Há quem veja o trabalho apenas como uma forma de garantir o próprio sustento. No entanto, mais do que fornecer a sobrevivência, o trabalho tem uma grande importância na vida de um indivíduo. Benjamin Franklin disse certa vez que “o trabalho dignifica o homem” e ele não estava errado em afirmar isso.

O trabalho tem a ver com outras questões, que vão além de receber um salário. Essa atividade também tem a ver com pertencimento e participação. Tem a ver com ser útil e contribuir com uma causa maior. É daí que vem a motivação e a satisfação pessoal. Para saber mais a respeito de qual é a importância do trabalho na vida das pessoas, continue a leitura a seguir e reflita!

Por que o trabalho é importante para as pessoas?

Essa é uma pergunta bastante recorrente nos ambientes de trabalho. Muitas vezes, as pessoas questionam se trabalhar é realmente importante, independentemente do cargo ou dos rendimentos financeiros que tenham. Afinal, o que motiva alguém a trabalhar?

A primeira motivação que se costuma ter na hora de procurar um emprego é o sustento — seja o de si mesmo, seja da própria família. Mas essa não é a motivação principal que mantém todos os profissionais do mundo exercendo as suas funções. Tampouco é o que dá sentido para o trabalho.  Há muitos outros envolvidos, conforme você verá na lista a seguir.

  1. Fonte de renda

O trabalho é uma fonte primária de renda para a maioria das pessoas. É por meio dele que elas ganham dinheiro para sustentar a si mesmas e as suas famílias, pagar contas, comprar alimentos e roupas e satisfazer outras necessidades básicas. Além disso, o trabalho pode proporcionar a oportunidade de avançar na carreira e ganhar um salário mais alto, melhorando a qualidade de vida e a segurança financeira, por meio da construção de um patrimônio.

Não há como negar que é trabalhando que a maioria das pessoas obtém meios para viver. Dizer que isso não tem importância seria uma inverdade. O objetivo deste artigo não é o de amenizar a importância financeira do trabalho, mas esclarecer que também há outras razões que evidenciam a importância dessa atividade na vida humana.

  • Desenvolvimento de habilidades
PSC Renascimento

A prática leva à perfeição, certo? Por isso, muitas pessoas procuram experiências profissionais para desenvolver habilidades que possam contribuir com a ascensão profissional. Tais habilidades não serão desenvolvidas sem exercícios e vivências. É o caso de um vendedor, por exemplo, que exercita habilidades como: clareza de comunicação, persuasão, criatividade, organização, empatia, simpatia, escuta ativa, atenção aos detalhes, entre outros.

Dessa forma, trabalhar pode ajudar as pessoas a desenvolver habilidades e conhecimentos valiosos, tornando-as mais aptas a lidar com desafios e oportunidades futuras. Ao trabalhar em um ambiente desafiador, as pessoas podem aprender novas competências, melhorar a sua capacidade de resolução de problemas e desenvolver uma variedade de competências técnicas (da área) e comportamentais. Isso as torna mais empregáveis e até mais competentes em outras áreas da vida.

  • Realização pessoal

Ver o resultado do trabalho feito é muito gratificante, independentemente da área de atuação. Testemunhar a felicidade de um cliente ao encontrar o produto que queria na loja, bater as metas de vendas ou trabalhar na construção de um grande edifício, tudo pode ser motivo de orgulho por ter contribuído para que aquilo se tornasse possível. Assim, a realização também motiva a ida ao trabalho.

Por isso, trabalhar pode proporcionar um senso de realização pessoal e satisfação ao realizar tarefas desafiadoras e obter resultados positivos. Quando as pessoas trabalham em algo que amam ou têm paixão, podem se sentir realizadas e motivadas a continuar a desenvolver as suas habilidades e conhecimentos. Isso pode levar a uma autoestima mais elevada e à autoconfiança, bem como a um sentimento de orgulho e satisfação pessoal.

  • Construção de relacionamentos

A maioria dos profissionais trabalha de forma colaborativa com outros, o que permite que sejam criados laços de amizade e cooperação. Fazer parte de uma equipe que trabalha em prol de um mesmo objetivo é muito enriquecedor e motivador. Por isso, a vida profissional proporciona um senso de conexão social, permitindo que as pessoas interajam com colegas de trabalho e formem relacionamentos significativos. 

Quando as pessoas passam grande parte do dia trabalhando juntas, podem estabelecer laços e construir relações de confiança e troca de experiências/habilidades. Isso pode ser particularmente importante para aqueles que trabalham em ambientes isolados ou que têm dificuldades para se conectar com outras pessoas fora do trabalho. Além disso, a conexão social no trabalho pode ajudar a melhorar a colaboração e a produtividade da equipe, por meio da ajuda mútua.

  • Disciplina e responsabilidade

Em qualquer tipo de empresa, tanto como proprietário quanto como colaborador, é necessário cumprir regras em relação a prazos, horários e metas. Esse aspecto faz com que os indivíduos desenvolvam organização e disciplina, que são muito importantes para o seu desenvolvimento profissional. Além disso, o ato de trabalhar e obter o próprio sustento dá às pessoas uma ideia mais clara de que as suas vidas de fato dependem das suas atitudes, conferindo-lhes mais autonomia e independência.

O trabalho pode fornecer uma identidade e um senso de propósito para as pessoas, dando-lhes um papel definido na sociedade e um senso de contribuição para algo maior. Assim, ele pode ser uma parte importante da identidade de uma pessoa, ajudando-a a definir-se e a relacionar-se com os outros. Além do mais, o trabalho pode dar às pessoas um senso de propósito e significado, ao permitir-lhes contribuir para a sociedade de uma forma significativa.

Mude a forma como você vê a vida profissional

Ter um propósito é o que diferencia as pessoas de sucesso daquelas que trabalham apenas porque é a sua única opção de sobrevivência. 

Nesse sentido, existe um conto antigo que ilustra muito bem essa diferença: 3 pedreiros estavam trabalhando em uma construção, porém, quando alguém perguntou o que eles estavam fazendo, cada um demonstrou ter uma visão diferente. O primeiro disse que estava assentando tijolos; o segundo, preparando a massa; enquanto isso, o terceiro afirmou que estava construindo uma bela catedral.

Inspirado no conto, podemos perguntar: quem você quer ser? Um profissional que está apenas exercendo a função que lhe foi designada ou aquele que deseja realmente fazer parte de uma causa maior e contribuir para a sua realização? Com certeza, os indivíduos que se encaixam na segunda categoria terão grandes oportunidades, tanto profissionais quanto de felicidade e satisfação.

Diante disso, experimente ter uma nova visão sobre o trabalho que você realiza. Se você for um corretor de imóveis, por exemplo, em vez de casas, venda sonhos e conquistas para outras pessoas. Essa pequena mudança de pensamento trará diversos benefícios e, inclusive, o ajudará a fechar mais negócios, pois a sua abordagem em relação aos clientes será outra, e não apenas a de um vendedor que deseja receber a sua comissão.

Exerça a gratidão pelo seu trabalho

Em tempos de crise econômica, é bastante comum encontrar profissionais exercendo funções diferentes da sua formação. Se esse é o seu caso, aproveite o momento para se aperfeiçoar e desenvolver novas habilidades. Além disso, saiba ser grato pelo trabalho que você tem, pois, mesmo que não seja o que sempre sonhou, ele poderá proporcionar descobertas, aprendizado e crescimento e ser uma ponte para enfim fazer aquilo que deseja no futuro.

No início, pode ser bastante desafiante sair de um emprego em que tinha um cargo mais alto e um salário maior para trabalhar em uma função considerada menos importante. Entretanto, procure sempre pensar que todas as profissões são relevantes.

Em um hospital, por exemplo, todos, desde os médicos até os responsáveis pela limpeza, são fundamentais para que os pacientes recebam o tratamento adequado e possam se curar. Uma função não é capaz de suprir todas as necessidades do ambiente, e a cooperação é fundamental.

Vale lembrar que ser grato pelo seu trabalho atual é diferente de se acomodar e não buscar o crescimento. O fato de ser agradecido pela oportunidade não impede que você continue buscando evoluir e aperfeiçoar-se para seguir em busca das suas metas. Aliás, a gratidão ajuda você a manter-se motivado para prosseguir.

Assista ao vídeo a seguir e confira a importância do trabalho na nossa vida.

Equilibre a carreira e a vida pessoal

Como você pode ver, o trabalho é realmente muito importante, mas não é tudo. Manter o equilíbrio entre o lado pessoal e profissional é fundamental para levar a vida de forma saudável, plena e feliz. 

Além disso, forçar-se a trabalhar durante mais horas do que a capacidade natural do corpo e da mente pode levá-lo a desenvolver problemas, como ansiedade, síndrome de burnout e estresse. São transtornos que têm um impacto negativo sobre a sua saúde mental e física e também sobre o seu desempenho profissional.

Existem algumas fases da vida de um indivíduo em que o trabalho realmente vai exigir um pouco mais de atenção, como ao abrir um novo negócio ou ao dedicar-se a um projeto especial. Contudo, manter uma rotina organizada e com tempo para descanso é indispensável para ter energia e conseguir conquistar os seus objetivos e sonhos com saúde e equilíbrio.

E você, querida pessoa, como avalia a sua relação com o trabalho? Consegue enxergar um propósito na sua profissão, como no conto dos construtores? Reflita sobre isso e saiba que a transformação pode estar dentro de você — basta que saiba enxergar a sua vida por meio de uma nova visão e que busque encontrar a sua missão neste mundo. Sucesso!

Gostou deste conteúdo? Deixe o seu comentário no espaço a seguir. Além do mais, que tal levar estas informações a todos os seus amigos, colegas de trabalho, familiares e a quem mais possa se beneficiar delas? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais!