No mundo do cinema, um spin-off é um filme que deriva de outro, geralmente porque um personagem se destacou no filme original e ganhou o seu próprio longa-metragem. Todavia, também podemos falar em spin-off no mundo dos negócios. Mas de que se trata esse conceito nesse contexto?

Neste artigo, você vai conhecer o conceito de empresa spin-off, além de entender quando esse tipo de organização deve ser criado, quais são os seus benefícios e como essa empresa deve ser desenvolvida. Preparado? Então, continue a leitura a seguir e saiba tudo sobre o tema!

Empresa spin-off: o que é?

Spin-off, ou derivagem, em português, é um processo em que uma empresa é construída derivada de outra empresa, conhecida como empresa-mãe. Por exemplo: imagine que uma loja de roupas e calçados começa a ter resultados muito expressivos na venda de sapatos. Nesse caso, vale a pena desmembrar essa seção e construir uma empresa spin-off, ou seja, que deriva da empresa-mãe, focada na venda desse produto que se destacou.

Não se trata de uma franquia, mas sim de um nicho de produto da empresa principal que começou a obter tanto destaque que merece ganhar uma empresa própria, aproveitando o know-how e a estrutura já existentes na empresa-mãe.

Quando criar esse tipo de empresa?

Geralmente, a criação de empresas spin-off acontece quando um determinado produto ou segmento começa a ganhar muito destaque (vendas, procura etc.), ofuscando os demais itens do escopo e demandando muitas equipes profissionais se dedicando exclusivamente a ele.

Nesse caso, os empreendedores concluem que não há mais espaço, dentro da empresa-mãe, para aproveitar todo o potencial daquele produto. Para não perder a oportunidade de um negócio promissor, é construída uma empresa spin-off, cuidando especificamente daquele segmento, carregando os conhecimentos já existentes na empresa-mãe. É um meio de promover crescimento e inovação.

Quais são os benefícios da derivagem?

PSC Renascimento

Confira, na sequência, as principais vantagens que a derivagem de empresas-mãe em empresas spin-off promove.

  • Foco: essa é talvez a principal vantagem da empresa spin-off. Enquanto a empresa-mãe continua focando no core business e nos demais negócios, a empresa derivada consegue se dedicar completamente ao desenvolvimento do novo negócio;
  • Capacidade competitiva: em consequência do item anterior, um trabalho feito com mais dedicação ao novo produto/serviço certamente fortalecerá a competitividade da empresa. Isso permite, inclusive, uma dedicação maior a um público mais segmentado e até mesmo o alcance de novos públicos;
  • Especialização: uma das maiores vantagens da derivagem é que a empresa spin-off não começa “do zero”. Ela já carrega consigo os conhecimentos e experiências da empresa-mãe. Contudo, também podem ser contratados novos profissionais que sejam mais especializados na área do novo negócio;
  • Autonomia: por fim, por mais que a empresa spin-off seja uma derivação da empresa-mãe, é importante ressaltar que ela se torna uma unidade autônoma, que pode inovar e crescer, sem afetar os resultados do negócio principal. É como um filho, ao qual devemos dar liberdade para trilhar o próprio caminho.

Como construir uma organização spin-off?

Agora que você já sabe o que é uma organização spin-off e qual é a sua importância, descubra como ela deve ser construída.

1. Selecione o produto/serviço

Conforme citamos, as empresas spin-off contemplam certa autonomia em relação às empresas das quais derivaram. Isso lhes permite mergulhar em segmentos de mercado mais específicos e diferentes do projeto inicial. Por isso, a empresa spin-off pode ter a sua origem associada a um produto ou serviço que obtinha muito destaque, mas também pode incluir a diversificação, partindo para nichos que antes não eram abrangidos. Assim, selecione os produtos ou serviços com os quais deseja trabalhar.

2. Analise o segmento de mercado

Ao estabelecer o seu produto e/ou serviço, faça pesquisas para compreender o estado atual do nicho selecionado e também para conhecer o perfil do seu público-alvo. Estabeleça o Produto Mínimo Viável (MVP) e analise com precisão a viabilidade do seu negócio. Faça uma pesquisa completa acerca dos principais concorrentes e identifique quais são as possibilidades para que a sua empresa obtenha destaque, explorando aquilo que os concorrentes ainda não oferecem. Diferencie-se!

3. Gerencie os projetos

Um negócio de sucesso precisa de gerenciamento. Mesmo que uma empresa spin-off geralmente seja focada em um produto ou serviço específico, continua sendo importantíssimo o planejamento estratégico. Por isso, procure sempre definir metas e objetivos realistas, estimulantes, relevantes e específicos. Além disso, organize as suas atividades, definindo como elas poderão auxiliá-lo no alcance das metas. Faça um cronograma de ações, defina um orçamento para cada uma delas e trabalhe o seu marketing.

4. Contrate profissionais competentes

Por fim, por mais que alguns profissionais possam ter vindo da empresa-mãe, o crescimento da empresa spin-off certamente demandará a contratação de novos colaboradores. Diante disso, seja seletivo, analisando as formações, competências e experiências dos candidatos. Assim, você poderá construir equipes de marketing, vendas e finanças altamente qualificadas.

Qual é a diferença entre spin-off e startup?

Algumas pessoas confundem os dois termos, mas há diferenças entre eles. Uma startup é uma empresa jovem, com operações enxutas e que encontra um meio de alcançar escalabilidade com o uso da tecnologia. Assim, ela alcança resultados expressivos em pouco tempo. Ela nasce de empreendedores criativos e inovadores, que criam um negócio repetível.

A spin-off, por sua vez, é uma empresa que obrigatoriamente surge derivada de uma empresa-mãe, geralmente porque um dos seus produtos ou serviços ganhou um destaque expressivo, demandando um negócio só para si. Também pode ser uma ideia inovadora. Aliás, uma empresa pode ser a spin-off de uma startup, mas são conceitos distintos.

Como você pode notar, uma empresa spin-off é um desdobramento de uma empresa principal, focando em um dos seus produtos e serviços. Ela deve ser construída com muito planejamento estratégico, tendo como benefícios o foco, a experiência prévia, a autonomia e uma competitividade elevada.

E você, querida pessoa, conhece algum exemplo de sucesso de empresa spin-off? O que pensa sobre essa estratégia? Deixe o seu comentário no espaço a seguir. Além do mais, que tal levar estas informações a todos os seus amigos, colegas de trabalho, familiares e a quem mais possa se beneficiar delas? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais!