O mundo corporativo muda a cada dia, mas uma necessidade dos profissionais continua a mesma: entender o que o mercado de trabalho procura hoje, ou seja, aqui e agora. Essa preocupação serve tanto para quem está empregado como para quem está à procura de um novo emprego.

Mesmo com a crise atual, certas coisas não mudam, como a exigência por capacitação e experiência prática no mercado.  Nesse ponto, esbarram aqueles novos profissionais, mas por outro lado, se destacam os especialistas, já com um tempo de trabalho e com mais know-how.

Independentemente do lado em que você esteja, saiba que existem algumas habilidades e competências técnicas e comportamentais indispensáveis a todos os profissionais. Vamos apresentar a você alguns exemplos para você se inspirar, desenvolver essas qualidades e aumentar as suas chances de sucesso na carreira. Continue a leitura e confira!

1. Inovação

A inovação é a capacidade de inovar nos momentos de dificuldade, de ser criativo e inventivo e de propor soluções novas para os problemas e para aproveitar as oportunidades. Esses fatores são um diferencial competitivo no mercado. Como se sabe, toda empresa precisa estar à frente dos seus concorrentes. Por isso, profissionais antenados às novidades do mercado e capazes de oferecer respostas inovadoras a antigos problemas demonstram criatividade e rapidamente ganham destaque.

2. Proatividade

Estar pronto, disponível e, especialmente, sempre disposto a atender à empresa é o perfil de um indivíduo proativo. Ele sabe colaborar com os colegas e com os resultados e tem visão para executar as tarefas e para antecipar-se aos problemas. Em outras palavras, esse colaborador consegue agir proativamente, sem precisar receber ordens diretas do gestor. Isso não significa desrespeitar a hierarquia organizacional, mas apenas ser mais autônomo naquilo que for possível.

3. Comunicação eficaz

A comunicação eficaz é mais uma habilidade muito valorizada pelo mercado de trabalho. Essa competência ajuda a construir relações mais positivas, a apresentar as ideias com mais clareza e objetividade e a resolver problemas com mais facilidade. Em uma expressão verbal e/ou não verbal mais efetiva e na delegação exata das tarefas, melhores resultados são obtidos. Isso depende, é claro, da organização e da clareza das ideias apresentadas aos colegas, chefes, funcionários, clientes, parceiros etc.

4. Liderança

PSC Renascimento

Ter o perfil de liderança, as habilidades de gestão de processos, a capacidade de mobilizar pessoas e a visão estratégica faz parte do leque de diferenciais competitivos do líder. Esse talento representa uma competência profissional muito buscada nos colaboradores nas empresas para cargos de autoridade, no comando de equipes, projetos e departamentos. Mesmo quem não tem esse tipo de ambição, porém, deve desenvolver um pouco da sua capacidade de influenciar e organizar as pessoas ao redor.

5. Automotivação

Profissionais automotivados, positivos e otimistas ajudam na qualidade do ambiente de trabalho e são bem mais produtivos e engajados. Não por acaso, são muito queridos e desejados. Essa automotivação depende do senso de propósito do individuo na sua vida profissional, que surge quando ele desenvolve atividades que sejam compatíveis com as suas habilidades, que sejam úteis para a sociedade e que lhe despertem um mínimo de prazer e realização. Sem motivação, não há trabalho de qualidade.

6. Resiliência

Ser resiliente é ter a capacidade de se sobressair às dificuldades e fortalecer-se com os desafios e pressões, comuns no mundo empresarial. Por isso, profissionais resilientes se destacam pela sua coragem de enfrentar os momentos de crise, de se manter positivos e de ir além. Ser resiliente é também entender que nenhuma crise é eterna e que, logo depois de uma adversidade, vem um novo período de mais calma e reequilíbrio das forças internas. No instável ambiente corporativo atual, é um enorme diferencial.

7. Inteligência emocional

Saber administrar as suas emoções, lidar adequadamente com elas, bem como saber utilizar os sentimentos positivos para potencializar os seus resultados são fatores que o ajudam a ser um profissional mais equilibrado, congruente e eficaz. Não devemos reprimir nenhum sentimento, mas devemos identificar meios saudáveis de compreendê-los e expressá-los, sem que haja excessos na sua intensidade, o que pode prejudicar os nossos relacionamentos interpessoais do dia a dia.

8. Interpretação de dados

Com a internet e com as novas tecnologias que com elas surgiram, as empresas têm, hoje em dia, acesso a uma quantidade enorme de dados, muitas vezes atualizados em tempo real. Isso lhes permite monitorar o desempenho de todas as suas ações estratégicas. Todavia, a tecnologia por si só não basta. É preciso contar com profissionais competentes, que saibam como colher esses dados, contextualizá-los e interpretá-los, transformando-os em informações úteis que embasem as decisões a serem tomadas.

9. Aprendizagem contínua

Outro desafio das empresas na atualidade é manterem-se atualizadas. Os avanços da ciência, da tecnologia e do próprio comportamento humano demandam novas soluções. Por isso, empresas que se recusam a atualizar os seus conhecimentos e processos ficam para trás, deixando de acompanhar o ritmo das mudanças da sociedade. Dessa forma, é fundamental contar com colaboradores que estejam sempre atualizando os seus saberes, por meio de cursos, treinamentos, eventos, acompanhamento das notícias etc.

10. Flexibilidade

Por fim, se novos cenários surgem com frequência nos tempos que temos vivido, é importante desenvolver a flexibilidade. Hoje em dia, não há mais espaço para o que é rígido e imutável. Todo é fluido e efêmero. Os princípios básicos da empresa devem se manter, mas as atitudes de cada colaborador precisam se adequar a cada cenário em que ele estiver inserido. A adaptabilidade a cada cliente, concorrente, produto, serviço, atividade, momento etc. se faz fundamental para alcançar o sucesso desejado.

Fica a dica, então, para você desenvolver essas habilidades. Com certeza, ao compor o seu perfil profissional com todas essas competências, as suas chances de sucesso na carreira crescerão poderosamente. Fique atento e invista em você!

E você, querida pessoa, como tem desenvolvido essas habilidades? Deixe o seu comentário no espaço a seguir. Além do mais, que tal levar estas informações a todos os seus amigos, colegas de trabalho, familiares e a quem mais possa se beneficiar delas? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais!