O marketing é um dos departamentos mais importantes nas empresas, afinal de contas, é dele que saem as grandes ideias de produtos, serviços, estratégias de distribuição e campanhas de comunicação. Uma das características mais evidentes nesse departamento é a capacidade de adaptar-se às mudanças nas tecnologias e no comportamento humano, de modo a estabelecer um diálogo eficaz com o consumidor.

Neste artigo, você vai compreender o que podemos esperar do marketing do futuro, ou seja, quais são as principais tendências que ganharão força nos próximos anos. Vai conferir também como podemos nos preparar para esses novos momentos. Continue a leitura e saiba mais!

Principais tendências para o futuro do marketing

1. Estratégias baseadas em dados

A era de investir em marketing com base em “achismos” já ficou para trás. Agora, toda decisão tomada nesse setor deve ser baseada em dados, de preferência monitorados em tempo real, com o auxílio da tecnologia. Quem é o seu consumidor? O que ele procura? Quais canais de comunicação utiliza? Quais são os seus valores? Quanto ele está disposto a pagar nas suas soluções? Quem são os seus concorrentes? As pesquisas precisam ser realizadas com frequência antes de tomar decisões.

2. Auxílio da tecnologia

A tecnologia tem se tornado uma grande amiga do marketing, tanto para fazer as pesquisas típicas do setor, quanto para viabilizar as campanhas de comunicação e as experiências junto ao consumidor. Canais de comunicação, plataformas de gerenciamento de projetos e sistemas de monitoramento de dados em tempo real são tecnologias que mudam continuamente e que precisam ser acompanhadas pelos profissionais dessa área. Por isso é tão importante atualizar-se com frequência.

3. Fortalecimento do conteúdo em vídeo

Uma importante tendência que tem sido identificada nos últimos anos e que promete ganhar força é a comunicação em vídeo. Nos websites e nas redes sociais, esse tipo de conteúdo ganhou força, devido ao dinamismo que oferece — unindo texto, imagem e áudio. Por isso, as lives, os filmes e o storytelling são estratégias que tendem a se tornar ainda mais fortes junto ao consumidor. Acima de tudo, é importante contar histórias que encantam para informar, seduzir e persuadir as pessoas.

4. Mecanismos de integração e colaboração

O dia a dia do departamento de marketing também mudou. Muitas empresas têm aderido ao trabalho remoto ou híbrido, de modo que nem sempre os colaboradores estarão em um mesmo espaço físico. Por isso, as tecnologias também se fazem necessárias para integrar as equipes de trabalho e permitir que haja colaboração entre elas. Ferramentas de comunicação, de gerenciamento de projetos e de monitoramento de dados nunca se fizeram tão necessárias como agora e daqui para frente.

5. Consciência ambiental

PSC Renascimento

Uma tendência que tem ganhado muita força é o interesse dos consumidores em verificar se as empresas estão adotando medidas que protegem e preservam o meio ambiente. O marketing é uma área empresarial responsável por definir produtos, serviços, embalagens, preços, estratégias de distribuição e campanhas de comunicação. Em todas essas etapas, é essencial verificar a maneira mais sustentável de agir, evitando o desperdício de recursos e reduzindo os impactos sobre o meio.

6. Automação

O marketing já começou a utilizar ferramentas tecnológicas que trazem dados em tempo real, acerca do comportamento do consumidor e do desempenho das ações já adotadas. Automaticamente, essas tecnologias apontam os melhores caminhos a serem seguidos, facilitando a criação, a gestão e o monitoramento do desempenho das campanhas digitais. Estratégias de remarketing, por exemplo, acompanham as pesquisas do consumidor para disponibilizar anúncios relevantes. Automação pura!

7. Inteligência artificial

A automação só é possível por conta da inteligência artificial, ou seja, das tecnologias que compreendem o comportamento do consumidor e que criam experiências personalizadas e convenientes. É o caso do atendimento por chatbots, os assistentes virtuais que facilitam a vida das empresas e dos próprios consumidores. Por meio de sites e aplicativos, as dúvidas mais frequentes e menos complexas podem ser resolvidas por robôs, conferindo mais agilidade aos atendimentos.

Como podemos nos preparar para o marketing do futuro?

Agora que você já conferiu as principais tendências para o marketing do futuro, é hora de compreender como as empresas devem se preparar para essas novas realidades. Conheça algumas medidas úteis nesse sentido.

1. Pesquisar o comportamento do consumidor

Mais do que nunca, é fundamental conhecer a mente do seu consumidor, de modo que a equipe de marketing possa criar produtos, serviços e campanhas que vão ao encontro dos seus desejos e necessidades. Para isso, é importante fazer pesquisas que vão além dos tradicionais dados demográficos que delimitam os públicos-alvo. É preciso mergulhar também no perfil psicográfico do consumidor, compreendendo os seus valores, desejos, medos, necessidades, hábitos, interesses e estilos de vida.

2. Dominar as novas tecnologias

Retome os itens acima e verifique quantos deles estão associados ao tema “tecnologia”. Portanto, trata-se de um tipo de conhecimento que os profissionais do setor devem dominar a atualizar com alguma frequência. As ferramentas tecnológicas que auxiliam na gestão de dados, na criação de campanhas e no gerenciamento diário de projetos não são gastos, mas investimentos que devem ser realizados em nome de equipes mais eficazes e produtivas. Isso amplia a competitividade das empresas.

3. Investir nas novas mídias

Aplicativos de smartphones, redes sociais, redes de display, remarketing e mecanismos de busca são algumas das mídias que mais têm ganhado força na comunicação junto ao consumidor. Elas não são substitutas, mas sim complementares às mídias tradicionais: rádio, televisão, jornais, revistas, outdoors, e-mails e materiais impressos. O online e offline precisam estar integrados e em harmonia, pois ambos fazem parte do dia a dia do consumidor contemporâneo. Fique atento a isso!

Concluindo, o marketing é uma das áreas que mais demandam atualizações, afinal de contas, ele depende de dois fatores que estão sempre passando por mudanças: a tecnologia e o comportamento humano. Portanto, fique atento a esses dois pontos-chave, e, certamente, a sua empresa estará pronta para o futuro do marketing!

E você, ser de luz, como analisa a capacidade da sua empresa de acompanhar as mudanças que o futuro do marketing promete? Deixe o seu comentário no espaço a seguir. Além do mais, que tal levar estas informações a todos os seus amigos, colegas de trabalho, familiares e a quem mais possa se beneficiar delas? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais!