Jesus Cristo é a figura central do Cristianismo e até mesmo é aceito como uma personalidade relevante e positiva por outras tradições religiosas. Há também quem não tenha religião alguma, mas que acredite que, historicamente, um homem chamado Jesus pisou a face da Terra e revolucionou boa parte dos pensamentos da humanidade com as suas lições sobre o amor e o perdão.

Jesus procurava ensinar os seus discípulos por meio de histórias, ou parábolas. Uma das mais famosas delas é a “Parábola do Semeador”, que resumidamente afirmava que as sementes que caem em terreno pedregoso se perdem, mas as que caem em terra boa crescem e se multiplicam, gerando uma valiosa colheita.

Segundo a própria interpretação oferecida por Jesus, as sementes são uma metáfora para as palavras e para o conhecimento. Quando encontramos um bom terreno para disseminar boas palavras e conhecimentos, eles se multiplicam e transformam a vida de todos para melhor. Já quando não sabemos bem onde aplicar os nossos conhecimentos, eles perdem a sua serventia.

Por isso, podemos dizer que Jesus Cristo é o maior semeador do mundo. Ele foi capaz de, em sua curta vida, revolucionar a visão de mundo de muita gente, semeando a paz, o amor, a justiça, o perdão e a humildade. A seguir, você vai conferir os principais ensinamentos, ou seja, as principais “sementes” que o Cristo enraizou no mundo até os dias de hoje. Confira!

“Amai-vos uns aos outros como eu vos tenho amado”: o amor

Este é o maior mandamento do Cristianismo e a maior lição que Jesus nos deixou. Não há semente mais valiosa do que o amor. Ele é a base para que todos os demais ensinamentos de Jesus ganhem vida. Onde ele falta, falta tudo.

Amar o próximo não significa concordar com tudo o que ele diz ou faz, nem mesmo deixar de amar a si mesmo. Trata-se apenas de compreender que nós não estamos sozinhos no mundo. Por isso, precisamos tratar o outro com consideração e respeito, afinal de contas, compartilhamos com ele o mesmo espaço. Devemos vê-lo como um irmão, e não como um inimigo, de modo que tenhamos mais harmonia no convívio.

“Quem não tiver pecado que atire a primeira pedra”: o perdão

Jesus diz essas palavras em uma passagem bastante conhecida. No contexto, uma mulher pega em adultério na cidade foi condenada ao apedrejamento, segundo a lei da localidade. No entanto, quando as pessoas perguntaram a Jesus se deveriam de fato fazê-lo, ele negou, perdoou a mulher e dispersou a multidão.

PSC

Com essa frase, Jesus evidencia o quanto a hipocrisia humana pode ser forte e cruel: ela nos leva a enxergar os erros dos outros a condená-los sem perdão, enquanto ignoramos as nossas próprias falhas. Portanto, perdoe os seus desafetos, pois você também erra. Não julgue!

“Quem quiser ser líder deve ser primeiro servo”: a humildade

Jesus também abordava um tema bastante comum no seu tempo e que continua muito forte na atualidade: o desejo de poder. No entanto, ele afirmava que antes de ser líder, devemos ser servos. Aliás, mesmo sendo ele o líder do seu grupo, Jesus lavava os pés dos seus discípulos, em sinal de humildade.

Com esse ensinamento, ele nos convida a refletir que, não importa o cargo ou posição que você ocupe, todos são iguais aos olhos de Deus. Todos nós temos os nossos valores e fraquezas, de modo que não nos cabe querer viver em estado de superioridade em relação ao próximo. Todos nós temos algo a aprender e a ensinar uns aos outros.

“Tudo quanto quereis que os outros vos façam, fazei-o vós também a eles”: a empatia

Sim, a famosa empatia, palavrinha que aparece com muita frequência aqui no blog, já era semeada nos tempos de Jesus. Resumidamente, ele nos ensinou que devemos fazer aos outros aquilo que gostaríamos que fizessem conosco, bem como não fazer aos outros aquilo que não gostaríamos que fizessem conosco.

Isso se traduz em altruísmo, reciprocidade e empatia, ou seja, na capacidade de colocar-se no lugar das demais pessoas, considerando a sua posição, os seus sentimentos, os seus pensamentos e as suas atitudes. Isso tende a nos tornar mais compreensivos, amorosos e prestativos. Além disso, esse gesto nos leva a aceitar melhor as diferenças e a abandonar o ímpeto de julgar o que é diferente como sendo errado ou inferior.

“Buscai primeiro o Reino de Deus e a sua justiça, e as demais coisas vos serão acrescentadas”: a justiça e o combate ao materialismo

No contexto deste ensinamento, Jesus afirmava que nós não devemos nos preocupar quanto ao que teremos para comer, para beber, para vestir, enfim, preocupações mundanas. Segundo ele, o importante é buscar a justiça, viver os ensinamentos na prática e, dessa forma, todas essas coisas, que Deus bem sabe de que nós precisamos, serão acrescentadas.

Em outras palavras, o ensinamento é para que façamos a nossa parte nos estudos, nos trabalhos, na administração dos nossos recursos, mas sem “acumular tesouros”. Não precisamos ser tão ansiosos ou temerosos em relação ao dia de amanhã. Deus proverá aquilo de que necessitamos, desde que coloquemos em prática aquilo que foi ensinado.

“Se tiverdes fé do tamanho de um grão de mostarda, movereis montanhas”: a fé

O grão de mostarda é uma semente muito pequena, mas, segundo Jesus, se a nossa fé for deste tamanho, já seria o suficiente para alcançarmos grandes vitórias. Em outras palavras, aqui, Jesus nos convida a ter mais fé em Deus, na vida, no universo e em nós mesmos.

Se as pessoas acreditassem, um pouquinho que fosse, nas suas próprias capacidades e na beleza da vida, certamente seriam muito mais capazes de conquistar a vida que tanto desejam, sem tantos pensamentos negativos. É importante agir, adquirir conhecimento e acreditar que você é capaz. Faça a sua parte e permita-se vivenciar novas experiências. Você pode se surpreender positivamente!

“No mundo, tereis aflições, mas tenham ânimo. Eu venci o mundo!”: a coragem

Por fim, fica uma mensagem positiva. Jesus Cristo jamais afirmou que a vida é fácil. Ele mesmo provou dos sofrimentos mundanos, sendo perseguido, questionado, difamado, traído, denunciado, preso, agredido, crucificado e morto por mãos humanas. Todavia, a sua palavra, ou seja, as suas sementes transformaram o coração das pessoas, a ponto de despertar indivíduos melhores, geração após geração.

Por isso, ele afirma essa frase com realismo, admitindo que o mundo é um lugar de provações e sofrimento, mas também com uma mensagem de coragem, pois é possível superar essas adversidades e encontrar a felicidade, desde que todos os valores já citados neste artigo sejam colocados em prática!

Apenas neste artigo, você conferiu 7 sementes plantadas por Jesus no coração das pessoas: o amor, o perdão, a humildade, a empatia, a justiça, a fé e a coragem. São valores que até hoje precisam nortear as nossas atitudes nas diferentes áreas das nossas vidas. Sendo assim, seja você mesmo um terreno fértil para que essas sementes cresçam e se multipliquem. Seja a prova viva de que Jesus Cristo é o maior semeador do mundo.

E você, querida pessoa, conhece mais alguma frase ou “semente” poderosa plantada por Jesus Cristo? Deixe o seu comentário no espaço a seguir. Além do mais, que tal levar estas informações a todos os seus amigos, colegas de trabalho, familiares e a quem mais possa se beneficiar delas? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais!