O objetivo de todo empreendedor é ver a sua empresa faturando sempre e cada vez mais, não é mesmo? Para que isso seja possível, há diversas estratégias. Entre elas, podemos citar a elevação do ticket médio, ou seja, do valor médio que cada cliente gasta na empresa em um determinado período de tempo.

Dessa forma, o ticket médio é um indicador de desempenho importantíssimo para avaliar as finanças e o grau de atratividade da empresa e dos seus produtos. Neste artigo, você vai compreender o que exatamente é esse indicador, como ele deve ser calculado e como é possível aumentar o seu valor. Ficou curioso? Então, siga em frente e saiba mais!

Ticket médio: o que é?

O ticket médio é um indicador de desempenho que consiste no valor médio gasto por cada cliente. Além disso, podemos fazer esse cálculo por produto, por serviço ou por categoria, de acordo com aquilo que a empresa deseja avaliar. O seu cálculo é simples, bastando dividir o faturamento total obtido pela quantidade de vendas efetuadas no período.

O valor isolado do ticket médio pode não dizer muita coisa, mas, quando comparado com uma série histórica, é possível verificar se os clientes estão gastando mais ou menos na empresa e quais são os impactos disso para o seu desempenho. Assim, o ticket médio elevado indica que os clientes estão gastando bastante, o que é ótimo. Contudo, lembre-se sempre de comparar o valor obtido com dados anteriores.

Como calcular o ticket médio?

Para calcular o ticket médio, defina um período específico a ser avaliado. Verifique o faturamento total da empresa nesse período. Depois, identifique quantas vendas foram efetuadas. Divida o faturamento pela quantidade de vendas, e você encontrará o ticket médio. Você pode fazer isso para todos os produtos da empresa ao mesmo tempo, ou para cada produto, individualmente.

É claro que se você comparar o ticket médio de uma loja de eletrodomésticos com o de uma loja de doces, a loja de eletrodomésticos terá um ticket médio mais alto, afinal de contas, a natureza do seu produto é mais cara. Portanto, evite comparar a sua realidade com outras empresas, exceto no caso de concorrentes diretos, ou seja, do mesmo segmento.

Exemplo de cálculo de ticket médio

Imagine que uma loja de eletrodomésticos tenha realizado 8 vendas em um dia. Os valores de cada venda foram: R$ 100, R$ 150, R$ 300, R$ 200, R$ 225, R$ 375, R$ 450 e R$ 500.

PSC

Dessa forma, a empresa teve um faturamento total de R$ 2300 nesse dia. Dividindo esse valor pela quantidade de vendas do período (8), chegamos ao ticket médio de R$ 287,50 nesse período. É claro que o valor varia de um dia para outro e de um mês para outro. Por isso, é importante manter os dados atualizados, construindo uma base histórica que permita avaliar o desempenho da empresa com mais precisão.

Como é possível aumentar o ticket médio?

Um ticket médio elevado significa que os clientes estão gastando bastante em cada compra. Dessa forma, isso significa que os produtos estão atrativos ao público, a ponto de fazê-lo gastar mais dinheiro. Elevar o ticket médio aumenta o lucro da empresa, mas também demanda alguns esforços de marketing e comunicação. Nesse sentido, confira algumas dicas a seguir.

1. Diversifique os seus produtos

Para elevar o ticket médio, você precisa “enriquecer” as compras dos clientes. Por exemplo, se você vende bolos caseiros, já pensou em vender também chocolates, brigadeiros ou beijinhos? Isso certamente tornaria as compras mais atraentes e faria o consumidor gastar um pouquinho mais, não acha? É claro que, para isso, você deverá calcular o Custo de Mercadorias Vendidas (CMV) desses produtos adicionais, de modo a não ter prejuízo. Com planejamento, porém, pode ser uma ótima estratégia!

2. Treine adequadamente os seus vendedores

O ticket médio pode ser aumentado se os vendedores forem bem treinados, capazes de persuadir o cliente a fazer compras mais robustas. Para isso, é necessário que a empresa invista no treinamento desses colaboradores, compartilhando com eles todos os atributos e funções dos produtos, bem como técnicas eficazes de superação de objeções. Para isso, analise os resultados atuais dos seus vendedores, oferece feedbacks construtivos e invista em cursos e treinamentos para esses profissionais.

3. Ofereça um atendimento de qualidade

Toda interação é uma oportunidade de venda, por meio das lojas físicas, dos telefones, das redes sociais, e por aí vai. Dessa forma, certifique-se de oferecer a cada potencial cliente um atendimento de qualidade, sendo simpático, tirando dúvidas e perguntando como a sua empresa pode ajudar aquela pessoa. Dessa forma, você pode levar aquele consumidor a se interessar pelos seus produtos, concretizar a venda e, quem sabe, adquirir outros itens, em complemento.

4. Crie ações promocionais

Se você conhecer bem a realidade financeira da sua empresa, poderá criar ações promocionais que podem elevar o ticket médio, sem prejudicar as contas da organização. Promoções, descontos, brindes e cupons podem ser excelentes alternativas de atrair o consumidor e estimulá-lo a comprar mais do que de costume. Contudo, para que essa estratégia tenha sucesso, certifique-se de que os seus estoques tenham capacidade de dar conta da demanda gerada por essas ações.

5. Invista no relacionamento com os clientes

Estudos já comprovaram que é muito mais fácil e barato fidelizar um cliente antigo do que conquistar um novo. É claro que você deve continuar em busca de novos consumidores, mas não se esqueça jamais daqueles que você já conquistou. Ofereça condições especiais para eles e mantenha um relacionamento duradouro. Dessa forma, você manterá a sua marca forte na mente dessas pessoas, estimulando-as a novas compras para aumentar o seu ticket médio.

O ticket médio, portanto, é um indicador de desempenho bem fácil de calcular, pois mostra o valor médio gasto pelos clientes nas compras efetuadas durante um período determinado. Esse indicador revela o quanto as pessoas estão gastando na sua empresa e o grau de atratividade dos seus produtos. Com as dicas acima, você conseguirá elevar esse indicador e obter resultados financeiros extraordinários!

E você, querida pessoa, já tinha ouvido falar em ticket médio? Compreende agora a sua importância? Deixe o seu comentário no espaço a seguir. Além do mais, que tal levar estas informações a todos os seus amigos, colegas de trabalho, familiares e a quem mais possa se beneficiar delas? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais!