Você sabe lidar com a pressão? Como reage em momentos de forte tensão? O certo é que todos nós estamos expostos a esses contratempos, por isso, é muito importante desenvolver nosso controle emocional que, nesses casos, é sempre exigido ao máximo.

Estar sob pressão, ao mesmo tempo, leva o ser humano a testar suas forças mentais e limites emocionais, além de ter estímulos para ser mais criativo e empreendedor. Desse modo, a pessoa pode encontrar soluções efetivas, coesas e rápidas para resolver seus problemas, sejam eles profissionais ou pessoais.

Nesse sentido, podemos afirmar que saber lidar com a pressão do dia a dia é um diferencial competitivo essencial. Esse componente se destaca ainda mais em momentos de crise, quando as empresas precisam que seus colaboradores mostrem todo o seu potencial.

Já no âmbito pessoal, os indivíduos que dominam essa capacidade também conseguem ser mais assertivos na tomada de decisão e mais resolutivos quando enfrentam seus dilemas. Se você também deseja melhorar essa habilidade, veja a seguir minhas poderosas dicas para manter a calma.

Você é uma pessoa feliz? Quer uma ajuda pra descobrir?
Acesse nosso Termômetro! Descubra sobre a sua Felicidade!

10 Dicas para lidar com a pressão do dia a dia

Se você é do tipo de pessoa que diz que não consegue lidar bem com a pressão, em primeiro lugar, pare de repetir essa ideia. Quando nós afirmamos coisas desse tipo a nosso respeito, a mente acaba tomando aquilo como verdade, o que pode comprometer nossa evolução pessoal.

Acredite, não é porque teve experiências ruins sob pressão no passado que nunca poderá se acostumar a esse tipo de situação. Trata-se de uma questão de se sentir preparado, confiar em si mesmo e acreditar que é capaz de conseguir superar esses desafios. Se deseja se preparar para lidar positivamente com a pressão e manter a calma, comece colocando os passos a seguir em prática.

1 – Mantenha a organização

PSC

Para evitar o acúmulo de trabalho e a pressão por atrasos, procure organizar suas demandas, definir a importância e prioridade de cada entrega, levando em conta sempre o grau de dificuldade de cada execução. Isso facilita a administração das tarefas e evita desgastes emocionais, além de facilitar a sua vida quando um imprevisto surgir, trazendo mais segurança.

Imagine que você está com todo o seu trabalho atrasado e, de repente, seu computador estraga. Para piorar a situação, um cliente começa a cobrar a entrega dos trabalhos combinados e uma demanda urgente surge. Agora, se estiver com tudo em dia, até mesmo os imprevistos podem ser resolvidos com mais calma e sem estresse.

2 – Evite acumular funções

Se você já está no limite e ficando cada vez mais sobrecarregado, evite assumir novas responsabilidades. Para isso, converse com seu gestor, exponha a situação e, se preciso, peça ajuda para não atrasar seu trabalho e acumular atividades. A mesma dica serve para a vida pessoal e para aqueles que trabalham por conta própria.

É fundamental que cada indivíduo saiba reconhecer os seus limites para evitar ser o gerador da propria pressão. É preciso saber dizer não, tanto para evitar a sobrecarga quanto para evitar passar uma imagem negativa para supervisores e clientes. Se, mesmo se esforçando e dando o seu melhor, sabe que não conseguirá entregar algo no prazo, seja sincero.

3 – Procure se entender e se conhecer

Que situações deixam você tenso? Quais pessoas lhe pressionam mais? Que problemas lhe tiram do sério? Procure identificar todas as pessoas e situações que lhe fazem sentir pressionado e, a partir daí, busque ferramentas para lidar com cada tipo de situação. Quanto mais conhecimento tiver sobre si mesmo, mais sabedoria terá para tomar decisões com confiança e serenidade.

4 – Saiba separar as coisas

Evite dar ouvidos a boatos e fofocas, tanto dentro como fora do trabalho, e não misture sua realidade com os problemas das outras pessoas. Isso evita que sofra por antecipação por situações que podem nem vir a acontecer. Lembre-se sempre que os acontecimentos são objetivos, somos nós que colocamos emoção sobre eles. Assim, evitará tirar conclusões precipitadas a respeito de algo sem muita importância.

5 – Mantenha o foco nos pontos positivos

Quando estamos sob pressão, é fácil entrar em um modo automático de negatividade e achar que tudo vai mal. Contudo, se pararmos alguns instantes para nos lembrar dos pontos positivos de cada situação, nosso estado de espírito muda completamente.

Experimente fazer o exercício de encontrar pelo menos uma coisa positiva em um fato que é, aparentemente, ruim e veja como isso fará uma grande diferença no seu modo de ver as coisas. Olhar para o lado bom das coisas não é fechar os olhos para a realidade e sim enxergá-la por inteiro.

6 – Adote hábitos saudáveis e se cuide

Consegue imaginar como uma pessoa com fome e que dormiu mal vai reagir a uma situação de pressão? Certamente que muito pior do que qualquer outro indivíduo que esteja bem alimentado e descansado, porque o ser humano costuma reagir negativamente quando é privado de alguma de suas necessidades básicas.

Dessa maneira, para evitar se sentir mal humorado, intensificando o desconforto gerado pela pressão de um prazo curto para entregar um trabalho, por exemplo, adote hábitos saudáveis. Alimente-se bem e evite pular refeições, crie uma rotina do sono e pratique atividades físicas regularmente, todas essas ações irão promover uma mudança fantástica em sua rotina e desempenho.

7 – Permita-se relaxar

Nada de perder seus momentos de lazer com amigos e família falando ou pensando em problemas. Permita descansar sua mente e aliviar as tensões fazendo atividades prazerosas e na companhia das pessoas que você ama. Isso ajuda a recarregar as energias e clarear as ideias, o que fará toda a diferença quando precisar lidar com situações de tensão.

8 – Concentre-se na atividade que precisa realizar

Se o seu chefe lhe pede para realizar uma atividade com um prazo curto, em vez de ficar pensando no tempo, que não dará conta, que será punido se não conseguir e assim por diante, acalme-se e faça o que precisa ser feito. Parece simples dizer isso, mas a verdade é que nós acabamos complicando demais as coisas quando deixamos as emoções tomarem conta.

Se é um relatório que precisa fazer em pouco tempo, pense em maneiras de obter as informações necessárias com mais agilidade. Dedique todo o seu foco para realizar a tarefa da melhor maneira possível, concentrando-se totalmente ao momento presente, então, os pensamentos ansiosos não terão espaço em sua mente.

9 – Confie em si mesmo

Geralmente, pessoas que se sentem perdidas quando estão sob pressão são inseguras e duvidam da própria capacidade de vencer o desafio em questão. Se esse é o seu caso, procure dar mais valor a si mesmo, reconhecer as suas qualidades, relembrar as suas conquistas, desenvolver a autoconfiança. Assim, pouco a pouco, se tornará cada vez mais consciente do seu potencial de alcançar tudo o que deseja.

10 – Entenda que se trata de um processo

Por fim, é importante que compreenda que não será de forma imediata que começará a lidar positivamente com a pressão. Afinal de contas, trata-se de um processo pelo qual irá passar e que a cada dia conseguirá identificar sua evolução. Portanto, não desanime se falhar, prefira aprender com esses erros e usá-los como estímulos para se desenvolver ainda mais.

Como o Coaching ajuda a superar momentos de pressão

Tudo na vida é resultado do modo como pensamos, agimos e reagimos às situações. Nesse sentido, para ajudar a lidar melhor com os momentos de crise e pressão, o processo de Coaching se apresenta como uma ferramenta poderosa e efetiva.

Com suas técnicas e ferramentas, a metodologia, que é voltada para o desenvolvimento humano, ajuda as pessoas a aprimorarem sua inteligência emocional. Desse modo, elas conseguem fazer uma melhor análise das situações, aprendem a responder do modo certo aos acontecimentos e resolver os problemas em vez de reagir intempestivamente.

Além de auxiliar o desenvolvimento de novas competências e habilidades técnicas e emocionais, o Coaching também ajuda o indivíduo a eliminar comportamentos sabotadores e crenças limitantes, o que, na maioria das vezes, é o que impede as pessoas de lidarem melhor com os momentos em que estão sob forte pressão.

Permita-se ir além também! Faça a Formação Professional & Self Coaching, aprenda a controlar suas emoções e potencialize seus resultados.

E você, em uma escala de 0 a 10, o quanto acha que lida bem quando está sob pressão? Deixe seu comentário abaixo e aproveite para compartilhar o artigo em suas redes sociais para levar a informação adiante! 

 

Shutterstock: Por ImageFlow