“Competência” é uma palavra que pode ser definida como um conjunto de aptidões para realizar determinadas funções, tarefas e trabalhos. É desenvolvida por meio da aquisição de conhecimento e torna-se ainda mais potencializada quando colocada em prática.

Competência sem ação se transforma em teoria. É por isso que, no mercado de trabalho, a demonstração efetiva das competências comportamentais, técnicas e emocionais é tão exigida. Para ser integral, o colaborador precisa não apenas dizer que sabe fazer, mas mostrar, no dia a dia, que domina diversos conhecimentos.

Essa aplicação diária é o que faz com que as competências sejam ampliadas. Nesse sentido, podemos dizer que um profissional capacitado, ao vivenciar diversas experiências na empresa em que trabalha, terá mais chances de demonstrar as suas competências, como também de desenvolver novas habilidades e talentos. Para saber mais sobre o tema, continue a leitura a seguir!

Como desenvolver novas competências?

Para evoluir, o ser humano deve, continuamente, buscar aprimorar os seus conhecimentos e adquirir outros que lhe proporcionem um real crescimento — pessoal, espiritual e profissionalmente. Essa busca deve ser constante e pautada na melhoria de aspectos do comportamento que ainda limitam o seu desenvolvimento.

Para conquistar novas competências, é essencial estar aberto a aprender e dividir conhecimento. Muitas vezes, o nosso colega do lado tem mais a oferecer do que podemos, inicialmente, perceber. Tanto naqueles aspectos que admiramos como naqueles que queremos refutar, tudo pode ser uma fonte de aprimoramento.

Além disso, investir em autoconhecimento favorece que a pessoa descubra as suas competências, ainda não acessadas, que podem servir para a sua evolução. Nesse sentido, podemos dizer que algumas competências são dons natos da pessoa e que outras são adquiridas ao longo da vida. Fazer essa junção é fundamental!

Outro ponto fundamental para expandir as habilidades é buscar, por meio de cursos, treinamentos e formações, tanto técnicos como comportamentais, a eliminação de crenças e comportamentos que impedem a pessoa de reconhecer-se como alguém competente e capaz. É aí que entram as formações acadêmicas, os cursos livres e as próprias sessões de coaching, conforme veremos mais à frente.

5 competências fundamentais em qualquer profissão

PSC

A maneira como uma pessoa faz UMA coisa é a maneira como ela faz TODAS as coisas. Por isso, fique atento às competências a seguir. Será que você tem trabalhado no desenvolvimento delas?

1. Equilíbrio emocional

Esteja você operando um paciente ou administrando as finanças de uma empresa, o fato é que trabalhar sob pressão tem se tornado mais regra do que exceção. O excesso de tarefas e os prazos exíguos podem nos levar a perder a calma, o que prejudica a execução das nossas atividades.

Nesse sentido, é importante respirar fundo e não colocar tudo a perder por um segundo de descontrole. Compreender os seus sentimentos, conversar com as pessoas, meditar e praticar exercícios físicos são meios de manter as coisas sob controle e lidar com situações de estresse. É o que chamamos de Inteligência Emocional.

2. Resiliência

Ainda conectado ao item anterior, a resiliência é a força que nós temos (ou que precisamos desenvolver) para seguir em frente depois de um momento difícil. Todo médico perde um paciente, toda empresa tem resultados ruins de vez em quando, todo cozinheiro erra a receita em algum momento da carreira.

O que não se pode fazer é acreditar que um momento ruim é uma vida profissional ruim. Um erro não o torna incompetente, só o torna humano. Reequilibrar os sentimentos, pensar de forma lógica e motivar-se para continuar e evoluir são os passos do desenvolvimento da resiliência.

3. Responsabilidade

Todo mundo tem tarefas a cumprir em determinados prazos. Isso acontece porque há pessoas que dependem do nosso trabalho, assim como nós dependemos dos trabalhos delas. Portanto, é preciso que, em qualquer ambiente profissional, exista essa sintonia de pessoas dedicadas e comprometidas com resultados.

Quando esse cenário ocorre, crises são prevenidas ou remediadas muito mais rapidamente. Só é preciso concentração, foco e disciplina.

4. Capacidade de tomar decisões

A todo instante, precisamos tomar decisões: demitir, contratar, seguir a estratégia X, mudar para o plano Y, usar determinada ferramenta, fazer parceria com alguém, e por aí vai. É uma tarefa difícil, pois escolher é dizer SIM para uma possibilidade e NÃO para todo o resto, sem que tenhamos muita certeza da eficácia dessa decisão.

Ainda assim, é uma capacidade que precisa ser desenvolvida, pois adiar a tomada de decisões só piora o quadro.

5. Clareza na comunicação

Ao falar, ao redigir um comunicado, ao escrever um e-mail ou ao enviar uma singela mensagem de texto, clareza é regra. Quantos problemas poderiam ser evitados se as pessoas fossem objetivas e precisas naquilo que querem? Ou se utilizassem um tom mais adequado? Falhas nos trâmites diários das empresas muitas vezes têm origem nesse descompromisso com a comunicação de qualidade.

Resumindo: competências são resultado dos conhecimentos e habilidades que adquirimos, quando os colocamos em prática. Além das citadas, também é possível destacar: criatividade, proatividade, liderança e inovação como competências que também devem ser desenvolvidas. Elas geralmente variam de profissão para profissão, mas as competências acima podem e devem ser desenvolvidas por todos, sem exceção!

O coaching no contexto do desenvolvimento das competências

Neste contexto apresentado, em que é preciso desenvolver e exercitar competências de forma contínua, o coaching, com as suas técnicas e ferramentas de desenvolvimento humano e aceleração de metas e objetivos, se destaca como um extraordinário aliado do indivíduo. Isso se comprova no que tange a aumentar o autoconhecimento e a autoconfiança e a identificar os seus conhecimentos e habilidades.

Ao vivenciar o processo ou mesmo fazer uma formação completa, a pessoa tem chances ainda maiores de identificar novas competências, potencializar o desenvolvimento delas e conquistar resultados extraordinários em âmbito profissional e pessoal.

E você, ser de luz, deseja ampliar e expandir as suas competências em todas as esferas da sua vida? Nesse caso, faça o Professional & Self Coaching – PSC, desenvolva novas competências e ouse ir além! Lembre-se sempre de que o IBC — Instituto Brasileiro de Coaching é a grande referência nacional nos programas e capacitações do tipo, com metodologias exclusivas, comprovação científica e os melhores profissionais do mercado!

Gostou deste conteúdo? Então, deixe o seu comentário no espaço a seguir. Além do mais, que tal levar estas informações a todos os seus amigos, colegas de trabalho, familiares e a quem mais possa se beneficiar delas? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais!