor não agir. Manter-se salvaguardado de estresse também é ser inteligente socialmente.

A Inteligência Social pode ser desenvolvida diariamente. Sabendo de tudo isso, responda: de 0 a 10, qual é o nível da sua inteligência social? Como você administra suas emoções e lida com os sentimentos alheios? Repense, esse pode ser um bom momento para começar a aprimorar sua inteligência social ou mesmo para desenvolvê-la.

Aproveite para deixar seu comentário abaixo e compartilhar este conteúdo através das suas redes sociais!