Como profissionais, por mais que tenhamos conhecimentos e experiências, nem sempre sabemos ao certo como promover tudo isso e alavancar os nossos resultados na profissão. É ai que entra o trabalho de aconselhamento de carreira, em que a pessoa recebe o subsídio de um especialista para organizar e planejar o seu futuro profissional e conquistar os resultados que deseja.

Esse counseling pode ser realizado visando ao atendimento de uma demanda de carreira específica ou, então, pode ser mais completo, abrangendo todas as áreas profissionais da vida do aconselhado. Geralmente, o conselheiro é alguém com ampla experiência no mercado e que atua como uma espécie de mentor dos seus clientes.

Neste artigo, você vai conferir as principais áreas de atuação do processo de aconselhamento de carreira. Para saber mais sobre o tema, é só dar continuidade à leitura a seguir!

1. Autoconhecimento profissional

O aconselhamento de carreira serve para que a pessoa tome decisões profícuas na sua trajetória. Todavia, como em tudo o que fazemos, as melhores decisões sempre dependem do quanto nós conhecemos a nós mesmos. Por isso, o autoconhecimento profissional visa a uma reflexão profunda da vida profissional do indivíduo, de modo que ele possa identificar o que ele gosta de fazer, o que ele não gosta, o tipo de emprego sonhado, as suas habilidades de carreira, os seus propósitos de vida etc.

2. Orientação vocacional

A partir do item acima, o autoconhecimento profissional, o conselheiro pode orientar melhor o indivíduo na identificação de carreiras e profissões que sejam mais compatíveis com o seu perfil e com os seus objetivos. Por exemplo, uma pessoa que ama conhecer pessoas, conversar e compartilhar conhecimentos pode ser professor, pedagogo, psicólogo e até mesmo coach. É um momento para levantar e discutir possibilidades de atuação, de acordo com as características e metas do orientando.

3. Elaboração de currículo

Por mais simples que possa parecer, a elaboração do currículo ainda traz muitas dúvidas aos profissionais. Por isso, o conselheiro também tem a tarefa de ensinar como fazer um bom currículo, que seja coeso, objetivo e que indique quais informações inserir e quais não colocar. Esse documento é um resumo da trajetória profissional do indivíduo até aqui, bem como dos objetivos a serem alcançados. Portanto, precisa ser elaborado com muito cuidado e organização estratégica das informações.

4. Plano de carreira

PSC Renascimento

Para aqueles que já sabem onde atuar e que já têm alguma trajetória profissional, é importante definir os próximos passos. Sem pensar em crescimento, o indivíduo pode ficar acomodado, o que nunca é interessante. Por isso, o plano de carreira permite que o profissional trace uma linha de evolução, pensando nas empresas em que pretende trabalhar, nos cargos que almeja ocupar, nos salários que deseja receber e em quanto tempo tudo isso pode se concretizar.

Naturalmente, essa evolução toda depende de cursos, treinamentos, leituras, estágios, experiências profissionais, enfim, de uma série de instrumentos de enriquecimento profissional. Nesse aconselhamento, o orientador faz recomendações valiosas para que o orientando possa obter esses saberes essenciais para chegar aonde pretende.

5. Marketing pessoal

Esse trabalho ajuda o profissional a mostrar-se, de forma estratégica e eficaz, para o mercado e para as empresas onde deseja atuar, “vendendo” as suas competências. Consiste em aconselhá-lo sobre as melhores formas de comunicação, comportamentos esperados, competências desejadas e até mesmo dicas sobre o vestuário adequado. Envolve também os principais meios de construir a sua reputação e de divulgar os seus serviços, o que, naturalmente, inclui a divulgação online do seu perfil profissional.

6. Preparação para entrevistas

O que dizer? O que não dizer? Qual postura é preciso ter diante do entrevistador? Como lidar com as dinâmicas em grupo e preparar-se para ter sucesso em uma entrevista de emprego? Esses são receios comuns, em que o conselheiro de carreira faz simulações de entrevistas para corrigir e orientar o seu cliente.

Nesse momento, são testadas algumas das perguntas mais comuns nas entrevistas, explicando ao orientando o melhor meio de respondê-las. Além disso, dicas de vestuário, pontualidade, preparação, postura, oratória e organização das informações são compartilhadas.

7. Recolocação profissional e mudança de área

É comum que as pessoas também recorram ao aconselhamento de carreira quando estão desempregadas e precisam de dicas para a sua reinserção no mercado de trabalho — onde procurar vagas, como vender os seus serviços, como aumentar a sua competitividade, e por aí vai. Além disso, essa orientação também é recomendada para quem deseja mudar de área profissional, ou mesmo iniciar uma ação empreendedora, mas não sabe por onde começar. O aconselhamento define objetivos e traça planos estratégicos.

8. Posicionamento na internet

Esse trabalho, que também está no escopo do marketing pessoal, consiste em orientar o cliente sobre as estratégias mais efetivas para conquistar posicionamento nas redes sociais e nos seus sites e blogs. Aqui, o conselheiro, que deve ser um especialista na área, vai ajudá-lo a construir planejamentos de conteúdos para cada mídia onde deseja marcar presença e as melhores formas de prospectar leads (contatos), estabelecer bons relacionamentos e criar uma boa imagem profissional na internet.

9. Coaching de carreira

O consultor com as habilidades de coach utiliza as técnicas e ferramentas de coaching de carreira para desenvolver as competências e habilidades do seu aconselhado, identificar e eliminar crenças limitantes e potencializar os seus diferenciais. Ajuda, ainda, a definir o seu estado desejado como profissional e a traçar planos de ação consistentes. Nesse caso, não se trata de um simples aconselhamento ou mentoria, mas de um método completo e cientificamente comprovado para desenvolver o potencial profissional do indivíduo.

Por fim, podemos concluir que o aconselhamento de carreira é um suporte importante para ajudar o profissional a dar um bom direcionamento ao seu futuro, a evoluir e a expandir as suas possibilidades profissionais. Se esse for o seu caso, não hesite em entrar em contato com o Instituto Brasileiro de Coaching — IBC e conhecer as nossas soluções para a vida profissional!

E você, ser de luz, já teve alguma experiencia com mentorias, aconselhamentos ou coaching de carreira? O que pensa sobre essas ajudas? Deixe o seu comentário no espaço a seguir. Além do mais, que tal levar estas informações a todos os seus amigos, colegas de trabalho, familiares e a quem mais possa se beneficiar delas? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais!