O conceito de espiritualidade abrange propósito de vida e crença (principalmente em si mesmo) e pode ser estimado como uma das mais humanistas e sublimes forças de caráter. Humanismo, em seu sentido amplo, quer dizer valorização do ser humano e da condição humana acima de todas as coisas — relaciona-se com a generosidade, compaixão e preocupação em dar valor aos atributos e realizações humanas.

A espiritualidade é definida como o empossamento de crenças coerentes a respeito da acepção do universo e do seu lugar nele, bem como na crença em um propósito maior. Ela não precisa estar ligada à religião, pois religião diz respeito a práticas ligadas a uma doutrina específica, e a espiritualidade está vinculada à expansão do nosso ser por meio do conhecimento da essência do universo, por meio da religiosidade ou não.

Neste artigo, vamos entender melhor esse conceito e como podemos desenvolvê-lo. Siga em frente e tenha uma ótima leitura!

O conceito de espiritualidade

Em outras palavras, a espiritualidade é a característica ou qualidade daquilo que é espiritual. Trata-se de uma predisposição humana de procurar acepção para a vida por meio de conceitos que transcendem aquilo que é tocável, em busca de um sentido de conexão com algo maior que si próprio.

Um indivíduo espiritualizado e amparado na sua fé tem uma consciência bastante maior de si mesmo, do mundo, dos seus pontos fortes e limitações e das experiências que preenchem a história de vida de cada ser humano.

Esse indivíduo busca exercitar, dia após dia, as suas crenças e os seus valores morais e éticos, tornando-os presentes em cada pensamento, comportamento e ação. Procura também aplicá-los na efetivação de relacionamentos positivos.

PSC Renascimento

A espiritualidade é a crença de que existe um ser transcendente e de que a vida continua em outros planos, além deste aqui na Terra. É a convicção de que existem forças e energias que não somos capazes de ver, mas que podem influenciar diretamente as nossas vidas. É um elemento que nos direciona e que é de extrema importância na definição do propósito de vida e na construção do legado que um indivíduo quer deixar.

Características de uma pessoa espiritualizada

Nem toda pessoa espiritualizada apresenta as características a seguir, assim como nem todos os que apresentam essas características é necessariamente espiritualizado. Contudo, parece existir uma afinidade grande entre os dois grupos quando apresentam os traços a seguir.

  • Têm uma percepção diferente e holística da realidade que está à sua volta;
  • Apresentam facilidade de compreender e aceitar as diferenças;
  • Desenvolvem a consciência da relevância de viver processos internos como forma de evolução da sua fé e espiritualidade;
  • A sua espiritualidade confere às suas vidas a sensação de segurança, autoconhecimento, filiação, pertencimento, liberdade e identificação;
  • A maneira como vivem a sua fé inspira e motiva as pessoas ao seu redor;
  • A sua religiosidade influencia diretamente os seus comportamentos e a maneira como definem os seus objetivos e metas e direcionam as suas ações em todos os setores da vida;
  • Sentem grande identificação com a natureza e, por isso, apreciam o ato de cuidar e contemplá-la;
  • Procuram exercitar diariamente a sua fé e fazê-la presente em cada pensamento, comportamento e ação, além de aplicá-la na construção de relacionamentos positivos.

Espiritualidade e saúde

Na atualidade, a espiritualidade está sendo muito estudada quando o assunto são as suas relações com a saúde humana. A OMS (Organi­zação Mundial da Saúde) tem embasado as investigações acerca da espiritualidade enquanto parte do conceito multidimensional de saúde. Em outras palavras, atualmente, o bem-estar espiritual está sendo julgado como mais uma perspectiva do estado de saúde, juntamente das questões corporais, sociais e psíquicas.

Pelo fato de a espiritualidade ser diretamente ligada às crenças e convicções pessoais e à formação cultural e religiosa de cada indivíduo, a negação dessa diversidade pode levar a excessos, a comportamentos extremados justificados pela fé e, em casos mais drásticos, a guerras.

Essa posição extremista em relação à forma com que outras pessoas, grupos étnicos ou mesmo nações praticam a sua espiritualidade revela que, muitas vezes, mesmo uma pessoa espiritualizada pode estar mais focada em impor a sua crença ao outro do que em entender o que há de positivo e semelhante naquilo que a religião do outro prega. O Coaching é totalmente avesso a essa vertente da espiritualidade, defendendo-a como um elemento de união e paz.

Mesmo os ateus podem ser pessoas extremamente espiritualizadas, mesmo que eles deem outro nome para essa característica.

7 passos para despertar a sua vida espiritual

Se você deseja ser uma pessoa mais espiritualizada, de forma saudável e equilibrada, há alguns meios para desenvolver essa característica. Confira!

1. Meditação

Existem diferentes tipos de meditação, mas o que todas elas têm em comum é fazer com que a pessoa se concentre em um foco único, que pode ser a natureza, o seu próprio corpo e até mesmo a sua respiração. São técnicas que nos “desligam” momentaneamente do mundo físico e das preocupações cotidianas, de modo a encontrarmos mais harmonia, tranquilidade e bem-estar.

2. Autoconhecimento

A espiritualidade geralmente é despertada de profundas questões, como: “Quem eu sou?”, “De onde vim?”, “O que me faz verdadeiramente feliz?”. A reflexão diária sobre quem você é, quais são os traços da sua personalidade e qual é o seu lugar no mundo proporcionará a você uma busca por uma vida com propósito. Conhecer a si mesmo e o que o faz feliz é um caminho espiritual para compreender melhor a sua existência.

3. Gestão do tempo

A espiritualidade consiste em uma busca por um caminho de mais equilíbrio. A plenitude deve fazer parte de todas as áreas da sua vida: família, trabalho, amigos, saúde, amor etc. Por isso, é importante distribuir o seu tempo sobre todas essas áreas, sem se descuidar de nenhuma delas. Há tempo de trabalhar e tempo de descansar. Respeite.

4. Desapego

A espiritualidade é facilitada quando nos desapegamos dos bens materiais. É preciso lutar por uma vida confortável, mas não depositar a sua felicidade em roupas, carros e viagens, já que são itens transitórios. A felicidade está na qualidade dos seus relacionamentos e nas experiências que você vivencia.

5. Saúde física & mental

Já diz o ditado: “Mente sã, corpo são”. Ainda como parte de uma vida equilibrada, cuidar da saúde física também é uma forma de conectar-se com a espiritualidade. Evitar os exageros na alimentação, praticar exercícios físicos, ter contato com a natureza e cuidar também da saúde mental são meios de encontrar equilíbrio e harmonia.

6. Gratidão

Reflita sobre aquela velha pergunta: “Se você só tivesse à sua disposição as coisas pelas quais já agradeceu hoje, o que você teria?”. É preciso agradecer diariamente pela sua saúde, trabalho, família, amigos, casa, carro, comida, roupa, pelo ar que respira, por mais um dia de vida, por mais uma oportunidade de ser feliz.

Manifestar gratidão diariamente ameniza os sentimentos negativos, melhora a nossa saúde emocional e ainda comunica o universo de que estamos prontos para receber mais e mais graças.

7. Aprendizado constante

As religiões, a ciência, as conversas construtivas e até mesmo os acontecimentos das nossas vidas: todos eles são fontes de conhecimento. A vida nos dá sinais de como agir e do que precisamos fazer, desde que fiquemos atentos. A intuição nada mais é do que um estímulo às ações que fazem as pessoas crescerem espiritualmente. Ouça-a!

Com esses 7 passos, você conseguirá, diariamente, desenvolver mais a sua espiritualidade e usufruir dos seus benefícios em todas as áreas da sua vida!

E você, ser de luz, o que pensa sobre o conceito de espiritualidade? Ele se manifesta na sua vida? Como? Deixe o seu comentário no espaço a seguir. Além do mais, que tal levar estas informações a todos os seus amigos, colegas de trabalho, familiares e a quem mais possa se beneficiar delas? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais!