Com a alta competitividade profissional, para muitos, pode parecer um contrassenso falar em companheirismo e confiança no trabalho em equipe. Essa é uma ideia equivocada, afinal, entender que “juntos são mais fortes” é essencial a qualquer grupo de trabalho, para os colaboradores que desejam crescer na empresa e também acelerar os seus resultados na carreira.

Pessoas egoístas no trabalho são aquelas que mais prejudicam a confiança no trabalho em equipe, uma vez que, por quererem toda a atenção para si, não veem nesse método um meio para conquistar os seus resultados. Entretanto, direta ou indiretamente, todos os funcionários trabalham junto com os seus colegas. Como tal, quanto mais cedo o colaborador desenvolver a habilidade de realizar as tarefas em conjunto, mais produtivos serão os colaboradores e também o alcance das metas.

Por isso, independentemente do perfil comportamental do seu colega de trabalho, é importante que você foque em ser o melhor profissional que você pode ser, que desenvolva as suas competências e habilidades (técnicas e comportamentais) e que inclua o trabalho em equipe entre elas. Quer saber como? Continue lendo e confira as nossas dicas poderosas!

7 dicas para estimular a confiança no trabalho em equipe

Confira, na sequência, algumas sugestões práticas para manter a união e a colaboração nos seus grupos de trabalho!

1. Estimule o respeito mútuo

Uma boa maneira de estimular a confiança no trabalho em equipe é também estimulando o respeito mútuo entre os seus profissionais. Isso depende da criação um ambiente em que os seus colaboradores valorizem-se uns aos outros, reconheçam as suas experiências e competências e queiram agregar mais valor uns aos conhecimentos dos outros. Além disso, ética, educação, cordialidade e obediência às regras empresariais são fatores que devem ser estimulados diariamente na equipe.

2. Conscientize os seus profissionais

Em uma equipe, cada profissional tem expertises complementares, que, quando somadas, potencializam ainda mais os resultados da empresa. Portanto, é importante que todos os membros da equipe tenham a consciência de, quando juntos, são mais fortes e de que todos, sem exceção, são muito importantes. Por isso, estimule em todos a visão sistêmica, ou seja, a visão geral da equipe. Certifique-se de que todos compreendam o papel de cada um e como todos dependem uns dos outros para o sucesso.

3. Valorize o trabalho de forma justa

PSC Renascimento

Todo profissional gosta de ser reconhecido e sente-se ainda mais engajado e motivado quando os elogios são verdadeiros e justos. Por isso, valorize o trabalho do grupo e o empenho coletivo em fazer dar certo. Premie o esforço em fomentar os resultados e também reconheça individualmente a dedicação de cada pessoa para o êxito dos projetos e demandas. Mesmo se alguém errar, dê feedbacks completos, ressaltando os pontos de melhoria, mas com muita ética e recomendações práticas.

4. Reconheça as ideias coletivas (cocriação)

Como líder, procure acompanhar sempre de perto o desenvolvimento das atividades e reconhecer as ideias que foram cocriadas (criadas em conjunto) pelos seus colaboradores. Isso vai mostrar a eles o quanto a empresa valoriza a sua integração e que duas, três, quatro, cinco ou mais cabeças pensam muito melhor do que uma — e ainda mais quando criam uma sinergia e um vínculo de confiança no trabalho em equipe. Valorize essas ações coletivas, estimulando sempre a comunicação!

5. Evite comportamentos negativos

Jamais deixe maus comportamentos profissionais impunes. Reprima todo e qualquer hábito negativo na forma com que os seus profissionais se relacionam uns com os outros, na forma de se comunicar, de dar feedbacks e de responder a perguntas, por exemplo. Isso colabora para criar um ambiente de trabalho saudável, sem hostilidade e em que todos podem ter o direito de se manifestar e contribuir com as suas ideias. Discussões acaloradas, desobediência às regras e desrespeito de qualquer tipo devem ser punidos.

6. Empodere a sua equipe

Para ter confiança uns nos outros, antes de tudo, é essencial que os profissionais tenham confiança em si mesmos e estejam conscientes das suas capacidades, habilidades e competências para realizar aquele trabalho. Como líder, esteja sempre pronto para empoderar os seus liderados, mostrar-lhes a importância dos seus conhecimentos e contribuições — e como a soma de tudo isso é o que realmente potencializa os resultados. Seja um motivador dos seus colaboradores e dê a eles o exemplo do que você quer ver!

7. Comemore os sucessos

Nada melhor do que poder comemorar os sucessos que a confiança no trabalho em equipe proporcionou. Por isso, sempre valorize as conquistas do grupo, reconheça os seus profissionais e comemore as metas batidas. Faça isso em todos os objetivos alcançados, projetos finalizados e resultados positivos — obtidos por meio do esforço e da dedicação de cada um!

Isso pode ser feito em uma reunião de apresentação de resultados ou mesmo de forma menos formal, como em um almoço juntos ou em um happy hour. Essas atitudes simples, além de empoderarem a equipe, fortalecem a sua amizade, a sua motivação e o seu desejo de conquistar desafios cada vez maiores.

Conclusão

Viu como não é difícil estimular a confiança no trabalho em equipe? Com medidas simples e constantes, o líder tem a chave para motivar e empoderar os seus liderados e fazê-los trabalhar em equipe — sempre com respeito, companheirismo e confiança mútua. Coloque estas 7 dicas poderosas em prática e boa sorte!

Por fim, uma dica bônus: quer fortalecer ainda mais a confiança no trabalho em equipe na sua empresa? Conheça a formação Leader Coach Training — LCT, desenvolva novas capacidades e habilidades como líder e leve todos os benefícios do coaching de liderança para a sua empresa!

E você, ser de luz, como estimula o companheirismo e a confiança no trabalho em equipe no seu ambiente de trabalho? Como você avalia a sua empresa nesse aspecto? Contribua deixando o seu comentário no espaço a seguir. Além do mais, que tal levar estas informações a todos os seus amigos, colegas de trabalho, familiares e a quem mais possa se beneficiar delas? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais!