Mindfulness é uma palavra que vem do inglês e significa atenção plena. Trata-se de uma prática que tem se tornado cada vez mais popular e que visa ajudar pessoas a gerenciarem o estresse e a ansiedade motivados por pensamentos ligados ao passado ou futuro. Assim, através de diversos tipos de exercícios, elas podem aprender a manter o foco no presente e desacelerar.

Ao longo deste artigo, você saberá mais sobre mindfulness, sua origem, benefícios, além de dicas para começar a praticar. Continue acompanhando e entenda por que esse conceito se tornou tão popular.

O que é Mindfulness?

Como mencionado no início do artigo, mindfulness é uma prática voltada para a atenção plena e conexão com o momento presente, o que inclui a percepção dos nossos sentimentos, pensamentos, corpo e o ambiente. Além disso, envolve o acolhimento em relação ao que pensamos e sentimos, sem classificar nada como certo ou errado. Dessa maneira, uma pessoa que está sentindo raiva, por exemplo, irá aceitar aquilo para entender suas razões e, assim, permitir que a emoção vá embora naturalmente.

O mindfulness tem suas raízes na meditação budista, que também tem o objetivo de manter a mente focada. Entretanto, foi através do trabalho do médico norte americano Jon Kabat-Zinn que a prática se popularizou nos Estados Unidos e, em seguida, em diversos países do mundo. Tudo começou em 1979, quando ele lançou o programa Redução de Estresse Baseado em Mindfulness na Faculdade de Medicina da Universidade de Massachusetts.

De lá para cá, muitos estudos comprovaram os benefícios do mindfulness para a saúde do corpo e da mente, o que atraiu a atenção de muitas pessoas. Hoje, médicos, psicólogos e outros profissionais da área da saúde indicam a prática da atenção plena aos seus pacientes como uma estratégia válida para a busca de mais equilíbrio.

Benefícios do Mindfulness para uma vida equilibrada

A prática do mindfulness é comprovadamente benéfica para a saúde por muitas razões diferentes, muitas delas surpreendentes, que você poderá descobrir a seguir.

Melhora do sono

PSC Renascimento

Pessoas que se sentem constantemente ansiosas ou estressadas tendem a encontrar dificuldades para dormir bem, pois, como parecem estar constantemente em estado de alerta, suas mentes não conseguem relaxar. A prática frequente do mindfulness ajuda a controlar esses sentimentos, promovendo um sono de qualidade e verdadeiramente revigorante.

Controle do peso

Embora a perda de peso não esteja entre os principais objetivos do mindfulness, é uma consequência natural da conexão ao momento presente, afinal, indivíduos ansiosos, que estão o tempo todo se preocupando com o futuro, geralmente comem mais do que precisam, exatamente por não saborearem o alimento como deveriam. A partir do momento em que se mantêm presentes de corpo e alma para fazer as refeições, fica mais fácil perceber a saciedade e comer apenas a quantidade necessária, sem exageros.

Redução dos níveis de estresse e ansiedade

A rapidez com que as coisas acontecem atualmente levou as pessoas a se sentirem cada vez mais ansiosas e sem paciência, o que tem o estresse como uma das principais consequências. Através do mindfulness, é possível aprender a se concentrar no agora, desfrutando dos momentos em atenção plena, o que naturalmente ajuda a desacelerar a mente e promover a paz interior.

Menos sentimentos negativos

Toda a agitação gerada pela ansiedade, leva a pensamentos inseguros e negativos sobre o que pode vir a acontecer. Como o grande objetivo do mindfulness é a conexão com o agora, os sentimentos ruins acabam por perder a sua força, já que a pessoa passa a não temer tanto pelo futuro, concentrando-se no que pode fazer hoje para construir o amanhã.

Mais atenção

Por fim, um benefício que é capaz de impactar positivamente todas as áreas da vida: a atenção. Aprender a se concentrar no presente permite que se mantenha o foco nas tarefas que for realizar e ouça as pessoas na essência, o que resulta em maior produtividade e relacionamentos mais equilibrados.

7 Dicas para começar a praticar Mindfulness

Como viu ao longo do artigo, mindfulness é a prática de se conectar ao momento presente, existem muitas maneiras de fazer isso, a seguir você irá conhecer algumas das mais utilizadas.

1 – Acolha suas emoções: comece a se observar e entender o que está sentindo, em vez de desejar que a raiva ou ansiedade, por exemplo, desapareçam, acolha-as, se questione. Assim, elas irão perder a força até sumirem por completo.

2 – Adote o hábito diário da gratidão: a gratidão é um sentimento poderoso que nos conecta ao agora, pois nos faz entender que o que temos é suficiente. Liste diariamente pelo menos três motivos pelos quais se sente grato.

3 – Observe o mundo ao seu redor: experimente sair na janela ou caminhar pela rua apenas observando, veja as pessoas, os carros, o céu, atente-se aos detalhes, aos sons, aos cheiros. Essa é uma forma bastante interessante de manter o foco no presente.

4 – Concentre-se em sua respiração: pare alguns minutos e observe sua respiração, mas mantendo-a como está, sem se forçar a mudar o ritmo. Com isso, poderá sentir o ar entrando e saindo do seu corpo, deixando de lado as preocupações.

5 – Escute as pessoas com atenção: sempre que for conversar com alguém, escute na essência, sem usar o tempo de fala do outro para planejar o que irá dizer. Isso permitirá que entenda a mensagem passada e seja mais empático.

6 – Saboreie os alimentos: ao fazer uma refeição, deixe o celular e as preocupações de lado, concentre-se no alimento, saboreie cada pedaço, sentindo os sabores e texturas. Dessa maneira, saberá exatamente quando a saciedade chegar.

7 – Medite: por fim, é interessante que adote o hábito de meditar, que é a prática que deu origem ao mindfulness. Cerca de dez ou quinze minutos por dia ajudarão você a se sentir mais tranquilo e feliz.

Vale lembrar que, como tudo na vida, é preciso dar um primeiro passo, portanto, se permita começar a praticar o mindfulness e evite cobrar perfeição de si mesmo, é aos poucos que irá se familiarizar com a prática.

Se gostou, aproveite para compartilhar o artigo em suas redes sociais e incentivar mais pessoas a começarem a praticar mindfulness!

 

Fontes:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Jon_Kabat-Zinn

https://psychcentral.com/blog/10-surprising-health-benefits-of-mindfulness-meditation/

https://www.bustle.com/articles/113549-7-tips-to-practice-mindfulness-reasons-why-you-should