Embora já tenhamos falado sobre “ir além”, nunca é demais introduzirmos termos que evocam a mesma ideia e que, mesmo assim, trazem novidades.

É assim com o transcender, que, originalmente, também significa “ir além”, elevar-se, ultrapassar uma determinada barreira. Embora seja costumeiramente usado no campo religioso, transcender, como me refiro agora, está relacionado a alcançar um significado mais profundo no mundo, um significado mais basilar, para além da matéria e do apego a ela.

Quando pensamos no ser humano, em sua plenitude, chegamos à conclusão de que somos feitos de partes. A cada etapa da nossa vida somos agregados a partes diferentes, formando diversas versões do nosso próprio “eu”, como em uma escala de evolução.

É necessário que cada parte se encaixe perfeitamente para que possamos evoluir como seres humanos, iluminados, emanando energias positivas, transcendendo nossos limites e imperfeições.

No Coaching com Alma, falamos muito em “transcender a técnica”, essa é uma forma de dizer que nosso Coaching supera os testes e as métricas, pois ele prescinde de uma conexão muito profunda. Esse é um sentido muito palpável para a transcendência, mas ainda é possível alcançar a transcendência de diversas formas e em diversos campos.

Quando decidimos focar nossa luz, nossos valores e nossas forças de caráter, estamos transcendendo a nossa sombra. A mesma coisa acontece quando superamos as crenças que nos impedem de chegar mais longe do que já chegamos.

Quando acreditamos que não somos capazes disso ou daquilo, ou que o que temos já está muito bom e não precisamos de mais nada, nos estagnamos. Esse é o resultado da crença limitante, nossa vida só progride quando transcendemos esses pensamentos. Nós transcendemos quando nos humanizamos, a tal ponto que todo ser humano se torna para nós digno de amor, compaixão e respeito. Amar sem julgamentos e aceitar sem restrições é uma prova de transcendência absoluta.

PSC Renascimento

Transcender, em qualquer um desses casos, significa nos aproximarmos de Deus.

 

Transcender é buscar e viver todos os dias o Reino. Nós transcendemos quando nos humanizamos, a tal ponto que todo ser humano se torna para nós digno de amor, compaixão e respeito. Amar sem julgamentos e aceitar sem restrições é uma prova de transcendência absoluta. Transcender, em qualquer um desses casos, significa nos aproximarmos de Deus. A prosperidade está relacionada aos nossos merecimentos. É preciso que você seja a melhor pessoa que você pode ser para o mundo e que se reconheça como merecedor de todas as dádivas do Universo. Você doa de si quando alguém precisa de você? Você sabe receber dos outros, sem se achar inferior a ponto de que não mereça ganhar ou tão superior, que acha não precisar de nada?

Transcender é, literalmente, chegar a outros níveis. Levar o ser humano para um próximo nível de evolução é a minha missão na Terra. Muitos me chamam de mestre ou guru. Meu mestre é Jesus Cristo, eu sou apenas José Roberto Marques, um cientista do comportamento que usa a ciência para explicar coisas que muitos não compreendem a partir da religiosidade.

Esse é um caminho para o próximo nível evolutivo, é um caminho para a transcendência. Eu já passei milhares de horas com pacientes, coachees, treinandos e clientes… Depois de muita “bunda na cadeira” decidi compartilhar conhecimentos, ensinamentos, sentimentos e energias com grupos e assim tive a possibilidade de atingir muitas pessoas simultaneamente: pela transcendência, pelo pensamento, pela resolução e desenvolvimento de processos como autoconhecimento e autocura.

Fui motivado por centenas de feedbacks de pessoas, que me diziam: “Você mudou completamente minha forma de ver o mundo, me convidou a experienciar uma filosofia e estilo de vida com foco no positivo, dentro de uma metodologia diferente do processo de Coaching, e ainda me provocou a uma autorreflexão e à permissão para viver o Coaching Evolutivo.” Assim Deus me trouxe até aqui, porque de alguma forma podemos compartilhar mais conhecimentos, experiências e vivências. Assim nasceu o Professional & Self Coaching — PSC, o reflexo de minha história compartilhada, vivida, sofrida, transcendida, curada o suficiente! E, honradamente, compartilho com vocês a essência do meu chamado.

Procurar meu Deus constantemente e entender o caminho que me leva até ele. Viver cada dia como se fosse o último, com coragem, fé, crença em mim mesmo, bom humor, entusiasmo e brilho no olhar. Ser renovado pelas minhas próprias vitórias e triunfos pessoais, não importa de que tamanho sejam. Continuamente inventar o futuro a partir de minha visão e minha imaginação. Eu piloto meu avião em vez de ser uma vítima do passado.

Crescer estimulando minha mente com novos aprendizados, ver a vida e meu trabalho como meu grande laboratório, para me manter calmo e tranquilo. Com a ajuda de Deus, aceitar o que não pode ser mudado, ter coragem para mudar o que deve ser mudado e saber distinguir uma coisa da outra. Alcançar profissionalmente uma posição de respeito, reconhecimento e excelência; utilizar essa posição para ajudar os outros e ser um grande mestre, um grande guru para ensinar, aprender e motivar.

Plantar sempre uma semente de visão nos outros, este é meu legado. Viver em equilíbrio com os meus papéis originados da minha missão, visão, valores e princípios; ter profundo equilíbrio em viver, amar, aprender, ensinar e deixar meu legado, criando uma avenida sinergética para cumprir minha missão. Manter o foco e a determinação. Viver cada papel da minha vida em sua dimensão física, espiritual, social e mental.

Entender o sinergismo que há em minhas atividades. Colocar sempre à frente o que é prioritário, a bússola à frente do relógio, as pessoas à frente das agendas, o amor incondicional e o perdão à frente dos sentimentos mesquinhos, a calma à frente da ansiedade. Ter sempre o tempo para a organização pessoal a cada semana, a fim de cultivar uma vida interior rica, para nutrir um lugar tranquilo em mim mesmo.

Ter disciplina, movida pela minha força de vontade e alicerçada pela paixão por minha visão. Ser um discípulo de meus imperativos interiores. Ter sempre o tempo para a organização pessoal a cada semana, a fim de cultivar uma vida interior rica, para nutrir um lugar tranquilo em mim mesmo. Ter disciplina, movida pela minha força de vontade e alicerçada pela paixão por minha visão.

Ser um discípulo de meus imperativos interiores. Manter minha mente e meu corpo saudáveis e fortes, a fim de seguir sempre em frente e agradecer aqueles que me ajudarem no caminho, como ao meu anjo protetor e a Deus, sempre! Sempre ligar aquilo que sei com aquilo que faço, assim minhas ações confirmarão minhas palavras, pela graça de Deus. Que assim seja!

Copyright: 388212244 – https://www.shutterstock.com/pt/g/LRHelms