O estilo de vida contemporâneo é marcado por muitas atividades a serem realizadas. É quase como se 24 horas num dia fossem insuficientes. Esse excesso de tarefas e preocupações, sejam elas pessoais ou profissionais, provoca o aparecimento de problemas como: ansiedade, estresse, depressão e dificuldade de concentração.

Infelizmente, cada vez mais pessoas têm passado por problemas do tipo. Por conta disso, a meditação tem se fortalecido como importante auxílio para prevenir ou amenizar os desagradáveis efeitos de uma rotina estressante. Ela pode ser praticada em basicamente qualquer lugar, inclusive no ambiente de trabalho.

Para saber mais sobre como meditar no ambiente de trabalho e quais são os benefícios de fazê-lo, continue lendo este artigo.

Problemas no ambiente de trabalho

Passamos aproximadamente um terço do dia em nosso ambiente de trabalho. Além disso, é comum nos preocuparmos com as questões profissionais mesmo quando estamos em casa. O trabalho nos consome boa parte de nosso tempo e de nossa energia, de modo que é preciso estabelecer com ele uma relação saudável.

Contudo, isso nem sempre acontece. A realidade de muita gente em relação a suas vidas profissionais é uma profunda desmotivação. Levantar para ir ao trabalho é um sacrifício. Muitos profissionais passam o dia esperando pela hora de ir embora, a semana esperando pela sexta-feira, e os meses esperando pelas férias.

Esse cenário é bastante comum nos ambientes de trabalho negativos, especialmente naqueles em que as empresas não se importam com a qualidade de vida de seus funcionários. Isso leva a uma profunda redução de produtividade, faltas, demissões e alta rotatividade de profissionais, sem qualquer tipo de retenção de talentos.

PSC Renascimento

O que é ruim para a empresa pode ser ainda pior para o funcionário. Desmotivado, ele não vê sentido em sua vida profissional, tem problemas de relacionamento com chefias e colegas, chega atrasado e falta – sinais de que algo não vai bem. Ele pode estar estressado, ansioso, deprimido ou até mesmo sofrendo da síndrome de burnout (um esgotamento físico e mental intimamente ligado à vida profissional).

Meditação é a solução

O cenário acima pode parecer devastador, mas, infelizmente, é a realidade de muitos trabalhadores no Brasil e no mundo. Por esse motivo, a meditação no ambiente de trabalho tem ganhado importância nos últimos anos por conta dos benefícios que pode oferecer aos trabalhadores.

Meditar significar concentrar sua atenção sobre si mesmo, apenas observando seus pensamentos e sentimentos, sem apegar-se e sem julgá-los. É um processo de contemplação interna, deixando as preocupações externas de lado durante a prática. Esse processo promove maior clareza de ideias, relaxamento, concentração e tranquilidade.

Existem inúmeras técnicas de meditação, muitas das quais se originaram há milhares de anos no oriente e, posteriormente, se popularizaram também no ocidente. Por conta dos benefícios à saúde física e mental, cada vez mais pessoas têm aderido à meditação, inclusive no ambiente de trabalho.

Como meditar no ambiente de trabalho?

Para consertar ou para evitar que os problemas acima descritos ocorram no ambiente profissional, algumas empresas têm adotado a prática da meditação em seus escritórios. É o caso de gigantes muito bem-sucedidas que dispensam apresentações, como o Google, o Facebook e a Apple.

Mas afinal, como meditar no ambiente de trabalho?

1. Escolha a modalidade

Existem diferentes tipos de meditação. No ambiente de trabalho, costumam ser aplicadas as meditações mais curtas, em que algum instrutor orienta os funcionários da empresa sobre como proceder.

Isso acontece nas meditações presenciais. No entanto, há até mesmo a possibilidade de realizar as meditações remotamente, como é o caso dos profissionais que trabalham em casa. Nessas circunstâncias, o time se reúne por videoconferência em alguma plataforma online e, por meio dela, acompanha as orientações. Verifique qual das duas modalidades é mais prática no seu caso.

2. Prepare o ambiente

Para que a meditação seja uma atividade bacana e proveitosa, é interessante definir dias da semana e horários específicos para a sua realização, de modo que todos consigam se organizar.

A hora da meditação é especifica para conectar-se com o mundo interior e esquecer-se do exterior. Não é hora de checar emails nem atender telefonemas. Por isso, no caso das meditações presenciais, é interessante que as empresas disponibilizem uma sala específica para a meditação.

No caso das meditações online, fica mais fácil, já que cada colaborador já está no conforto de sua casa. No entanto, é preciso que ele também encontre um lugar calmo e tranquilo, onde não sofrerá interrupções durante a prática.

3. Siga as instruções

A meditação no ambiente de trabalho pode acontecer com a supervisão de um instrutor especializado em meditação, ou também por meio da boa e velha meditação guiada – em que os praticantes devem apenas ouvir o áudio e seguir as instruções.

Em geral, as práticas meditativas consistem em visualizar cenários, concentrar-se em sua própria respiração ou focar a atenção por todas as partes do corpo, como se faz na meditação mindfulness. A ideia é trazer a atenção dos funcionários para o momento presente, deixando as preocupações de lado para conseguir relaxar e concentrar-se.

Quais são os benefícios da meditação no ambiente de trabalho?

A meditação no ambiente de trabalho pode ser praticada no início do dia, para que todos tenham mais foco e concentração, ou no fim do expediente, para que todos relaxem e amenizem os efeitos do estresse do dia. A seguir, você confere os 4 principais benefícios:

1. Integração e bons relacionamentos

A atividade de meditar em grupo promove descontração e integração. Os profissionais saem momentaneamente de suas atividades rotineiras para fazer algo mais relaxante, desconectando-se um pouco de suas rotinas profissionais.

Com menos estresse e sentindo-se pertencentes a um grupo, os profissionais integram-se mais e convivem melhor uns com os outros.

2. Redução nas faltas

Existem estudos que indicam que a prática de atividades que integram os profissionais de uma empresa tende a reduzir as faltas. Isso acontece porque esses profissionais encontram maior motivação para ir ao local de trabalho, sabendo que encontrarão colegas e amigos num clima mais agradável.

É o caso não apenas da meditação, mas também de outras práticas, como a ginástica laboral e até mesmo as confraternizações menos formais.

3. Concentração e produtividade

Você sabia que muitos CEOs de grandes empresas nacionais e internacionais fazem da meditação um hábito diário? Segundo eles, a prática lhes oferece maior capacidade de concentração, foco e clareza de pensamento para tomar decisões estratégicas.

Naturalmente, isso é essencial na vida de qualquer profissional, seja ele um CEO ou não. Todos precisam de foco e concentração para conduzir suas tarefas com eficácia e dentro dos prazos corretos. Como a meditação ajuda a pessoa a focar na atividade e a evitar as distrações, a produtividade de cada um (e consequentemente da empresa) é beneficiada.

4. Equilíbrio emocional

Por último, mas definitivamente não menos importante, é importante ressaltar que a meditação confere a cada profissional mais equilíbrio emocional. O dia a dia de quase todos é marcado por momentos de estresse e ansiedade. A meditação ajuda as pessoas a obterem mais relaxamento e tranquilidade, mantendo a serenidade nos momentos de adversidade.

Isso evita que conflitos e discussões aconteçam, mantendo o ambiente de trabalho mais harmônico e agradável para trabalhar e conviver. Ansiedade, depressão, estresse e a síndrome de burnout, por exemplo, são problemas que tendem a ser amenizados ou prevenidos.

Conclusão

Muitos problemas de ordem emocional estão intimamente ligados ao dia a dia profissional. Por isso, a prática meditativa ajuda as pessoas a obterem mais concentração, foco, produtividade, bons relacionamentos interpessoais e inteligência emocional para resolver conflitos da melhor maneira possível.

A prática da meditação no ambiente de trabalho ajuda a construir um ambiente de mais paz, harmonia e resiliência.

Se você gostou das dicas acima, deixe seus comentários e não se esqueça de compartilhar este artigo com outras pessoas que também possam se beneficiar deste conteúdo.