Ao entrar no website de uma empresa, você facilmente encontrará um campo chamado “identidade institucional”, ou algo semelhante. Ali, podemos encontrar a missão, a visão e os valores da empresa, que são os itens que definem o porquê de aquela organização existir.

Mas você já se perguntou qual é a sua missão, ou seja, qual é o seu propósito de vida? Definir essa questão é muito importante para encontrar uma vida de mais felicidade e de significados mais profundos. Neste artigo, vamos compreender esse processo e como podemos descobrir o nosso propósito. Continue a leitura e descubra!

O que é um propósito de vida e qual é a sua importância?

Se você conversar com um médico verdadeiramente apaixonado pela profissão, não é difícil compreender o significado de “propósito de vida”. Ele provavelmente vai dizer que ama o que faz porque sempre dedicou a vida ao estudo do corpo humano e porque gosta de aplicar os conhecimentos adquiridos para curar as doenças e restabelecer a saúde plena das pessoas, permitindo que vivam com mais qualidade.

No entanto, você não precisa ser um médico para encontrar o seu propósito de vida. Basta que você compreenda em profundidade o significado das suas ações, as suas paixões e a forma como tem ocupado o seu tempo para fazer do mundo um lugar melhor — dentro das suas possibilidades, é claro!

Dessa forma, podemos encontrar um propósito de vida de diferentes maneiras: no exercício de uma profissão, nos cuidados com a família, no resgate de animais, na propagação do conhecimento, na educação, nos projetos sociais, no empreendedorismo, no esporte, nas artes, na cultura, enfim, naquilo que faz sentido para você.

Um propósito de vida é a união daquilo que fazemos bem (conhecimentos e habilidades), daquilo que amamos fazer e daquilo que é útil para a sociedade, de alguma maneira.

Como encontrar o meu propósito?

Agora que você já sabe o que é um propósito de vida e qual é a sua importância, que tal descobrir como encontrar o seu? Para isso, é só conferir as 7 dicas a seguir!

1. Desenvolva o autoconhecimento

PSC

O propósito de vida é algo extremamente subjetivo. Por isso, você só vai encontrá-lo verdadeiramente se conhecer bem quem você é. Esse processo envolve conhecer as suas forças e fraquezas, as coisas de que você gosta e de que não gosta, bem como as atividades que fazem sentido para você. Para isso, é importante refletir sobre essas questões, desde a sua infância até os dias atuais. Um propósito de vida é a sua descoberta do sentido da existência, o que não pode ser imposto por outras pessoas!

2. Descubra os seus pontos fortes

Nessa jornada de autoconhecimento, precisamos focar especialmente nos nossos pontos fortes para encontrar o propósito de vida. As suas forças pessoais são os seus talentos, os seus dons, os seus conhecimentos, as suas habilidades, enfim, os traços dominantes do seu ser pelos quais você é mais reconhecido e valorizado. Essas forças são também aquelas atividades que você executa com facilidade ou com uma qualidade acima da média. Fique atento a esses traços para descobrir o seu propósito!

3. Liste os seus valores

Além das suas competências técnicas, é importante que você conheça os seus valores, ou seja, os princípios que você acredita serem benéficos para si e para o mundo e que, por esse motivo, norteiam as suas ações e decisões. Um professor, por exemplo, deve ter como valores a empatia, a vontade de ajudar, a educação, a propagação do conhecimento, o incentivo à ciência, a busca pela verdade, o senso crítico, a criatividade e a motivação para a construção de um futuro melhor. Descubra os seus valores!

4. Analise as atividades que você ama fazer

Além de descobrir aquilo que você faz bem, é importante unir essas habilidades àquilo que você ama fazer. Algumas pessoas descobrem desde a infância aquilo que já amam: cuidar dos animais, escrever, resolver cálculos matemáticos, praticar esportes, e por aí vai. Contudo, se isso ainda não estiver claro para você, não se preocupe. Nunca é tarde para descobrir uma nova paixão. Por isso, procure lembrar-se das atividades que mais despertam prazer e motivação, pois elas podem ter tudo a ver com o seu propósito!

5. Preste atenção no que dizem a seu respeito

É fato que não devemos dar tanta importância assim às opiniões alheias, como já citamos aqui no blog em diversos momentos. Contudo, para descobrir o seu propósito, podemos abrir uma exceção. Como as pessoas que mais convivem com você o descreveriam? Quais são as características que elas mais apontam a seu respeito? Colher depoimentos de pessoas da sua confiança pode ser uma bússola acerca do seu propósito de vida. Essa visão “de fora” pode ajudá-lo a escolher com sabedoria os seus caminhos.

6. Explore diferentes atividades

Refletir sobre si mesmo é muito importante para encontrar o seu propósito de vida. No entanto, isso apenas não basta. É preciso colocar as suas ideias em prática e efetivamente experimentar diferentes opções. É fazendo as coisas que nós descobrimos verdadeiramente o que faz mais sentido para nós. Provavelmente, o professor bem-sucedido sentiu uma sensação de prazer e utilidade quando ensinou algo a alguém no passado. Portanto, reflita, mas explore as suas ideias na prática!

7. Não tenha pressa

Por fim, conforme citamos acima, você não precisa ter pressa ao descobrir o seu propósito. Na verdade, muita gente descobre a sua vocação ou missão já em idade considerada “avançada”, e não há problema algum nisso. É melhor do que ser precipitado e escolher rapidamente um caminho, mas, lá na frente, arrepender-se. Se isso acontecer, porém, não hesite em recalcular a rota. O processo pode não ser tão claro e linear para algumas pessoas, de modo que é importante analisar o processo!

E você, querida pessoa, já encontrou o seu propósito de vida? Como foi ou está sendo o seu processo de descoberta? Contribua deixando o seu comentário no espaço a seguir. Além do mais, que tal levar estas informações a todos os seus amigos, colegas de trabalho, familiares e a quem mais possa se beneficiar delas? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais!