A lealdade dos clientes consiste no ato de um consumidor não trocar a marca do produto que ele consome por nenhuma outra. Naturalmente, isso depende da qualidade da experiência que ele teve com a empresa em questão. Esse cenário é extremamente vantajoso para as organizações, afinal de contas, quem é que não quer uma legião de clientes fiéis, que estão sempre comprando de você e defendendo a sua marca para outras pessoas, não é mesmo?

Neste artigo, você vai entender a importância de conquistar a lealdade dos clientes e conferir 7 dicas práticas para obter isso na sua empresa. Quer saber como isso é possível? Então, continue a leitura a seguir e descubra!

Por que a lealdade dos clientes é importante?

A lealdade dos clientes é importante porque significa que as empresas estão proporcionando uma experiência positiva e superior à da concorrência, ao menos sob o olhar daquele consumidor. Nesse caso, a avaliação positiva pode cair sobre o produto, o serviço, o atendimento, ou algum outro diferencial que a organização oferece.

Isso é benéfico para a própria situação financeira da empresa. Diversos estudos têm chegado à conclusão de que conquistar um novo consumidor pode ser de 5 a 7 vezes mais caro do que fidelizar um atual cliente, gerando economias em marketing e comunicação. Além do mais, clientes fiéis às marcas tendem a defendê-las e recomendá-las aos seus conhecidos, fazendo uma publicidade gratuita e espontânea, que pode trazer novos clientes.

Como conquistar essa lealdade?

Já deu para perceber que clientes leais são maravilhosos para qualquer empresa, não é mesmo? Então, confira as 7 dicas que separamos para que isso seja possível!

1. Conheça o seu cliente

Para que um cliente seja leal a você, é preciso oferecer a ele uma experiência de qualidade. No entanto, isso só será possível se você conhecer as pessoas que fazem parte do seu público-alvo a fundo. É descobrindo os desejos e necessidades dessas pessoas que você será capaz de oferecer soluções que efetivamente os resolvam.

Por isso, faça pesquisas de mercado e converse com esses indivíduos. Mais do que as tradicionais segmentações demográficas, procure mergulhar nas crenças, nos medos, nos desejos, nos sonhos e no comportamento dessas pessoas. Quanto mais você conhecer o seu cliente, mais conseguirá satisfazê-lo e fidelizá-lo.

2. Ofereça soluções personalizadas

PSC

Após identificar os desejos e necessidades existentes na sociedade, é preciso utilizar essas informações como ponto de partida para oferecer produtos e serviços que de fato resolvam essas questões. Mais do que isso, não basta ser eficaz, é preciso ser mais eficaz do que os concorrentes.

Entrar no jogo para fazer o que todo mundo já faz não adianta. Portanto, os empreendedores com visão mais moderna sabem que é preciso obter diferenciais para conquistar e fidelizar as pessoas. Isso pode ser feito por características extras dos produtos, serviços adicionais, promoções especiais, novos usos para antigos itens etc.

3. Seja constante na sua comunicação

A comunicação é parte fundamental do processo de fidelização do cliente. Infelizmente, ainda há muitas empresas que acreditam que o relacionamento com o consumidor acaba no momento em que a compra foi efetuada. Isso não é verdade. Ao contrário, é aí que esse relacionamento começa.

Portanto, entre em contato com quem já comprou os seus produtos ou serviços para colher feedbacks. Além disso, continue enviando, desde que com a devida autorização, mensagens por e-mail ou nas próprias redes sociais, mantendo essa relação aquecida. Você pode recomendar produtos, informar lançamentos com exclusividade ou enviar conteúdos que possam interessar esse cliente.

4. Faça pesquisas de satisfação contínuas

Por falar em dar continuidade à comunicação com o consumidor, um dos aspectos mais importantes e necessários nesse sentido é a pesquisa de satisfação. Ela é uma forma de demonstrar atenção ao cliente e de mostrar o quanto a opinião dele é importante. Ela pode ser feita por questionários impressos, questionários online, entrevistas por telefone ou por chat, entre outros canais de comunicação.

Essas pesquisas são importantes para que o consumidor revele tudo aquilo que, na opinião dele, ficou dentro das expectativas, abaixo ou acima delas. Podem ser questionados aspectos como: produto, serviço, atendimento, preço, forma de pagamento, agilidade na entrega, experiência com a marca, sugestões de melhorias, e por aí vai. Esses feedbacks devem ser utilizados para promover melhorias continuamente.

5. Monitore as ações da concorrência

A lealdade dos clientes depende, em parte, da capacidade de a empresa oferecer soluções e experiências superiores à concorrência. A partir do momento em que o consumidor perceber que um cliente tem um produto ou um atendimento melhor, ele não hesitará em trocar de marca, acabando com a sua lealdade.

Dessa forma, além de ficar atento às demandas do próprio consumidor, é preciso também monitorar o desempenho da concorrência. A ideia não é copiar nenhuma das estratégias dos competidores, mas sim conhecê-las para superá-las.

6. Desenvolva e divulgue programas de fidelidade

Entre as estratégias mais efetivas para obter a lealdade dos clientes estão os programas de fidelidade. Esses programas consistem em ações que estimulam o consumo em longo prazo. É o caso de companhias aéreas que oferecem milhas a cada voo ou de cartões de crédito que oferecem pontos a cada uso. Futuramente, esses benefícios concedidos podem ser trocados por novos produtos/serviços.

Há diversas maneiras de promover um programa de fidelidade, variando de acordo com o perfil do consumidor e com o próprio nicho de atuação da empresa. Pesquise as opções existentes e verifique a mais viável e útil no seu caso.

7. Preste o melhor atendimento possível

Por último, mas definitivamente não menos importante, não podemos deixar de citar a relevância de um atendimento de qualidade. Tanto digital quanto presencialmente, é fundamental que a empresa se comunique sempre com clareza, ética, respeito, gentileza e agilidade com o consumidor.

É impossível que uma empresa ganhe a lealdade dos consumidores se houver desrespeito, descaso, falta de educação, desorganização ou lentidão no atendimento. Hoje em dia, as pessoas estão cada vez mais exigentes, e é preciso que as organizações fiquem atentas a isso.

E você, ser de luz, como promove a lealdade dos seus clientes? E o que leva em consideração antes de tornar-se um cliente leal às marcas? Deixe o seu comentário no espaço a seguir. Além do mais, que tal levar estas informações a todos os seus amigos, colegas de trabalho, familiares e a quem mais possa se beneficiar delas? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais!