A cooperação é o processo pelo qual as pessoas de uma equipe se unem e compartilham os seus conhecimentos, habilidades e competências. A ideia é que essa troca fortaleça o time como um todo, mantendo os seus membros unidos rumo ao alcance de um objetivo comum.

Como as empresas apresentam objetivos cujo alcance depende de todos, é fundamental que a cooperação e a colaboração sejam estimuladas, e não a competição e as rivalidades. A questão é: como esse espírito de equipe pode ser desenvolvido? Para descobrir a resposta, confira as 8 dicas a seguir. Boa leitura!

1. Comunique os objetivos da equipe

Em primeiro lugar, cabe ao líder comunicar os objetivos a serem alcançados a todos os colaboradores. Sem que isso aconteça, ninguém saberá o que deve ser feito. Uma equipe sem objetivos é como a tripulação de um navio que não conhece o seu destino: cada um vai trabalhar de um jeito e tomar um rumo diferente, de modo que o navio não sairá do lugar.

Para evitar que isso aconteça, estabeleça metas realistas e relevantes para a sua equipe, comunicando-as a todos e mantendo-os unidos em uma mesma trajetória. Defina essas metas e certifique-se de que todos estejam cientes delas.

2. Distribua as funções estrategicamente

Outro aspecto que precisa ser evidenciado é a ideia de complementaridade: o que um sabe fazer, o outro não sabe, e é assim que uma equipe de sucesso é construída. Portanto, evite formar equipes em que todos têm as mesmas habilidades e conhecimentos. Isso empobrece a estratégia.

Em vez disso, diversifique, contratando pessoas que tenham diferentes conhecimentos, tornando a equipe diversificada e rica em competências. Assim, o líder será capaz de distribuir as funções da equipe de modo estratégico, isto é, colocando em cada atividade a pessoa com mais competência para executá-la.

3. Explique a importância da cooperação

O trabalho em equipe pode ser explicado em uma analogia com uma engrenagem: cada pessoa é uma peça da engrenagem com uma função específica. Essas funções são diferentes e complementares, de modo que, se uma peça falha, ela compromete o desempenho de todo o sistema.

PSC

Utilize essa comparação para evidenciar a importância da cooperação. É essencial que cada um cumpra bem a sua função para que toda a equipe funcione. O trabalho de um influencia e é influenciado pelo trabalho do outro, de modo que cada indivíduo torna-se também um pouco responsável pelos seus colegas.

4. Estimule a ajuda mútua

O princípio básico da cooperação é o de que cada um deve fazer o seu papel para manter a “engrenagem” da equipe funcionando. Todavia, é possível e necessário ir além. Se um colega já deu conta de todas as suas funções, enquanto o outro ainda está atarefado ou com dificuldades, é importante que quem já terminou o trabalho ajude quem ainda está no processo.

A ajuda mútua torna o trabalho em equipe ainda mais eficiente, pois favorece a comunicação e a troca de conhecimentos. Consequentemente, as atividades serão concluídas mais rapidamente e com mais eficácia. Dessa forma, estimule os membros da sua equipe a pedir ajuda e a ajudarem-se uns aos outros.

5. Como líder, dê o exemplo de colaboração

Enquanto líder, você deve ter em mente que a sua conduta servirá de referência para as condutas dos seus liderados. Portanto, se você deseja estimular a cooperação no trabalho em equipe, deverá ser o primeiro a cooperar.

Isso significa que você deverá pedir ajuda aos seus colegas ao tomar uma decisão, oferecer ajuda aos funcionários que estiverem em dificuldade, motivar os membros da sua equipe, ouvir o que as pessoas têm a dizer, comunicar-se continuamente com elas, compartilhar os seus conhecimentos, explicar procedimentos, enfim, ser o funcionário que você gostaria de ter, em termos de cooperação.

6. Compartilhe os seus conhecimentos

Infelizmente, ainda há líderes que acreditam que compartilhar os seus conhecimentos com a equipe significa criar concorrentes. Isso não é verdade. Um líder que compartilha o que sabe torna-se ainda mais respeitado pelos liderados. Além disso, sempre que isso acontece, a equipe inteira fortalece as suas competências, o que lhe permite alcançar resultados extraordinários.

Em complemento, se um líder não tem medo de ensinar aos colegas aquilo que sabe, ele também serve de exemplo para que os outros ajam da mesma forma. Dessa forma, os funcionários todos ensinam e aprendem uns com os outros, tornando cada vez maiores a união e o capital intelectual do time.

7. Ensine o valor da comunicação clara e empática

O processo de colaboração envolve, como você já percebeu, pedir auxílio, oferecer ajuda, delegar funções, explicar objetivos e procedimentos, compartilhar conhecimentos, e por aí vai. O que todos esses processos têm em comum? Em uma palavra: comunicação. Sem comunicação, não existe cooperação em equipe.

Portanto, estimule as pessoas da sua equipe a exercitarem as suas habilidades de comunicação. Isso significa saber falar, saber escrever, enfim, criar mensagens com muita clareza, de modo que não haja margem para interpretações duvidosas. Da mesma maneira, é essencial saber ouvir o que outro tem a dizer, não para respondê-lo, mas para compreendê-lo na essência. Coloque-se no lugar dele e ouça-o com atenção. Muitos problemas surgem nas empresas porque as pessoas não fazem isso.

8. Reconheça os méritos da equipe

Por fim, depois de todos os esforços adotados para haver cooperação no trabalho em equipe, cabe ao líder comunicar aos membros do time os resultados obtidos. Resultados positivos servirão como um reforço motivacional para que a postura colaborativa continue, pois agora há provas de que ela dá resultado.

Se, por acaso, os resultados ainda estiverem abaixo do esperado, o líder deverá manter a motivação de todos, continuando a defender a importância da colaboração para que melhores desempenhos sejam alcançados, sem perder o ânimo.

A cooperação no trabalho em equipe depende essencialmente de que todos tomem consciência dos benefícios dessa prática. A partir de então, será possível lapidar os pilares da cooperação: a troca de conhecimentos, a empatia, a clareza de comunicação, a ajuda mútua e os esforços conjuntos para o alcance dos objetivos. Coloque as dicas acima em prática e veja a cooperação florescer no seu time!

E você, querida pessoa, consegue enxergar a cooperação no seu ambiente de trabalho? Quais são os pontos positivos da sua equipe nesse aspecto? Quais são os pontos em que ainda é preciso melhorar? Contribua deixando o seu comentário no espaço a seguir. Além do mais, que tal levar estas informações a todos os seus amigos, colegas de trabalho, familiares e a quem mais possa se beneficiar delas? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais!